Alimentos e Bebidas

WellFood: Cresce a demanda global por ingredientes funcionais

Quimica e Derivados
28 de março de 2019
    -(reset)+

    A DSM, empresa global de origem holandesa baseada na ciência, com atividades nas áreas de saúde, nutrição e materiais, apresenta produtos contendo luteína e zeaxantina em conceitos para crianças, explorando o tema luz azul e a importância do cuidado com a saúde ocular. A luz azul é parte do espectro de luz que podemos ver e está presente em praticamente todas as fontes luminosas, sendo a mais nociva aos olhos. A proteção natural é uma camada amarela, localizada no fundo do olho, e contém luteína e zeaxantina, dois carotenoides presentes na natureza. Segundo a empresa, a obtenção desses compostos bioativos pode ser feita por meio do consumo de alimentos de coloração alaranjada ou verde escura. No entanto, a alimentação deficitária dificulta a ingestão diária recomendada dessas substâncias e, por esse motivo, é indicado o consumo de produtos enriquecidos com esses carotenóides ou de suplementos nutricionais contendo luteína e zeaxantina. Outro produto inovador, focado para os atletas, é o Fruitflow, ingrediente desenvolvido a partir dos compostos bioativos dos tomates presentes na película que cobre as sementes dos frutos maduros. Estudos mostraram que formulações contendo esse ingrediente podem reduzir os efeitos tóxicos dos exercícios em mais da metade por meio da diminuição da ativação plaquetária e inflamação. “Com a crescente demanda por alimentos com alta densidade nutricional e benefícios funcionais comprovados, queremos ajudar nossos clientes a chegar mais rápido ao mercado, com soluções inovadoras”, diz Maria Fernanda Elias, gerente de Comunicação da DSM para a América Latina em Nutrição Humana e Saúde.

    Química e Derivados, Fruitflow

    Fruitflow

    A Gelita, que já esteve presente na primeira edição da feira, apresenta os mais recentes lançamentos da linha de peptídeos bioativos de colágeno Tendoforte, uma intervenção nutricional eficaz para tendões e ligamentos, e Fortibone, que estimula as células ósseas a aumentar a síntese de componentes ósseos, tais como o colágeno, tendo efeito sobre os osteoblastos para contrabalançar a degeneração do colágeno na matriz óssea extracelular. “Estudos já comprovaram efeitos positivos do Tendoforte, especialmente quando combinado com atividade física. O risco de lesões diminui consideravelmente à medida que a flexibilidade melhora”, garante Sandra Lucchetti South America Marketing & Communications da Gelita do Brasil. Outros destaques são os peptídeos bioativos de colágeno, que contribuem para a redução da gordura corporal, o aumento da massa magra, da força e resistência muscular, e Verisol, que estimula o metabolismo do colágeno da pele. “Os peptídeos são produzidos a partir de processos controlados de hidrólise e diferem em sua funcionalidade fisiológica, sendo otimizados de modo a maximizar o estímulo às células humanas envolvidas na biossíntese do colágeno”, acrescenta Sandra Lucchetti.

    Química e Derivados, Bioativos de colágeno Tendoforte

    Bioativos de colágeno Tendoforte

    A Labonathus estará participando pela segunda uma vez da feira. Segundo Sheila C. Collino – Ident & Consumer Service Manager, a empresa vai apresentar uma linha de probióticos de origem vegetal importada, tendo como matérias-primas base ervilha, milho e trigo. “Nosso principal destaque é a Nutralys, proteína obtida de ervilhas amarelas, um produto GMO-free, lactose-free, glúten-free e que está fora da lista de alergênicos. Apresenta um perfil de aminoácidos de 95%, de acordo com a RDC 14/2014, tendo baixa apenas nos aminoácidos sulfurados. Empregada em diversos produtos na área de suplementos, como shakes e barras proteicas, esse produto vem ganhando espaço em leites vegetais, tanto por sua funcionalidade quanto por ser clean label”.

    A Sensient, especializada na fabricação de corantes para a indústria de alimentos e bebidas, retorna à feira trazendo como novidade a linha de corantes orgânicos certificados e o ingrediente Avalanche, uma alternativa clean label ao dióxido de titânio. Wilson Onório Jr. Technical Services Manager Sensient Technologies Brasil, explica o novo produto: “Há vários estudos sobre o emprego do dióxido de titânio, mas entendemos que nada conclusivo. Todavia, nos antecipamos ao mercado com alternativas para indústria de alimentos e bebidas com nossa linha Avalanche, composta por sistemas turvantes e branqueadores baseados em ingredientes naturais. Avalanche não é rotulado como aditivo, mas como ingrediente, tornando rótulo limpo e o alimento com uma composição mais confiável”.

    A Tate & Lyle, fornecedora global de ingredientes e soluções para alimentos, bebidas e outras indústrias, oferece soluções em texturizantes, incluindo amidos especiais, adoçantes sem ou com baixas calorias; fibras especiais, estabilizantes e sistemas funcionais sob medida, que garantem a estrutura e estabilidade dos alimentos ao longo da vida de prateleira. Nieman Hacker, diretora de pesquisa de mercado global na Tate & Lyle, discutirá, durante a conferência WellFood Summit 2019 sobre os desafios enfrentados pela indústria de alimentos para formular produtos de acordo com as mais recentes tendências de consumo.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *