Cosméticos, Perfumaria e Higiene Pessoal

Visitantes encontram ambiente propício para ver e testar novidades e trocar experiências – FCE 2019

Renata Pachione
10 de agosto de 2019
    -(reset)+

    Com a ideia do “faça você mesmo”, a Ashland chamava o público para conhecer o “Crème by You”, pequenas formas sólidas que, após serem misturadas com água e levadas ao micro-ondas, transformam-se em uma dose diária de creme. Cada peça contém um ativo (anti-idade, clareador, hidratante e calmante, por exemplo) que pode ser combinado de várias maneiras. Para Liliana Brenner, diretora de marketing da América Latina – Personal Care da Ashland, cabe ao cliente eleger qual tipo de benefício quer para aquele dia e qual textura do produto deseja. “O consumidor quer ter a experiência de criar algo feito especificamente por ele e para ele”, reforçou Liliana.

    Química e Derivados - Ativos devem ser misturados pelo consumidor

    Ativos devem ser misturados pelo consumidor

    Além desse conceito, a companhia lançou dois produtos. Um deles, o Advantage Revive, é uma tecnologia para ser usada em xampu a seco, de forma que o cabelo fique livre do sebo e com aparência e sensorial de recém-lavado. Baseado em uma química exclusiva de polivinilpirrolidona (PVP), o polímero apresenta morfologia de área de superfície otimizada para proporcionar melhores propriedades de limpeza e, para Liliana, tem a vantagem de ser eficiente em baixas dosagens.

    Também novidade, o Procataline G2 biofuncional age na desintoxicação capilar e conta com propriedades purificadoras e suavizantes do couro cabeludo. Extraído de sementes de ervilha (Pisum sativum) e chia (Salvia hispanica), o produto é rico em peptídeos, aminoácidos, polissacarídeos, polifenóis e minerais. “Ele protege o couro cabeludo e os fios dos efeitos negativos gerados pela poluição do ar”, concluiu Liliana.

    As unidades de negócios da MCassab estiveram reunidas no estande com um propósito comum: promover o conceito da sustentabilidade. Desenvolvido pela Gattefossé, um dos destaques era o emulsionante natural Emulium Illustro. Conforme explicou a gerente de desenvolvimento de produto, Andrea Adams Schvan, ele permite formulações de processos a frio, com poucos ingredientes, e apresenta alto benefício funcional para a pele.

    Da parceira Covestro, a distribuidora exibiu o Baycusan eco, linha de poliuretanos (PU) formadores de filmes para filtro solar e cabelo. Da fabricante Kox, mostrou um blush de rosas em bastão, elaborado com cera de rosas Kahlwax 6692, o produto se apresenta como eficaz por conta do ingrediente ativo Gatuline Radiance. Segundo o fabricante, consegue-se devolver a luminosidade e a vitalidade da pele porque é possível estimular a sua microcirculação pela liberação de óxido nitroso nas células endoteliais. “Traz a fragrância das rosas e melhora o sensorial do produto acabado (maquiagens e cremes corporais, por exemplo)”, completou Andrea. Um dos destaques da Unidade Global de Negócios Coatis do Grupo Solvay foi o Augeo Clean Multi, um solvente de fonte renovável, com atributos que, de acordo com o fabricante, combinam alta solubilidade com correta volatilidade.

    A distribuidora reservou ainda um espaço em seu estande para divulgar sua unidade de Nutrição Humana. Não por acaso, esta foi uma das áreas de maior crescimento na companhia nos últimos anos. Leila Coelho, gerente de desenvolvimento de produto da MCassab, apresentou diversos alimentos enriquecidos com vitaminas e minerais da sua fábrica de pré-mistura de nutrientes (premix). “São fórmulas personalizadas desenvolvidas para cada cliente a serem aplicadas em qualquer produto e de qualquer formato, seja um comprimido, uma cápsula ou um chocolate”, explicou. Na feira, havia amostras de bombom, com propriedades antioxidantes; petit four flora nozes, indicado para aumentar a imunidade, e paçoca diet, para garantir a saúde óssea.

    A participação da Química Anastácio na FCE Cosmetique teve um foco principal: divulgar a sua estreia no segmento de silicones, fruto da parceria com a holandesa BRB. Num primeiro momento, são sete tipos do produto no portfólio da distribuidora, mas o objetivo é fechar o ano com pelo menos 20. “Aqui na feira estamos sentindo melhor o mercado e analisando de que forma faremos essa ampliação”, explicou Fernando Malanconi Teixeira, supervisor de vendas de cosméticos da Química Anastácio. Para ele, além da intenção de completar seu portfólio, a distribuidora diagnosticou uma brecha do setor. “Nos últimos dois anos, faltou silicone, e os clientes se mostraram abertos a testar novas marcas”, afirmou.

    A fim de atender a essa demanda, ele também oferece uma alternativa natural ao silicone. Trata-se do Plant Sil, da fabricante francesa Natura-Tec. De origem 100% vegetal (da oliva), o produto, segundo estudos, apresentou desempenho muito parecido ao dos silicones mais utilizados no mercado, segundo Teixeira.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *