Cosméticos, Perfumaria e Higiene Pessoal

Visitantes encontram ambiente propício para ver e testar novidades e trocar experiências – FCE 2019

Renata Pachione
10 de agosto de 2019
    -(reset)+

    Química e Derivados - Mais de 16,5 mil interessados conheceram os lançamentos das 500 marcas presentes

    Mais de 16,5 mil interessados conheceram os lançamentos das 500 marcas presentes

    Em três dias, de 21 a 23 de maio, a FCE Pharma e a FCE Cosmetique confirmaram o caráter inventivo das indústrias farmacêutica e cosmética. Nos pavilhões do São Paulo Expo, as duas exposições evidenciaram não só lançamentos de insumos, equipamentos e produtos acabados, mas, sobretudo, privilegiaram a experiência dos mais de 16.500 visitantes. Além das novidades apresentadas pelas 500 marcas ali presentes, diversas atrações levaram ao público as mais recentes inovações dos dois setores e consolidaram o protagonismo da sustentabilidade e dos preceitos da indústria 4.0.

    Ao percorrer o pavilhão de 40 mil m², o público se deparava com espaços projetados exclusivamente para melhorar a sua experiência ali. A proposta deu certo. Não só os visitantes, que lotaram as salas, aprovaram a iniciativa, como também os expositores. A Galena Química e Farmacêutica e a Sarfam, por exemplo, após anos de ausência na FCE Cosmetique, decidiram retornar ao evento justamente por causa do convite para integrarem o Innovation Center – um lugar reservado para palestras e troca de experiências.

    A Galena levou o Sarcoslim Re-Shape, um ingrediente 100% vegano, extraído das células-tronco da planta Sarcocapnos crassifólia. Composto por metabólicos secundários (alcaloides isoquinolínicos e ácidos fumáricos), o ativo, da empresa catalã Bytrus, tem a proposta de remodelar o corpo de forma inteligente. “Todo o processo de entrega do benefício é inovador e conectado com a sustentabilidade”, pontuou Guilherme Moraes, da unidade industrial da Galena.

    Os resultados impressionam. Segundo testes, o uso do creme feito com o Sarcoslim Re-Shape reduziu até 3,8 cm o perímetro da coxa de voluntários, e aumentou a elasticidade da pele em 9,8%, no período de 56 dias. Não por acaso, na mais recente edição da In Cosmetics, em Paris, o ingrediente foi considerado o produto mais inovador na categoria de cosméticos em âmbito mundial.

    O destaque da Sarfam ficou por conta do Kalahari Melon Seed Oil, da African Original Oil, comunidade agrícola localizada no deserto de Kalahari, na África. Rosa Koren, responsável pelo marketing da empresa, explicou que se trata de um óleo diferenciado, rico em vitamina E e ácidos graxos. “Ele tem aparência de óleo, mas após secar, nem um pouco lembra um óleo”, comentou. Ganhador do prêmio Innovation Center de produto inovação para sensorial, o Kalahari Melon Seed Oil, conforme Rosa contou, é mais efetivo do que outros óleos, como o de argan, e mais regenerador do que a rosa mosqueta em testes para a pele.

    A distribuidora também divulgou o Sensityl, um ativo para peles sensíveis, da Givaudan. Segundo Rosa, ele age positivamente no humor, propiciando uma sensação de bem-estar. A Sarfam aproveitou para anunciar novos parceiros: a Biosynthis (fabricante de alternativas de origem vegetal ao silicone), Uni-Powder (de produtos para o segmento de maquiagem, como filtros físicos, pigmentos e dispersões), a Lonza (player com presença global na área de preservantes tradicionais e verdes, ésteres de origem vegetal e ativos biotecnológicos) e a Tinci, uma das principais produtoras de ingredientes funcionais da China.

    O Innovation Center também contou com a participação da Brenntag. O espaço serviu para a apresentação de dois novos ativos: Etioliftine e Fermentoil hair complex. O primeiro trata-se de um ativo biomimético com ação anti-idade para pele madura. O Etioliftine tem sua origem na gojy berry, na qual as raízes e as cascas são ricas em ácido hidrocinâmico, que atua como antioxidante e estimula o organismo a inibir a produção da progerina. “Por volta dos 45 aos 50 anos, nosso organismo começa a sofrer uma mutação do gene LMNA, transformando-o em uma proteína chamada progerina. A progerina destrói o interior da célula levando ao envelhecimento e à flacidez da pele”, explicou Milena Porfirio, da área de Inteligência de Mercado de Personal Care da Brenntag.

    O Fermentoil, por sua vez, é uma solução para cabelos danificados. O produto é um blend de óleos fermentados; no processo, a fermentação quebra a cadeia graxa do óleo, tornando a cadeia química menor, o que permite maior poder de hidratação ao cabelo. “Esta participação é um marco para nós, queremos ser reconhecidos como parceiros de inovação”, avaliou Milena.

    Em parceria com a Brenntag, a Chemours participou da feira com o Glypure, um ácido glicólico em grau cosmético, indicado para aplicações capilares de uso diário. Gustavo Ramalho, representante técnico da Chemours, explicou que por ser uma molécula pequena, o produto possui facilidade de penetração ao longo do eixo capilar, permitindo assim mais maciez e proteção ao fio.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *