Tintas e Revestimentos

Tintas: Mercado em recuperação busca pigmentos de qualidade

Hamilton Almeida
6 de julho de 2018
    -(reset)+

    “A  Basf Colors & Effects anunciou, no ano passado, o desenvolvimento, em conjunto com o laboratório Landa de uma nova linha de pigmentos para o setor automotivo, de alta cromaticidade e fácil dispersão, que simplificará a produção dos clientes e tem potencial para ser um novo marco na indústria”, diz Amorim.

    Uehara observa que a Clariant começou a produzir pigmentos orgânicos com matérias-primas derivadas de fontes não fósseis. Os pigmentos à base de quinacridona (magenta PR122) já estão sendo fabricadas com parte das matérias–primas à base de fontes renováveis, como é o caso do ácido succínico.

    “Também temos em nosso portfólio uma linha de preparações de pigmentos à base de solvente, a linha Hostatint A-100 ST, que conta com uma série de pigmentos supertransparentes isentos de halogênios, muito indicados para uso em materiais que serão reciclados no futuro. Destacamos também a linha de pigmentos de fácil dispersão (ED Pigments), com a qual o fabricante de tintas pode reduzir em até 80% o custo de transformação do produto, pois não há necessidade da etapa de moagem da tinta. Vale ressaltar que as nossas tradicionais linhas de produtos sempre estão de acordo com as mais exigentes normas de sustentabilidade”, adiciona.

    A Lanxess tem planos para aumentar a sua produção global. Em Porto Feliz-SP, o projeto é ampliar a produção de amarelos em mais 2 mil toneladas/ano. A unidade tem capacidade de 35 mil t/ano de amarelos por síntese e pretos. “Esses pigmentos têm baixa absorção de óleo e são desejáveis para a indústria de tintas”, afirma Ferreira. Tonalidades de amarelo são exportadas para a Europa e América do Norte. Na matriz da Alemanha, espera-se ampliar de 20 mil a 30 mil t/ano a capacidade atual, da ordem de 350 mil t/ano de óxido de ferro. Os prazos das ampliações estão em estudo.

    O presidente da IMCD na região, Maurício Lopes, destaca que está abrindo um centro de distribuição no Uruguai, que irá servir também a Argentina, o Chile e o Peru. “Esta expansão é chave para o crescimento no continente. Iniciaremos pela área de pigmentos, mas a estratégia é servir estes países de forma ampliada, com todas as linhas de produto, expertise e apoio técnico”. A IMCD oferece desde dezembro de 2017 todo o portfólio de pigmentos da Basf Colors & Effects: orgânicos, inorgânicos, corantes e de efeito, de forma exclusiva, para o Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Peru, Bolívia e Paraguai.

    Química e Derivados, Lea: instabilidade política ainda afeta mercado nacional

    Lea: instabilidade política ainda afeta mercado nacional

    Negro de fumo – Tradicional fabricante de negro de fumo, a Cabot aposta que o mercado de tintas deve melhorar este ano, embora de uma forma mais lenta e ainda não consolidada. “Este ainda é um ano de muitos desafios e incertezas com as eleições se aproximando, o que nos deixa sem saber ao certo o que prever”, afirma Lea Sgai, gerente de marketing e serviços técnicos.

    Ela revela que a Cabot tem crescido acima do PIB global e espera continuar nesse ritmo também no segmento de tintas, que é de “grande importância”. Observa, no entanto, que as restrições de meio ambiente na China afetaram a demanda mundial por negro de fumo.

    Mesmo diante das adversidades macroeconômicas, há otimismo. “Tivemos um crescimento importante no ano passado e esperamos que seja consolidado nos próximos anos”. Lea diz que a Cabot está sempre atenta às inovações e busca de novas tecnologias e aplicações alinhadas às necessidades de mercado, tais como produtos condutivos, contatos com alimentos, produtos para baterias, base água, entre outros. A empresa “tem investido fortemente em suas plantas ao redor do mundo, ampliando capacidade e buscando novas tecnologias”.



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. Luciano moreira da silva

      sou colorista e preparador de tintas gostaria de trabalhar



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *