Tintas e Revestimentos

Tintas e revestimentos – Qualidade norteia desenvolvimento de produtos

Hamilton Almeida
11 de maio de 2020
    -(reset)+

    Lagrotta declara que os objetivos não mudam para médio e longo prazos, “uma vez que a prioridade será sempre o respeito ao consumidor, entregando produtos de qualidade e alta performance”. Ele diz que sempre há busca por inovação, tecnologia, durabilidade das tintas, eficiência e melhora na experiência do usuário final. “Hoje, as tintas mais procuradas e que atendem a estes padrões são as premium e super premium. Além disso, há também a preocupação com o meio ambiente. Por isso, procura-se cada vez mais produtos sustentáveis, sem comprometer a qualidade”.

    Química e Derivados - Gândara: energia eólica gera grande mercado para epóxi

    Gândara: energia eólica gera grande mercado para epóxi

    Marion opina que, “devido à ampla gama de aplicações em setores com alta demanda e potencial para crescimento, as perspectivas são positivas. A busca cada vez maior por produtos mais sustentáveis, de alta resistência, durabilidade e de alta performance são os principais fatores que impulsionam as vendas de resinas”.

    Luiza confia que, a curto prazo, a perspectiva é que o setor de tintas industriais e automotivas caminhe para soluções de altos sólidos, diminuindo a emissão de COV e sistemas bicomponentes de cura rápida. “A médio e longo prazos, acreditamos que soluções base água, principalmente para proteção anticorrosiva, crescerão consideravelmente”.

    A posição da Olin é relativamente confortável, como única produtora de epóxi na América Latina, com cerca de 400 produtos. “A fábrica no Guarujá-SP está preparada para atender o Brasil e outros países da América do Sul. Temos aumentado o portfólio de produtos para atender as necessidades de compradores grandes, médios e pequenos”, comunica Gândara.

    A unidade fabril tem buscado eficiência nos processos produtivos, com redução de custos e melhora na competitividade. “Além disso, estamos aprimorando ainda mais os níveis de serviço, como pontualidade de entrega e tempo de resposta”, adiciona.

    Avanços – Indagado se o segmento está avançando técnica e comercialmente, em que pesem as pressões ambientais, econômicas e exigências de desempenho dos clientes mais importantes, Fortunato, da Oswaldo Cruz, respondeu afirmativamente: sempre houve um progresso técnico.

    Química e Derivados - Lagrotta: tecnologia precisa usar insumos com eficiência

    Lagrotta: tecnologia precisa usar insumos com eficiência

    Mas, essa ascensão “acelerou nos últimos anos, principalmente pela demanda por mais qualidade e com produtos que sejam viáveis economicamente”. E agregou: “Com o nosso corpo técnico presente nos comitês técnicos, conseguimos prestar um serviço melhor”. A firma está sempre atualizada em relação às normas e requisitos para aplicar nos produtos e embalagens.

    Considerando que o segmento de resinas está cada vez mais exigente em qualidade, tais como lavabilidade, imposto pelo programa instituído pela Abrafati, e a tendência também é por produtos que agridam menos o meio ambiente, com baixo odor, VOC e Apeo Free, Myrian conta que a Wana investe em produtos que atendam essa demanda sem esquecer do custo-benefício.

    “Entendemos que é preciso o uso eficiente de matérias-primas e investimos em tecnologias que melhoram e facilitam a aplicação das tintas”, assinala Lagrotta, da Dow. “Nós somos os primeiros a desenvolver uma emulsão à base de água (com baixo nível de VOC e Apeo), que proporciona à tinta um desempenho muito menos poluente, com ótima qualidade de acabamento”.

    Em termos técnicos, o mercado brasileiro está em sintonia com os produtos desenvolvidos e utilizados em outros países do mundo, conceitua Marion, da Evonik. “De forma geral, os formuladores sabem que o aperfeiçoamento das resinas proporciona melhores produtos finais, além de aumentar o campo de utilidades. Esta realidade gera constante evolução nos quesitos qualidade, tecnologia e inovação”.

    Luiza observa que o movimento em direção ao desenvolvimento de produtos mais sustentáveis e de melhor qualidade é uma realidade na área de tintas industriais e automotivas. “Os clientes estão nos dando a oportunidade de atuar como parceiros no desenvolvimento de produtos que melhoram a produtividade, permitem formulações de alto sólidos, diminuindo a emissão de compostos orgânicos voláteis, e alternativas base água para sistemas convencionalmente base solvente. A sustentabilidade e a inovação são pilares fundamentais da Basf e nosso compromisso é oferecer soluções em resinas”. A corporação possuí um portfólio amplo em resinas para tintas industriais e automotivas.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *