Tintas e revestimentos – Pandemia permite ampliar operações

Pandemia permite ampliar operações de manutenção e proteção de instalações

Novidades – O que há de novo na AkzoNobel na proteção contra corrosão sob isolamento térmico é um produto baseado na tecnologia epóxi de amina alquilada, o Interbond 2340UPC, desenvolvido para permitir uma cura rápida em baixa temperatura de até -5°C, bem como ampla tolerância às espessuras elevadas, maiores que as usuais, provocadas por aplicações múltiplas – “o que é uma grande vantagem em relação às tecnologias existentes”, argumenta Tramontini.

“Revestimento de alta temperatura, com resistência de até 230oC, fornece desempenho anticorrosão conforme norma ISO 12944-9 (antiga ISO 20340) e oferece melhorias de produtividade, quando comparado aos sistemas tradicionais de silicato de zinco e epóxi novolac, que possuem limitações amplamente reconhecidas de garantia de qualidade e do ponto de vista de produtividade na aplicação, além dos custos mais elevados pela sensibilidade da espessura do filme seco e potencial para fissuras em serviço, bem como velocidades de secagem (curas lentas, particularmente a temperaturas mais baixas, abaixo de 10ºC)”, explicou.

Essa nova tecnologia permite, indica o executivo, “uma padronização e redução de complexidade de pintura, pois pode ser usada em diferentes situações, nas quais são utilizados os vários esquemas, tais como epóxi, epóxi novolac e etilsilicato”.

A PPG lançou no Brasil o Pittchar NX, um novo produto para proteção passiva contra fogo celulósico, que propicia maior facilidade de aplicação, mais segurança, secagem rápida e maior resistência quando comparado às atuais soluções disponíveis.

Química e Derivados - Pitt-Char NX protege estrutura contra fogo celulósico ©QD Foto: Divulgação
Pitt-Char NX protege estrutura contra fogo celulósico

Silveira informa também o lançamento do “PSX700, um produto à base de polisiloxano, extremamente versátil em relação à sua aplicabilidade. Esse sistema oferece uma melhora considerável em termos de durabilidade e acabamento quando o ambiente é extremamente agressivo, garantindo excelente aparência e retenção de cor, com desempenho superior aos sistemas disponíveis hoje. Além disso, contamos globalmente com um vasto e versátil portfólio, já disponível para a região”.



Patrícia explica que, neste momento de pandemia, faz parte do compromisso técnico e social da Sherwin-Williams proporcionar uma maneira diferente de relacionamento. “Fizemos, desde maio, uma série de webinars. E até dezembro (https://swprotectivelatam.com/webinar-2020/) vamos apresentar os diversos produtos e tecnologias, dentre os quais o Heat Flex 1200, o Firetex FX6002 e o Firetex M90/03, que proporcionam soluções inovadoras e acessíveis a todos da cadeia produtiva do ponto de vista de custo-benefício”.

Ela comunica que o Heat-Flex Hi-Temp 1200 é um revestimento de última geração e supera as alternativas no combate à corrosão sob isolamento (CUI) e em aplicações de alto calor. Pode ser aplicado sobre superfícies aquecidas até 260°C e suporta operações na faixa de temperatura entre -196ºC e 649°C. É uma tinta monocomponente, com alto teor de sólidos e alta espessura, formulada para evitar a corrosão do aço carbono ou do aço inoxidável sob isolamento térmico e exposição atmosférica.

Página anterior 1 2 3 4Próxima página

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios