Tintas e Revestimentos

Tintas e revestimentos – Espessantes: Respeito ao consumidor e ao ambiente impulsiona o uso de agentes reológicos

Antonio C. Santomauro
14 de novembro de 2014
    -(reset)+

    E tanto na Basf quanto na Dow os espesantes mais recentes são também isentos de solventes e de APEO. Além disso, essas empresas já disponibilizam outras categorias de produtos, passíveis de utilização em tintas, provenientes de bases vegetais. “Temos antiespumantes e coalescentes, respectivamente, com as marcas Foamaster e Loxanol à base de óleos vegetais”, especifica Braidott.

    A Dow, diz Celdia, disponibiliza uma linha de surfactantes adequada para tintas, denominada EcoSurf, também proveniente de fontes vegetais. “E para melhor atender os preceitos da sustentabilidade, também trabalhamos para reduzir cada dia mais os índices de monômeros livres de nossos produtos”, acrescenta.

    Química e Derivados, Celdia: acrílicos deslocam os celulósicos também nas massas

    Celdia: acrílicos deslocam os celulósicos também nas massas

    Conjuntura difícil – As atuais agruras da economia nacional – especificamente de sua indústria – obviamente impactaram negativamente os negócios dos fornecedores de agentes de reologia de tintas, e os relatos de seus desempenhos comerciais no decorrer deste ano, se não contêm apenas lamentos, também não exibem nenhum entusiasmo.

    Na Reichhold, os negócios com espessantes “acompanham o crescimento do mercado de tintas”, diz André de Oliveira. “O Brasil está em um ano de economia incerta, mas o consumo dos espessantes de nossa linha tem se mantido estável”, ele observa.

    Com presença forte no mercado de resinas, a Reichhod, ressalta André de Oliveira, com seus espessantes e também com emulsões, pode oferecer à indústria do setor um pacote completo de soluções. “Muitos clientes querem soluções completas, que entre outras coisas lhes garantam maior compatibilidade entre os vários componentes de suas fórmulas”, afirma.

    A Dow, enfatiza Celdia, busca transformar as atuais dificuldades da economia nacional em oportunidades, mediante lançamentos como os dois acrílicos destinados ao segmento de massas e texturas, ou dois novos componentes de sua linha Acrysol, de uretânicos: o RM-400 e o RM-995, ambos dedicados às bases de tingimento que ganham cores nos pontos de venda de tintas. “Existem queixas de variação da viscosidade dessas tintas tingidas nos pontos de venda conforme mudam as cores, isso tem a ver com os corantes, cuja mistura com as bases é estabilizada por esses novos produtos”, ressalta.

    O Acrsyol RM-400, especifica Celdia, é indicado para uso com emulsões dos tipos vinil/acrílica e vinil/veova, enquanto o Acrysol RM-995 possui melhor sinergia quando combinado com tintas que contenham emulsões estireno-acrílicas ou acrílicas puras.

    E, para Medeiros, da Coatex, há no mercado brasileiro potencial para expansão dos negócios com espessantes associativos. Primeiramente, porque eles podem ocupar algum espaço ainda destinado aos produtos celulósicos. “Além disso, à medida que cresce o poder aquisitivo da população, aumenta o consumo de produtos de maior qualidade”, pondera.

    Neste segundo semestre, relata Hamilton Oliveira, da Ashland, o mercado nacional de espessantes vem apresentando alguma recuperação. “Mas, comparativamente a 2013, o fechamento do ano deve apresentar baixos índices de crescimento”, prevê.

    Espessantes, crê o profissional da Ashland, terão papel cada dia mais relevante na formulação de tintas: “Os fabricantes buscam produtos com melhor performance e características como melhor nivelamento, menos respingamento, capazes de proporcionar melhor cobertura e aceitar altas taxas de diluição: todas essas exigências geram a necessidade de pacotes reológicos mais adequados”, finaliza.



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. Boa Noite, estamos iniciando uma nova atividade em nossa empresa, No ramo de textura e tintas.
      Gostaria de fazer parte de seus clientes.
      atenciosamente

      Nilton Cardoso

      http://www.cardosopinturas.com.br



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *