Tintas: 7ª Exposição Internacional de fornecedores para tintas e 7º Congresso Internacional de tintas

Química e Derivados: Tintas: Desaerador a vácuo para pequenas e grandes linhas.
Desaerador a vácuo para pequenas e grandes linhas.

Outro lançamento da empresa, ocorrido simultaneamente no Brasil e na Alemanha, é a máquina para dispersão em processo contínuo, especialmente projetada para tintas decorativas.

A Vallair do Brasil Ltda., de São Paulo, lançou válvulas de diafragma SG-2000, até então ausentes em sua linha. Informou o gerente de produtos, Antônio Carlos dos Santos, que as válvulas, 100% nacionais, têm qualidade e custo comparáveis a de produtos concorrentes. Fabricadas com diversos tipos de revestimentos e diafragmas em vários materiais, são capazes de atender as mais exigentes aplicações. A linha é composta de três tipos de válvula: passagem reta de ½ a 10 polegadas; passagem angular de ½ a 10 polegadas; e de retenção de 1 a 6 polegadas, com acionamento manual ou pneumático.

Alguns fornecedores de dispensadores usados em sistemas tintométricos divulgaram seus produtos, dentre eles a Corob S.A. Fundada em 1984 na pequena cidade de Emília, na Itália, é hoje uma empresa global, com plantas também na Finlândia, Estados Unidos, Uruguai e Índia. Na matriz italiana está localizado o centro de pesquisa e desenvolvimento, com mais de 9.000 m2 de área, empregando 30% do total de funcionários da empresa.

Estabelecida desde 1991, a unidade uruguaia tem 2.000 m2. Recentemente, a empresa inaugurou um centro de serviços e treinamento em São Paulo.

Química e Derivados: Tintas: Dispensador automático equipa sistemas tintométricos.
Dispensador automático equipa sistemas tintométricos.

Toda linha de dispensadores automáticos e misturadores foi mostrada. Os dispensadores têm design moderno e compacto, sendo projetados para dosagem de cores em tintas vendidas em embalagens pequenas, médias e grandes. Afirma a assistente de marketing e vendas Daniela Garelli que todos os equipamentos apresentam alto padrão de precisão, repetição e velocidade. São adequados para corantes universais, tanto base água como base solvente. Possuem agitação automática e programável de corantes, altura ergonômica dos reservatórios para facilitar o enchimento e software que monitora os níveis de corantes nesses reservatórios.

Ao lado desses fornecedores, a organizadora Abrafati aproveitou o evento para divulgar sua campanha contra o mau uso das máquinas tintométricas. As máquinas de mistura de tintas, ou máquinas tintométricas, hoje presentes em muitos revendedores de tintas e oficinas, surgiram para viabilizar a oferta de tintas das mais variadas tonalidades e cores. As tintas preparadas nessas máquinas são garantidas pelo fabricante que forneceu a máquina, cuja marca vai na embalagem da tinta e é facilmente identificável pelo cliente. O revendedor e a oficina devem usar os produtos originais do fabricante de tinta, caso contrário, estarão fazendo mau uso das máquinas tintométricas, com prejuízo da qualidade. Os resultados de um trabalho com tinta adulterada são logo percebidos por quem trabalha com repintura automotiva: a tinta não fica na tonalidade certa, a secagem demora mais do que o normal, o brilho fica comprometido e a durabilidade da pintura é menor. Seguindo o exemplo de outras indústrias, como as de softwares, autopeças e CDs, que estão tomando medidas drásticas para coibir a falsificação de seus produtos, a Abrafati, que reúne os principais fabricantes de tintas do país, iniciou uma campanha para eliminar essa prática que tantos prejuízos causa às indústrias e ao consumidor.

Inovações melhoram manuseio das latas

Os principais fornecedores de embalagens também estiveram presentes à feira apresentando seus lançamentos, como a Brasilata, de São Paulo. O gerente de marketing Carlos Viterbo ressaltou a preocupação constante da empresa com a inovação tecnológica, fazendo um retrospecto dos desenvolvimentos nos últimos anos.

Química e Derivados: Tintas: Viterbo - lata marítima elimina trava auxiliar.
Viterbo – lata marítima elimina trava auxiliar.

Em 1993, a Brasilata lançou a lata de 18 litros com fechamento First Open, introduzindo o conceito de “violação evidente” em embalagens metálicas. Em 1994, o sistema foi aprimorado e passou a se denominar First Open Plus. No ano seguinte, a Brasilata lançou o Fechamento Plus, para latas redondas de tintas e produtos químicos, provocando um salto de qualidade no tradicional fechamento dessas embalagens. Esse sistema de fechamento conquistou o prêmio ouro na categoria general line no Cans of the year 2000, realizado em Brisbane, Austrália. Segundo Viterbo, o revolucionário fechamento Plus conseguiu modificar um padrão utilizado em todo o mundo há mais de 90 anos, tendo sido patenteado nos Estados Unidos e União Européia. Suas vantagens são: maior facilidade de abrir e fechar a lata; maior resistência a quedas; melhor desempenho nas linhas de enchimento; redução de perdas na distribuição e utilização de menos aço.

O mais novo lançamento da Brasilata é o sistema Biplus, especialmente desenvolvido para utilização nas máquinas tintométricas. A nova tampa Biplus agiliza o atendimento ao consumidor, oferece maior segurança e praticidade ao abrir e fechar, facilita o manuseio e o tingimento de tintas e possibilita a visualização da cor escolhida.

Segundo Viterbo, sem o sistema Biplus, o processo de tingimento envolve uma etapa de abertura da tampa, seguida da adição de corante e fechamento. Ocorre a mistura e faz-se necessária nova abertura da tampa para verificação da cor. Depois disso, a lata é novamente fechada para ser entregue ao comprador. Estima Viterbo que esse processo leve 58 s. O Biplus é composto de duas tampas concêntricas, sendo a central de plástico transparente, o que elimina a necessidade de reabertura para verificação da cor. O tempo de processo é reduzido a cerca de 10 segundos, informa Viterbo.

Página anterior 1 2 3 4 5 6Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios