Química

Somos indispensáveis – CFQ

Quimica e Derivados
16 de julho de 2020
    -(reset)+

    Química e Derivados -

    Na proximidade com o Dia Nacional do Químico, data da promulgação da Lei Mater dos Profissionais da Química pelo ilustre Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, nos idos de 18 de junho de 1956, encontramos o momento ideal para refletir sobre nosso universo particular e o quanto estamos presentes no dia a dia de cada brasileiro. Talvez muitos dos profissionais de Química não saibam, mas esta Lei regulamentou o exercício profissional do químico e permitiu a criação do Conselho Federal de Química (CFQ) e dos Conselhos Regionais de Química (CRQs).

    A Química é uma ciência central, pois se conecta com as ciências físicas, ciências da vida e as ciências aplicadas, tais como a e a engenharia. A natureza dessa relação é um dos principais assuntos tratados na Filosofia da Química e na Cienciometria. O termo foi introduzido e popularizado por Theodore L. Brown e H. Eugene LeMay no livro Chemistry: The Central Science (em português, Química: A Ciência Central), publicado pela primeira vez em 1977, com uma décima terceira edição publicada em 2014.

    Mas, quando pensamos em Química, o que temos em mente? Pode-se dizer que a Química está presente em absolutamente tudo que nos cerca. Os elementos químicos são a base de tudo que existe como matéria visível e invisível, do que conhecemos e até do que desconhecemos. Em um recorte um pouco mais restrito, da Química como atividade humana, podemos dizer que a civilização, nosso modo de vida moderno, não teria a menor possibilidade de existir sem a Química.

    A Química é o fundamento da produtividade agrícola, é a base material de tudo o que utilizamos, sejam os produtos de limpeza, sejam as vestes, sejam aquilo com que nos alimentamos, e por trás de tudo isso há um profissional da Química responsável por essas atividades, que é fiscalizado pelo sistema CFQ/CRQs a fim de garantir a qualidade dos produtos e insumos visando, sobretudo, o bem-estar da sociedade.

    Se é de se imaginar que talvez nem todos tenham uma ideia clara do nosso papel, este é um momento que oferece com clareza essa ideia. A pandemia do novo coronavírus tem sido um desafio exigente à capacidade de organização humana. Nesse esforço, sobram exemplos de destaque junto aos profissionais da Química.

    Há profissionais na parte de testagem, no suporte ao desenvolvimento de tratamentos, sem contar com toda a parte do aprimoramento dos EPIs e de produtos de higiene, saneantes e etc. Tudo isso somado ao suporte dos profissionais à sociedade levando informações confiáveis à população. Estamos por trás, por exemplo, da garantia de abastecimento – atuando na retaguarda técnica da produção de alimentos e outros itens de extrema necessidade na casa dos brasileiros neste momento de movimentação restringida por conta da pandemia. A atuação dos profissionais da Química tem sido exemplar.

    Mas, afinal, quem somos? É difícil, em poucas linhas, representar a vastidão de rostos e capacidades dos profissionais da Química. No Sistema CFQ/CRQs podem ser registrados profissionais das seguintes áreas: Química Generalista, Química do Meio Ambiente, Química de Alimentos, Bioquímica, Biotecnologia, Bioprocessos, Química Industrial, Química de Petróleo e Biocombustíveis, Química da Segurança do Trabalho, Papel e Celulose, Química Forense, Química Têxtil, e Química dos Materiais. As graduações são diversas, mas não é menos importante lembrar que há cursos superiores e também técnicos que formam profissionais para exercer atividades generalistas e atividades especificas, com atribuições diferentes.

    Entre profissionais e empresas nas 27 unidades federativas, integramos atividades essenciais distribuídas em todo o território brasileiro. Somos uma legião de profissionais de alta qualificação e diretamente ligados à inovação e ao desenvolvimento do país.

    Alcançamos tal estágio da evolução humana que a vida moderna, no patamar em que a vivemos, não poderia prescindir da Química e de seus profissionais. Somos indispensáveis!

    Se os profissionais da Química são sim indispensáveis, o que dizer daqueles que dão guarida e segurança às boas práticas e aos profissionais éticos e responsáveis? É esse, exatamente, o propósito do Sistema CFQ/CRQs.

    Temos a tarefa primordial de zelar pelo exercício da Química no Brasil, estabelecendo padrões de atuação para empresas e profissionais, fortalecendo e difundindo as boas práticas. Estabelecemos os parâmetros para a atuação dos químicos e, mais do que isso, atuamos para garantir que os produtos e serviços que chegam aos brasileiros sejam exercidos e providenciados por profissionais qualificados, em altos níveis de excelência.

    Neste ano de 2020, premidos pelo novo coronavírus, vimos um Sistema CFQ/CRQs ampliado em sua atuação social. Fomos a fonte de informação segura quando a sociedade, confusa e confundida por mensagens errôneas no que diz respeito às medidas de combate à pandemia, precisou saber, por exemplo, se o álcool em gel é de fato útil para eliminar o vírus que nos ameaça.

    Química e Derivados - José de Ribamar Oliveira Filho, presidente do Conselho Federal de Química

    José de Ribamar Oliveira Filho, presidente do Conselho Federal de Química

    Nós, do Sistema CFQ/CRQs, fomos ainda além: editamos notas técnicas altamente repercutidas na mídia e na sociedade onde oferecemos alternativas baratas e acessíveis a todos para que se protejam. Em 60 dias, os profissionais da Química colocaram “a mão na massa” para produzir, envasar e distribuir como doação 84,1 mil litros de álcool 70% (INPM) em gel, glicerinado ou líquido, para hospitais, profissionais de saúde e entidades beneficentes – uma operação que envolveu CRQs, profissionais, instituições de ensino, empresas doadoras e órgãos públicos de todas as regiões do Brasil. É a campanha Química Solidária, levando alento a ao menos 15 estados brasileiros.

    Foi 2020 o ano em que o Sistema CFQ/CRQs exerceu sua sensibilidade, inclusive, com relação aos profissionais. Já no comecinho da pandemia editamos a RN 289, que dilatou prazos para o pagamento de anuidades e permitiu que profissionais desempregados, sem renda, tenham mais tranquilidade para requerer a isenção da anuidade relativa a 2020.

    Construímos uma nova percepção, ainda mais positiva, das pessoas sobre os profissionais da Química. Queremos fazer disso nosso legado: que os mais de 210 milhões de brasileiros e brasileiras entendam que tão importante quanto os profissionais cujo trabalho é visível é a atuação daqueles que nem sempre se percebe. Por trás de todos os produtos existem responsáveis técnicos, e esses são fiscalizados pelo Sistema CFQ/CRQs. Se não zelamos pela qualidade dos insumos, por exemplo, quem se prejudica é a sociedade. Os materiais médicos são feitos de elementos químicos, o gás oxigênio usado nas UTIs, tudo, absolutamente tudo, passa pelo crivo de qualidade dos profissionais da Química.

    É. Somos indispensáveis.

    Vejam o tamanho da nossa responsabilidade!

    Texto: José de Ribamar Oliveira Filho 

    Química e Derivados -

    CFQ

    O Conselho Federal de Química é uma autarquia federal dotada de personalidade jurídica de direito público, sediada em Brasília (DF). Ao lado dos Conselhos Regionais de Química (CRQs), constitui o que se chama de “Sistema CFQ/CRQ”, irradiando para todas as unidades da federação o conjunto de práticas que regem a atividade.
    As diretrizes de atuação do CFQ incluem, além da evidente valorização e promoção da Química como vetor de desenvolvimento para o Brasil, o compromisso de garantir a oferta à sociedade de bons produtos e serviços dentro da infinidade de possibilidades técnicas oferecidas pela Química nos tempos atuais.
    Mais informações: http://cfq.org.br/



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. Rafael Guedes de Azevedo

      Como Engenheiro Químico e registrado a 30 anos no CRQ, sinto-me muito desprestigiado pela publicação apresentar os profissionais que podem se registar no CRQ e não mencionar os Engenheiros Químicos e outros engenheiros. Espero que o CFQ corrija este grave erro.



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *