Sacarina Sódica: adoçante comum em alimentos e medicamentos

Sacarina Sódica: Veja conceito, fórmula, características, onde é aplicada, principais fornecedores e outras disposições

A sacarina sódica é utilizada amplamente como adoçante em substituição ao açúcar por diversos setores industriais, em especial o de alimentos e bebidas e o de medicamentos. Tem a vantagem de ser mais doce, mais econômica e não apresentar calorias, o que resulta em uma grande procura pelo mercado.

Acesso Rápido no post

O que é sacarina sódica?
Fórmula química
Características
Principais aplicações da sacarina sódica
Manuseio da sacarina sódica
Onde encontrar fornecedores de sacarina sódica?

O que é sacarina sódica?

A sacarina sódica é um substituto do açúcar convencional, é um adoçante artificial e não-nutritivo que tem aspecto sólido, em pó, branco e cristalino. Não tem calorias nem glúten, o que é ideal para indivíduos com diabetes, obesidade, restrição alimentar ou que simplesmente querem controlar o peso.

Ela pode ser produzida sinteticamente a partir do tolueno, um hidrocarboneto aromático muito utilizado pela indústria química, ou por meio de outras matérias-primas.

É reconhecida ainda por outros sinônimos, como sacarina sódica; sal de sódio orto-sulfo-benzóico amido diidratado; sacarina sódica diidratada; sal de sódio do dióxido 1,2-benzisotiazolin-ona-1,1, diidratado.

    Orçamento Rápido

    GuiaQD.com.br

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

     

    Fórmula química:

    Sua fórmula química é representada da seguinte forma: C7H4O3NSNa.2H2O. Dessa maneira, podemos afirmar que sacarina sódica é composta por carbono (C), hidrogênio (H), nitrogênio (N), enxofre (S) e sódio (Na).

    Características:

    • Aspecto: sólido (pó);
    • Cor: branca;
    • Cristalino;
    • Peso Molecular: 241,19 g/mol;
    • CAS: 6155-57-3;
    • Inodoro;
    • Altamente solúvel em água;
    • Solúvel em etanol;
    • Produtos e materiais incompatíveis: calor, agentes oxidantes.
    • Não é metabolizada pelo organismo, ou seja, a substância é eliminada do corpo totalmente sem alteração. A sacarina sódica é eliminada pelos rins, sem ser convertida em energia, considerada, portanto, um adoçante não nutritivo;
    • Apresenta um poder adoçante maior do que o do açúcar, cerca de 300 ou 400 vezes maior, e um custo bem mais baixo do que o da sacarose. Quando aplicada sozinha nos alimentos, pode apresentar um sabor residual amargo, no entanto suas aplicações costumam ser combinadas com outros edulcorantes, como o ciclamato de sódio, para evitar essa característica e oferecer um melhor sabor ao produto;
    • Edulcorante: a sacarina sódica é um importante edulcorante utilizado pela indústria de alimentos e bebidas e farmacêutica. Edulcorantes são conceituados como aditivos para conferir sabor doce a um produto em redução ou substituição da sacarose. Cada um deles tem uma característica e finalidade específica.

    Conheça a lista de edulcorantes aprovados pela ANVISA: acessulfame de potássio (K); advantame; aspartame; ciclamato ácido ciclâmico e seus sais de cálcio, potássio e sódio; eritritol; osomalte; glicosídeos de esteviol; lactiol; maltiol; manitol; neotame; sacarina e seus sais de cálcio, potássio e sódio; sorbitol.

    De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos Para Fins Especiais e Congêneres (Abiad), os edulcorantes mais utilizados no mercado são: stevia, sorbitol, aspartame, ciclamato, sucralose e sacarina. Os mais consumidos atualmente são a stevia, o aspartame e a sucralose.

    Principais aplicações da sacarina sódica

    Graças ao poder adoçante, sua maior aplicação se destina a indústria de alimentos e farmacêutica, em que esta substância é utilizada para a produção de produtos dietéticos e medicamentos. Veja os detalhes dessa aplicação e outros setores que fazem uso da sacarina sódica:

    • Setor de alimentos e bebidas: alimentos dietéticos, como refrigerantes, chás, adoçante, balas, sobremesas, produtos de panificação e outros alimentos industrializados;
    • Setor farmacêutico:  a sacarina sódica normalmente está presente em xaropes para tosse, pastilhas, comprimidos e outros medicamentos;
    • Setor cosmético: também pode ser usada em produtos cosméticos para melhorar o sabor ou fragrância de um produto, incluindo os cremes dentais, enxaguantes bucais e produtos para cabelo;
    • Setor veterinário: a sacarina sódica para ser utilizada para adoçar alimentos para animais de estimação, substituindo a utilização de açúcar. Normalmente está presente nas rações de cães e gatos e em outras formulações veterinárias;
    • Setor galvanoplastia: utilizada como abrilhantador para vários metais. Ela é adicionada no banho de níquel eletrolítico como um agente nivelador, o qual evita que a camada de níquel se deposite de modo irregular ou granulado. Seu uso deve ser realizado em condições controladas e seguras.

     

    Leia Mais
    Edulcorantes Conseguem Manter a Doçura Desejada: Ingredientes tiram açúcar e calorias dos alimentos
    Edulcorantes: Indústria do diet engorda as vendas
    Exemplos de excipientes utilizados na indústria farmacêutica

    Manuseio da sacarina sódica

    A sacarina sódica não é uma substância tóxica nem inflamável, no entanto são requeridos alguns cuidados durante a sua manipulação para a segurança de todos os colaboradores. Esta atividade deve ocorrer em local bem ventilado, de movo a evitar a geração de névoa/poeira. O uso de equipamento de proteção individual também é recomendado.

    Medidas de primeiros socorros:

    – Em caso de inalação: remover a vítima para local ventilado. Em caso de dores e mal estar, melhor procurar um atendimento médico para melhor avaliação e tratamento.

    – Em caso de contato com a pele: remova a roupa e sapatos contaminados e depois lave o local com bastante água. Neste caso, também é recomendado procurar atendimento médico.

    – Em caso de contato com os olhos: lavar os olhos com bastante água por 15 min, levantando as pálpebras superiores e inferiores. Consultar um oftalmologista.

     – Em caso de ingestão: se ocorrer a ingestão, recomenda-se enxaguar a boca com água e tomar água ou leite em abundância. Nunca ofereça nada pela boca a uma pessoa inconsciente. A vítima deve procurar atendimento médico.

    A embalagem com sacarina sódica deve ser bem fechada e armazenada em local coberto, seco e bem ventilado, distante de fontes de calor e ignição.

    Onde encontrar fornecedores de sacarina sódica?

    Para encontrar os principais fornecedores de sacarina sódica no Brasil, acesse o Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

    Nele, você tem acesso rápido a diversos fornecedores e ainda conta com a facilidade de realizar vários orçamentos de uma só vez para diversas empresas.

    Nenhuma ferramenta do mercado oferece um suporte tão grande como o Guia QD. Experimente essa incrível facilidade e veja como é possível ganhar tempo em suas cotações e agilizar suas compras.

      Orçamento Rápido

      GuiaQD.com.br

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.