QUIMTEC: Feira atrai interesse global

No estande da gigante alemã Krauss-Maffei Verfahrenstecknik GmbH estavam presente o gerente de vendas Thomas Henke e o projetista Jürgen Mack, ambos vindos da matriz, localizada em Munique. A presença na feira e no Brasil objetivou visitar antigos clientes e divulgar os equipamentos fabricados para a indústria química e farmacêutica. Ressaltou Henke que por 75 anos a Krauss-Maffei tem se destacado na promoção de inovações em equipamentos para esses segmentos industriais, o que é demostrado pelas mais de 500 patentes depositadas pela empresa. A Krauss-Maffei fornece vários tipos de centrífugas, misturadores, secadores, filtros e outros. Comercializando seus produtos há várias décadas no Brasil, a empresa optou há dois anos por efetuar vendas diretas, não tendo, portanto, representante local. Orgulhoso, comentou Mack que, em visita a um cliente, constatou um equipamento de 1933, embora obsoleto, operando em condições normais. Na feira, era dado destaque ao novo design da centrífuga-raspadora para uso na indústria farmacêutica, com melhoras no sistema raspador, disposto de forma que o ângulo livre para raspagem seja maior. As alterações feitas conferem ao equipamento ótima geometria de raspagem, com melhor remoção da matéria sólida. Visível redução do espaço necessário e preço atrativo foram outras vantagens destacadas por Mack.

A alemã Görgens Engeneering GmbH divulgou na feira a nova geração de moinhos micronizadores por turbulência. Desde 1963 a empresa dispõe de uma ampla experiência em micronização, secagem pneumática e moagem com secagem simultânea. Vários produtos são oferecidos, dentre eles moinhos, em que podem ser feitos, individualmente ou em combinação, processos de moagem, mistura, secagem e classificação. O diretor comercial da Seibt Máquinas para Plásticos Breno Seibt enfatizou as qualidades do novo moinho micronizador por turbulência TurboRotor o qual, segundo ele, tem construção robusta, facilidade de limpeza, fácil substituição de peças desgastadas, facilidade de troca dos discos de moagem, dos calços e do classificador do moinho. As partículas são micronizadas por turbulência, isto é, pelos próprios choques entre elas, não havendo significativo aumento de temperatura.

O moinho pode ser dividido em três partes. A primeira, de entrada do material, no fluxo de ar e homogenização, propicia a distribuição uniforme antes de entrar na zona de moagem. A zona de moagem constitui a segunda parte do moinho com diferentes calços de alinhamento, diferentes quantidades e tipos de ferramentas de moagem e variação do regime, onde o tempo de permanência e a turbulência asseguram uma alta capacidade de evaporação. Depois, na zona de classificação – terceira parte -, uma seleção de classificadores estáticos e dinâmicos, com acionamento em separado, faz o moinho micronizador por turbulência converter-se num autêntico moinho classificador.

O campo de aplicação desse versátil equipamento alcança uma grande variedade de materiais de diferentes indústrias, como minerais, plásticos, metais, alimentos e outros. “O processamento econômico do material depende da origem, suas propriedades, composição e seu comportamento na instalação”, disse Seibt. “Não é possível processar economicamente materiais secos, úmidos, pastosos, porosos, amorfos, elásticos e fibrosos, sob condições econômicas, num mesmo equipamento”, acrescentou. “Essa versatilidade em materiais pode exigir uma adaptação da máquina a problemas específicos; há disponibilidade de variantes técnicas na fabricação “, informou Seibt.

Trocadores de calor – Partindo da forte posição de indústria líder no continente norte-americano por cerca de 65 anos, a Tranter Inc. tem buscado uma expansão global na área de trocadores de calor de placas. Pretendem intensificar as ações no mercado brasileiro com a contração de um gerente de vendas para o Brasil Olavo T. Xavier. Presente à feira, Xavier ressaltava as vantagens dos trocadores de placa em relação aos de casca e tubo convencionais. Estes últimos, segundo ele, tem baixa eficiência, pois há perda de grande quantidade de calor, fazendo-se necessário um sistema de isolamento eficiente. No trocador de placas, ao contrário, praticamente não há perda de calor, eliminando-se a necessidade de isolamento. Além de mais eficiente, esses trocadores são também facilmente desmontáveis, disse Xavier.

O mesmo tipo de produto era oferecido pela Apema – Aparelhos, Peças e Máquinas Industriais Ltda., de São Paulo. De acordo com Cláudio Gasperini, do departamento de vendas, a empresa oferece trocadores de placas desmontáveis. Os trocadores de placas, soldados hermeticamente, são constituídos e montados com certa quantidade de placas prensadas em chapa de aço inoxidável AISI 316, unidas com lâmina de cobre ou níquel entre cada placa de aço, e brasados em forno a vácuo. Na montagem é virada cada segunda placa em 180º para a formação de dois conjuntos separados de canais, onde passam dois fluidos em contracorrente. O desenho da prensagem provoca um fluxo altamente turbulento, permitindo eficiente transmissão de calor ainda com pouca velocidade dos fluidos. O aproveitamento típico desses trocadores de placas é o uso doméstico e comercial para aquecer, resfriar, condensar e evaporar. Processos usados em calefação, refrigeração, ar condicionado, resfriamento ou aquecimento de óleo e outros fluidos.

Os trocadores de placas individuais desmontáveis adaptam-se cada vez mais a diversas aplicações. Inicialmente usados para resfriamento de produtos sensíveis à contaminação, por exemplo leite, sucos, vinhos, etc., têm expandido seus mercados. A possibilidade de desmontagem é a principal vantagem desses equipamentos, acredita Gasperini. Uma estrutura de aço carbono (ou inoxidável) sustenta o conjunto de placas e garante a estabilidade do equipamento também em pressões elevadas. Para facilitar a manutenção, a estrutura conta com barras de aço para manter as placas na posição correta.

Página anterior 1 2 3 4
Mostrar mais

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios