Cosméticos, Perfumaria e Higiene Pessoal

Produtos Cosméticos “sem Química”

Quimica e Derivados
31 de dezembro de 2017
    -(reset)+

    Não estamos aqui sendo categóricos em afirmar que uma fragrância desenvolvida por uma casa de perfumaria é mais segura que um óleo essencial, cada uma tem suas particularidades, benefícios e aplicações. O tema é polêmico e somente com discussões sob diversos pontos de vistas acabaremos esclarecendo dúvidas e quem mais se beneficiará são os consumidores. Voltaremos a abordar este tema em uma oportunidade futura.

    Química e Derivados, Alberto Keidi Kurebayashi é Farmacêutico-Bioquímico pela USP

    Alberto Keidi Kurebayashi é Farmacêutico-Bioquímico pela USP

    Finalizando, apesar de ter sofrido com as pesadas cargas disciplinares que tive em minha graduação Farmácia-Bioquímica, com matérias como Química Orgânica, Inorgânica, Experimental, Qualitativa, Quantitativa, além de Físico-Química, Bioquímica etc , entendo a importância fundamental desta ciência em nosso dia a dia. A química faz parte dos produtos cosméticos, a química é essencial, química é vida.

    Alberto Keidi Kurebayashi é Farmacêutico-Bioquímico pela USP, na especialidade Fármaco-Medicamentos, diretor da Protocolo Consultoria em Dermocosmética, tem 27 anos de experiência na indústria de produtos cosméticos e farmacêuticos, com ênfase em produtos dermocosméticos como formulador e especialista em transferência de tecnologia, inovação e ciência. É conselheiro da Associação Brasileira de Cosmetologia (ABC). Contato: alberto@siteprotocolo.com.br



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. Allane Gabriela

      Olá, tudo bem, me chamo Allane e vim até seu site em busca de informações acerca de um produto usado em um certo sabonete que eu comprei, mas notei que a minha ignorância e meu preconceito me tornaram uma pessoa contra produtos “químicos”, obrigada pelo esclarecimento. Mas o assunto é outro, senhor, e que não posso tratar com mais ninguém, pois ninguém tem as informações que eu quero, o senhor tem. Por isso, venho lhe fazer um pedido, preciso que o senhor me responda algumas questões. Pois bem, vamos lá finalmente, há uns dias atrás entrei em uma loja e vi uns sabonetes, e que tinham como principal base, o óleo de coco (é um produto local do estado do Maranhão, por isso, não posso lhe informar com precisão a imprensa que fabrica o produto). Somente hoje resolvi testar o sabonete, e ao usar o produto senti minha pele enrijecer e minha boca queimar, muitoooo, logo após (ainda com o sabonete no rosto), abri os olhos e ardeu, muito mesmo. Desconfiada, olhei a composição do produto e vi que tinha um ingrediente, hidróxido de sódio, fui pesquisar, e sim, a reação foi de muito susto. Depois dessa longa narração, a pergunta que tenho a fazer ao senhor é que, baseado nos fatos narrados, o senhor aconselha que eu continue usando esse produto?
      Atenciosamente Allane



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *