PITTCON 2002: Feira divulga avanços tecnológicos

Química e Derivados: Pittcon: pittcon2.Espectroscopia e absorção atômica – A gerente de aplicações em Raman, do Grupo Horiba, Dra. Fran Adar apresentou o LabRam-IR, um microscópio dispersivo que combina espectroscopia Raman e no infravermelho (IV) com transformada de Fourier (IR-FT). “Trata-se do primeiro instrumento a oferecer ambas as técnicas em um único e compacto aparelho” disse Fran.

A tecnologia desenvolvida permite a obtenção do espectro Raman e IV na mesma amostra ao mesmo tempo, eliminando a necessidade de transferir o produto em análise de um equipamento para o outro e a relocação do ponto de medida. O LabRam IR tira proveito da sensibilidade do IV e da habilidade da espectroscopia Raman de observar bandas a menos de 50 cm-1. “Com IV chega-se geralmente só até 600 cm -1 ” , disse Adar. (Na figura 2 há exemplo do registro obtido no equipamento onde os espectros são sobrepostos, facilitando a identificação dos picos.)

A Bran+Luebbe divulgou NIR Infraanalyzer 2000, espectrômetro de infravermelho próximo (NIR) para análise de alimentos.

O equipamento permite determinar umidade, proteína, gordura, açúcares redutores e totais, fibras, amidos e cinzas nos mais diversos tipos de amostras, sejam elas sólidas, semi-sólidas ou líquidas. Também é possível fazer análises em grãos inteiros e amostras heterogêneas, não havendo necessidade de moagem. Robusto e de fácil manuseio, o aparelho não requer preparação da amostra e dispensa o uso de reagentes.

Química e Derivados: Pittcon: Bickel - análises rápidas usando IR próximo.
Bickel – análises rápidas usando IR próximo.

“As análises podem ser feitas em até 30 segundos”, disse o gerente de desenvolvimento de negócios Allen Bickel. Nosso suporte técnico pode fazer as curvas de calibração e transmiti-las aos nossos clientes pela internet”, acrescentou. Bickel informou ainda que esse equipamento está disponível no Brasil, onde a Bran+Luebbe já atua há 12 anos. A alemã Carl Zeiss lançou na feira o Corona, para monitoramento da produção de fármacos. A química do departamento de marketing Kerstim Edom informou que o equipamento monitora de forma não invasiva a secagem e mistura de ativos farmacêuticos durante o processo. “Isso permite ao fabricante reagir prontamente às flutuações na qualidade, minimizando perdas e reduzindo o ciclo de produção”, ressaltou. O sensor versátil do Corona mede o comprimento de onda no infravermelho próximo em milissegundos. O equipamento tem parte externa de aço inox para atender às GMP (good manufacture pratices), havendo também versão à prova de explosões para áreas de risco, onde são usados solventes.

A PerkinElmer lançou o sistema de imagens Spectrum Spotlight 300 IR, contendo nova tecnologia de detecção patenteada pela empresa. Esse sistema supera as limitações dos sistemas IR-FT tradicionais e prevê novos parâmetros de sensibilidade, velocidade e flexibilidade, tornando-o indicado para análise de superfície onde se deseja complementar as técnicas de geração de imagens existentes, como microscopia eletrônica de varredura.

Química e Derivados: Pittcon: Corona monitora secagem e mistura.
Corona monitora secagem e mistura.

Muito útil na pesquisa de novos materiais, o equipamento gera imagens com informações químicas completas em minutos, em vez de horas. O moderno software do aparelho permite fácil identificação de pequenas diferenças na composição química das amostras, provendo informações sobre defeitos, impurezas e composição para vários produtos, como os farmacêuticos, por exemplo.

A Varian promoveu o SpectorAA-Duo, o primeiro sistema de absorção atômica com operação simultânea nas técnicas de chama/hidretos e forno de grafite. Com o SpectrorAA-Duo, laboratórios ambientais, farmacêuticos, químicos e metalúrgicos podem dobrar sua produtividade e eliminar a perda de tempo com a comutação de técnicas e ajustes.

O sistema SpectorAA-Duo duplica os ganhos de produtividade, operando com dois módulos de atomização simultâneos, um para chama/hidretos e outro para forno de grafite, sob o controle de um único computador central. Cada atomizador está pronto para uso imediato e não necessita de realinhamento.

Antiterrorismo e serviços – Com seu país sede preocupado com ações antiterroristas, dentre elas a detenção de armas químicas e biológicas, a Pittcon não poderia deixar de apresentar produtos relacionados ao tema. Dentre os vários prestadores de serviços de consultoria e análises que compareceram à feira, alguns também desenvolveram produtos e equipamentos para prevenção de atos terroristas, como a Arthur D. Little Inc.

Presente ao estande da companhia, o gerente de operações e especialista em segurança de processos químicos e instrumentação Peter J. Ralbovsky disse que a empresa, com escritórios em 30 países, sendo um deles no Brasil, presta serviços de consultoria para terceiros há 115 anos, tanto na área gerencial como na tecnológica. Segundo ele, a Arthur D. Little, cujo faturamento anual é da ordem de US$ 600 milhões, foi a primeira empresa de consultoria criada no mundo.

Com mais de 2.400 funcionários, emprega em seu o corpo técnico cientistas, engenheiros e especialistas em gerenciamento, trabalhando no desenvolvimento de novos produtos, isolados ou em colaboração com os clientes, gerando patentes. “Nós usamos tecnologia para gerar lucros para nossa empresa e nossos clientes” complementou Ralbovsky, acrescentando que estão aptos a prestar serviços nos segmentos químico, farmacêutico, meio ambiente, energia, telecomunicações, segurança e gerenciamento de risco, dentre outros. A empresa, com longa lista de produtos inovadores em seu portfólio, como a patente da primeira penilicina sintética, inclui na equipe dois especialistas em armas químicas e biológicas, como antrax e sarin.

Página anterior 1 2 3 4 5 6 7 8Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios