O que é carboximetilcelulose?

Carboximetilcelulose: descubra o que é, para que serve e em quais setores indústrias ela é mais utilizada

Embora a carboximetilcelulose possa ser aplicada em uma ampla gama de setores, é na indústria de alimentos que ela se destaca como um hidrocoloide multifuncional. Dessa forma, é utilizada na produção de diversos alimentos e bebidas para melhorar a textura dos produtos, deixando-os mais viscosos, mais umedecidos, com sabor intensificado e sem a formação de cristais de gelos. Confira ao longo do texto em quais produtos alimentícios esta goma está mais presente e descubra outras aplicações importantes.

O que é carboximetilcelulose?

A carboximetilcelulose (CMC) é derivada do polímero de celulose, a partir da madeira ou algodão. Consiste em um pó branco ou amarelado, inodoro e com sabor próprio.

A carboximetilcelulose sódica (CMC) nada mais é do que um éter de celulose, produzido pela reação da celulose com hidróxido de sódio (NaOH), a qual resulta na álcali-celulose. A partir da reação da álcali-celulose com monocloroacetato de sódio (MCA) se origina a carboximetilcelulose sódica (CMC).

    Orçamento Rápido

    GuiaQD.com.br

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

    Quais são suas propriedades?

    • Estado físico: sólido (pó).
    • Odor: inodoro.
    • Sabor: característico.
    • Cor: branca a amarelada.
    • Estabilidade química: ela é quimicamente estável em condições ambientes padrão.
    • Solubilidade: muito solúvel em água tanto a frio quanto a quente.
    • Compatibilidade: é compatível em solução com diversas gomas e polímeros não iônicos e aniônicos.
    • Espessante: aumenta viscosidade de formulações, principalmente na indústria alimentícia, melhorando a textura dos alimentos.
    • Estabilizante: aplicada para estabilizar as formulações, prevenindo a separação de fases e melhorando a textura e consistência dos produtos.
    • Umectante: propriedade de retenção de água, essencial para manter a umidade e estabilidade por mais tempo.

    Em quais setores a carboximetilcelulose é utilizada?

    A carboximetilcelulose pode ser aplicada em um grande leque de setores, incluindo o alimentício, onde é utilizada fortemente; o cosmético e de higiene pessoal; o farmacêutico; o de tintas e adesivos, de papel, o de cerâmica; o têxtil; o de petróleo; de detergente em pó e muito mais.

    Aplicação da carboximetilcelulose na indústria alimentícia:

    A carboximetilcelulose é amplamente utilizada neste setor como aditivo alimentar. Por ser proveniente da celulose, ela é uma das gomas alimentícias mais versáteis do mercado, sendo muito utilizada no desenvolvimento de estruturas nas formulações, contribuindo como agentes espessante (para oferecer viscosidade), estabilizante, gelificação (formação de gel quando dissolvido em água), umectante (retentor de água).

    Dessa forma, este hidrocoloide serve para conferir volume e corpo, reter água, melhorar a textura, entregando maciez e elasticidade, além de proporcionar uma secagem rápida aos alimentos e outras propriedades. Confere texturas que variam entre viscosidade e gel. Saiba mais sobre hidrocoloides em Hidrocoloides superam desafios e sabor das inovações

    Vale ainda dizer que a carboximetilcelulose tem muita sinergia com outras gomas, por exemplo a goma guar e xantana, e em alguns casos pode ser usado como um melhor substituto da goma guar, como em sorvetes e produtos panificados.

    Graças as suas propriedades, serve para a produção de uma série de produtos. Confira abaixo uma lista de alimentos em que a carboximetilcelulose é utilizada:

    • Sucos e refrescos em pó: usada como estabilizante, espessante, agente de suspensão na produção de sucos e refrescos em pó. Também contribui para uma melhor percepção do sabor.
    • Sorvete: também aplicada aqui como estabilizante, o que confere melhora na textura e corpo. Como também é um alto retentor de água, serve para evitar a formação de gelo (cristal de gelo).

    Como outros exemplos de estabilizantes aplicados em alimentos, podemos citar os alginatos, gomas, carragenanas.

    • Gelatina: utilizada para auxiliar na solubilização da gelatina.
    • Salsicha: serve para evitar a separação de fases e para elevar a firmeza da salsicha.
    • Alimentos dietéticos: exerce função de agente de corpo, melhora a textura e corpo, além de acentuar o sabor.
    • Pasta americana: usada aqui como espessante e para melhorar a elasticidade da massa.
    • Produtos de panificação: serve para melhorar o volume, textura e sabor.  No pão sem glúten é usada como aglutinante e espessante, contribuindo para uma melhor assimilação dos ingredientes.
    • Bolos e mistura para bolos: usada como retentor de água e para melhorar a textura.
    • Alimentos desidratados e cereais instantâneos: atua na melhora da textura, hidratação e percepção de sabor.
    • Molhos: usado na produção de molhos, como espessante, agente de suspensão e estabilizante.
    • Sobremesas geladas, recheios, coberturas e glacês: usada como espessante para melhora da textura e para reduzir a sinérese. Também serve para controlar o tamanho dos cristais de açúcar e
    • Cremes.
    • Bala de goma
    • Tortas
    • Produtos cárneos: usada aqui como estabilizante, retentor de água, lubrificante e ligante.
    • Frituras
    • Sopas
    • Queijos processados e produtos lácteos (requeijão): a carboximetilcelulose pode ser usada como estabilizante e para retenção de água. Melhora a textura.
    • Temperos para saladas
    • Leite de coco.
    • Achocolatados em pó e leites acidificados: aplicado aqui como espessante, estabilizante (proteínas) e agente de suspensão. Serve para melhorar textura e o corpo.

    Aplicação da carboximetilcelulose na indústria farmacêutica

    A carboximetilcelulose é usada neste setor como surfactante, agente suspensor ou desintegrante, mas não é a única que exerce essa função. Veja abaixo outros exemplos de produtos químicos usados para esta finalidade, além da carboximetilcelulose.

    • Agentes surfactantes (tensoativos / emulsificantes): monoestearato de glicerila, álcool cetílico, polissorbato 80. Também podem ser empregados como agentes emulsivos auxiliares: carboximetilcelulose sódica, alginato e pectina.
    • Agentes suspensores: goma adraganta, goma arábica (goma acácia), goma xantana, celulose microcristalina, carboximetilcelulose sódica, hidroxipropilmetilcelulose, silicato de 3/3 alumínio e magnésio.
    • Desintegrante: amido, carboximetilcelulose sódica, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, glicolato de amido sódico, crospovidona, entre outros.

    Aplicação da carboximetilcelulose na indústria cosmética

    Também tem aplicação neste segmento, sendo muito utilizada como espessante em produtos cosméticos, como cremes e loções.

    Outras aplicações importantes

    • Perfuração de petróleo e gás.
    • Produção de detergentes.
    • Indústria Têxtil
    • Cerâmica
    • Em adesivos e revestimentos à base de água.
    • Flotação e Pelotização.
    • Segmento de papel
    • Indústria de tintas.

    Como deve ser feito o seu armazenamento?

    Para maior segurança, é essencial que este produto químico seja armazenado em local seco, arejado e ao abrigo da luz.

    Onde comprar carboximetilcelulose?

    Não perca tempo! Encontre agora os principais distribuidores de carboximetilcelulose acessando o Guia QD, a maior plataforma de compra e venda online do setor químico.

    Além de achar rapidamente o que você precisa, aqui ainda é possível solicitações diversas cotações para fornecedores diferentes de uma só vez. Experimente e veja como é fácil!

    Leia Mais

    Aditivos de alimentos: Desequilíbrio climático abre mercado para novos hidrocolóides
    Gomas alimentícias – Alto desempenho e rótulos limpos
    13 Gomas usadas na indústria alimentícia

      Orçamento Rápido

      GuiaQD.com.br

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.