Mineração: Tecnologias sustentáveis se consolidam

As tecnologias de beneficiamento de minério que dependem de barragens estão fadadas à extinção frente ao surgimento de rotas mais amigáveis, seguras e competitivas.

Os projetos greenfield, em termos mundiais, já contemplam a produção de rejeitos na planta até a sua disposição final.

Essa abordagem de negócio é fruto tanto da evolução das tecnologias de reúso como da adaptação das empesas aos princípios da economia circular.

Essa tendência vem sendo constatada pela Metso Outotec, presente no mercado de processamento mineral como fornecedora de tecnologias, processos e serviços há mais de 140 anos.

Em boa parte de seus clientes mais arrojados “o encaminhamento técnico é para o empilhamento dos rejeitos em vez de sua destinação para as barragens”, afirma José Roberto Malaman, executivo sênior de vendas na área de fertilizantes.

Do ponto de vista tecnológico, houve uma rápida expansão de escala, assim como a quantidade de testes, desde os de espessamento de polpa até os de inspeção de geotecnia, avalia o executivo.

Ainda segundo ele, o know-how acumulado também avançou na especificação dos equipamentos usados nas filtragens.

“Componentes novos trazidos pela geotecnia e dados de clima, além da variabilidade do minério, têm contribuído também para o dimensionamento mais adequado dos filtros.

No Chile e Peru, por exemplo, os teores de argila no minério de cobre influenciam a umidade residual, o que pauta a escolha da filtragem nos dimensionamentos atuais”, justificou.

O portfólio de soluções da empresa atende o processamento de ferro, ouro, cobre, manganês, zinco, magnésio, fosfatos, potássio, cálcio e enxofre, além de fertilizantes minerais e organominerais.

Em algum momento, diz Malaman, quase todos esses segmentos demandam processos e equipamentos que reduzam e/ou otimizem recursos, inclusive água.

Com isso, consolida-se a tendência de redução ou mesmo a eliminação de processos a úmido, conclui o executivo.

Leia Mais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios