Farmacêutico e Biotecnologia

Linhas farmacêuticas têm controle oficial

Maria Silvia Martins de Souza
1 de outubro de 2000
    -(reset)+

    Testes toxicológicos também devem ser realizados, mormente quando o fármaco está em desenvolvimento ou para registro. A determinação indicada também varia em função da forma de veiculação do ativo, incluindo determinações de toxicidade intravenosa aguda ou toxicidade subcutânea aguda para injetáveis e irritabilidade dérmica primária e cumulativa para pomadas, por exemplo. Também esses testes requerem, obviamente, a utilização de cobaias, o que ilustra a complexidade e os custos significativos necessários para a execução adequada do controle de qualidade de medicamentos.

    As dificuldades de aquisição de padrões, seus custos, assim como os envolvidos na execução de testes em animais ou ainda a impossibilidade de comprar os equipamentos necessários são alguns dos fatores que levam os pequenos fabricantes de medicamentos ou os distribuidores de princípios ativos a terceirizar as determinações analíticas para controle de sua qualidade. O Guia das Análises publicado anualmente por esta editora, apresenta nas páginas 63 a 66 da edição 2000 uma lista de análises feitas em fármacos e as empresas que as executam para terceiros.

    Além da terceirização de análises, outros serviços foram criados para atender os profissionais que atuam no segmento farmacêutico. Um deles é o SOS Ciência. Organizado pela Pharmacopéia Ltda. é uma iniciativa sem fins lucrativos, totalmente voluntária, envolvendo diversos cientistas e centros de pesquisa do Brasil e do mundo. A finalidade do SOS Ciência é socorrer quem atua na área de controle de qualidade farmacêutico. Basta enviar um e-mail para sos@pharmacopeia.org com uma pergunta ou dúvida, sem necessidade de identificação (cada pergunta é tratada como sigilosa e anônima). A solicitação é enviada para os especialistas da área, podendo ser respondida até no mesmo dia. Os interessados em se tornar colaboradores do SOS Ciência, devem igualmente enviar um e-mail informando sua especialidade. Uma vez aprovados, passarão a receber consultas.

    Também existem cursos específicos para os profissionais do setor, oferecidos pelo Grupo Racine, empresa que há 10 anos vem promovendo um diferenciado trabalho de qualificação técnica, científica e empresarial aos profissionais e empresas das áreas farmacêutica, cosmética, domissanitários e saúde em geral.

    Com início previsto para os próximos meses, estão abertas as inscrições para os seus cursos intensivos, cujo número de vagas é limitado para garantir o ótimo andamento das atividades. Alguns exemplos de cursos oferecidos são: “Conhecimentos aplicados aos processos industriais e de controle de qualidade de produtos fitoterápicos”; “Produção e garantia de qualidade de medicamentos na indústria farmacêutica”; “Manipulação magistral em odontologia”; “Montagem e habilitação técnica em farmácia com manipulação”; e “Garantia e controle da qualidade em farmácia de acordo com a resolução RDC no 33/2000”



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *