Cosméticos, Perfumaria e Higiene Pessoal

In-Cosmetics Latin America: Produtos sustentáveis ganham destaque

Renata Pachione
27 de outubro de 2019
    -(reset)+

    Nichos – Uma das atrações mais concorridas desta edição foi o Innovation Tour. Coordenado pelo consultor técnico Cléber Barros, um roteiro levou os visitantes a conhecer algumas inovações em exposição. Ao todo foram vinte empresas. Entre os produtos mais badalados, Barros apontou o Emulium Ilustro, da Gattefossé, detentor da segunda colocação no Innovation Zone Best Ingredient Award. De origem natural, trata-se de um emoliente água-em-óleo, livre de PEG e altamente compatível com pigmentos e filtros UV. “Ele permite excelente dispersão de pigmentos e pode ser usado em processos a frio, o que o torna ainda mais sustentável”, observou o consultor.

    O Spotlight On Award, premiação que consagrou as tendências em ingredientes durante o in-cosmetics, elegeu o SunCare Apalight FPS 30, da Colormix Especialidades, como campeão. O ativo Apalight (hidroxiapatita de cálcio) trouxe como apelo a possibilidade de substituir o dióxido de titânio, com igual ou superior eficácia, sem deixar as fórmulas com coloração branco-azulada (efeito comum em produtos com TiO2). Outro beneficio é seu efeito antienvelhecimento.

    Química e Derivados - Lilian: linha de hialurônicos entra no foco da companhia

    Lilian: linha de hialurônicos entra no foco da companhia

    Ao longo da in-cosmetics, cartazes com letras garrafais anunciavam: a Chemspecs agora é Tovani Benzaquen Ingredientes. Concluída em junho deste ano, a aquisição possibilitou a união dos portfólios; dessa maneira, segundo Lilian Raquel Estochi, analista de inteligência de mercado da Chemspecs, a empresa passou a contar, entre os seus produtos, com ácidos hialurônicos, como o MicroHA, que aliás, foi o grande vencedor do Prêmio Abihpec-Itehpec de Inovação. “Vamos focar bastante na linha de hialurônicos”, ressaltou Lilian. O MicroHA é um ativo produzido por uma tecnologia de degradação enzimática realizado pela chinesa Bloomage Biotechnology e pode penetrar rapidamente na epiderme e na derme para eliminar os radicais livres, reparar células danificadas e agir contra inflamações, entre outros benefícios.

    Entre as formulações que levou ao evento, Lilian destacou, por exemplo, o Super Curls, produto para cabelos cacheados. Sua formulação leva o polímero Luviquat Supreme AT 1 de alto desempenho na definição e retenção de cachos, o Tinogard CP, alternativa ao BHT na estabilização de fragrâncias, e o ativo natural Puricare POE LS 9727. “Vemos que estão em alta os nichos de mercado. Eu destacaria hoje os naturais, os veganos e os produtos para cachos”, comentou Lilian.

    Em prol da mesma tendência, a Evonik lançou o Curly You, linha de formulações exclusivas para os mais diversos tipos de cachos, como a máscara Conditioning Miracle Hair Ampoule. Trata-se de um condicionador formulado com ingredientes de origem vegetal, como o Varisoft EQ 100 e o dermofeel sensolv MB. O Hair Definition Primer, por sua vez, contém um emoliente enzimático, o Tegosoft AC MB, uma alternativa ao uso de óleo mineral, e o Tego SP 13-1, polímero que promete excelente estabilização e espessamento da fase oleosa.

    Uma das novidades da Dow nesta exposição foi o MaizeCare Style Polymer, a primeira solução de base biológica desenvolvida pela companhia. Derivado do milho, o produto promete modelagem dos cabelos com durabilidade e controle de frizz, com desempenho igual ou superior aos modeladores sintéticos.

    Lançado na in-cosmetics Paris, em abril, o Amaze SP representou um dos destaques da Nouryon Brasil (antiga Azko Nobel Especialidades Químicas). Esse polímero apresenta como diferencial o efeito memória. “Promove a modelação natural por um longo período e ainda garante proteção térmica”, explicou Ana Biancardi, gerente técnica para cuidados pessoais da Nouryon Brasil. Derivado de açúcares de milho, o ingrediente é fabricado em processo cujo único solvente utilizado é a água. “A tecnologia de fabricação é verde, bem sustentável”, enfatizou Ana.

    Química e Derivados - Amorim: pigmento sintético dispensa o carmim de insetos

    Amorim: pigmento sintético dispensa o carmim de insetos

    Natural – Marcas plurais estão perdendo espaço na preferência do consumidor, que hoje demanda produtos específicos para as suas necessidades. Em resposta a essa tendência, as empresas apostaram em nichos. O apelo vegano se fez presente no lançamento da IMCD do Brasil, com o Chione Electric Fuchsia SF90D, da Colors & Effects Basf. Esse pigmento substitui o carmim de cochonilha (do ácido carmínico, extraído a partir de fêmeas dessecadas de insetos da espécie Dactylopius coccus). Para Eider Amorim, diretor da área de pigmentos da IMCD, havia uma lacuna no mercado, pois antes dele o corante vermelho tinha necessariamente origem animal e hoje as pessoas estão evitando produtos desse tipo. O Chione traz na formulação dióxido de titânio com dióxido de ferro e sílica.

    “Queremos mostrar que temos produtos para atender às necessidades de todas as gerações”, disse Marina Fernandes, diretora de marketing estratégico da Dinaco. Por esse motivo, o estande da empresa privilegiou produtos específicos para cada público. Para os adolescentes, mostrou, por exemplo, o DeZo. Esse desodorante é uma combinação do espessante natural Sucrathix VX, com emulsificantes derivados do milho Glucamate SSE-20 Emulsifier e Glucat SS Emulsifier, além do ativo Neossance Hemisqualane que segundo a fabricante, conta com alta espalhabilidade e excelente sensorial de maciez. O estande também foi palco para o grande lançamento da Novachem: o Extracell Plex, um sistema biotecnológico inovador cuja principal função é melhorar a arquitetura capilar, e da apresentação do euxyl K 830, ativo premiado da Schulke.

    Combinação de jabuticaba e taninos extraídos da Tara (Caesalpinia spinosa), o JabuticaBelle, da Mibelle Group, foi a grande novidade da Volp. “É um produto de alta performance que tem várias funções, pois age do couro cabeludo até a ponta do cabelo”, disse Rogério Mancini, um dos porta-vozes da Volp. Ele citou ainda que testes comprovaram seu efeito calmante no couro cabeludo irritado, e protetivo da cor dos fios após sucessivas lavagens. “É um ativo barato e exige baixas concentrações de uso (de 0,5 a 2%)”, completou.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *