Alimentos e Bebidas

Gomas alimentícias – Alto desempenho e rótulos limpos

Renata Pachione
23 de junho de 2020
    -(reset)+

    Química e Derivados - Pelotas de goma acácia se formam nos ramos da árvore

    Pelotas de goma acácia se formam nos ramos da árvore

    Polímeros de origem natural apresentam alto desempenho e mantém rótulos limpos

    Química e Derivados - Suzan: crescem aplicações de mesclas de gomas naturais

    Suzan: crescem aplicações de mesclas de gomas naturais

    A oferta de uma solução de alto desempenho aliada ao apelo natural representa hoje o padrão ouro para a indústria de gomas alimentícias. Por isso, os fabricantes têm apostado na sinergia das combinações entre os ingredientes, de forma a agregar atributos únicos aos produtos e, assim, potencializar o seu desempenho. Trata-se de um desafio, mas não maior do que o de conter o impacto da sobrevalorização do dólar no custo dos alimentos e das bebidas, um dos efeitos da pandemia de Covid-19.

    Em sua maioria importados, os hidrocoloides, usualmente denominados gomas, são polímeros de cadeia longa e alto peso molecular utilizados amplamente pela indústria para modificar a reologia de alimentos e bebidas. Hoje, impulsionado pela pujante demanda por alimentação saudável no Brasil, o mercado de gomas, não por acaso, volta-se para os ingredientes que embutem o conceito clean label (rótulo limpo).

    Tendências – “A novidade se dá pelo perfil dos consumidores que estão, cada vez mais, bem informados e buscam um estilo de vida mais natural e saudável. Por isso, a grande tendência do mercado são as gomas provenientes de fontes naturais”, afirma Suzan Nessaif, diretora-comercial da Nexira.

    A goma acácia ilustra essa questão. O ingrediente vem substituindo o amido modificado em emulsões de aromas, tornando-as o mais próximo possível ao natural para serem incorporadas às formulações de alimentos e bebidas. Versátil, essa goma ganhou espaço como fonte de fibras dietéticas, pois aporta fibra solúvel de alta qualidade. Estudos científicos atestam seu efeito prebiótico como precursora de bem-estar e saúde imunológica, o que vai ao encontro das atuais exigências do consumidor.

    Química e Derivados - Andreia: Brasil investe pouco em inovação tecnológica

    Andreia: Brasil investe pouco em inovação tecnológica

    Outra tendência do setor é a promoção da sinergia entre os aditivos. Segundo Andreia Viana, gerente de nutrição da Química Anastácio, a fim de abastecer o mercado com inovações mais competitivas, há uma busca importante por novas tecnologias no universo das gomas. Como não há muita diferenciação na base das matérias-primas, o caminho encontrado foi desenvolver combinações entre os ingredientes.

    Suzan concorda com essa ideia. Para ela, as mesclas entre os ingredientes conferem características únicas e exclusivas, alcançando resultados específicos com melhor custo-benefício do aditivo. A novidade do portfólio da Nexira, empresa líder global em goma acácia, vai nessa direção. O Thixogum G foi pensado para explorar as funcionalidades estabilizantes e emulsificantes da goma acácia com a habilidade gelificante e de suspensão de sólidos da goma gelana. A proposta funcionou: essa sinergia possibilitou que o produto substituísse a combinação tradicional de emulsificante/estabilizante por ingredientes naturais na suspensão de matérias insolúveis em bebidas. “Ele permite que bebidas plant-based sejam desenvolvidas com ingredientes clean label e com sabor e textura atraentes, algo que as gomas sozinhas não alcançariam com tanto sucesso”, ressalta Suzan.

    Da mesma família, o Thixogum S, por sua vez, é mescla das gomas acácia e xantana. “A vantagem é que esse produto é solúvel a frio, facilitando a incorporação”, afirma Suzan. Essa associação combina as propriedades emulsificantes e estabilizantes da goma acácia com a propriedade espessante da goma xantana.



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. Aldemir Martins

      Parabéns pela materia, gostaria de receber mais conteudos, em especial sobre polimeros nateriais e a inovação em manter o microbioma natural humano.



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *