Gerenciamento de Resíduos Químicos: importância e etapas

Veja como a gestão de resíduos químicos podem reduzir o impacto ambiental e agregar valor a empresa

O gerenciamento de resíduos químicos é um procedimento fundamental realizado nas indústrias e laboratórios para a administração dos seus resíduos. Com uma gestão responsável das atividades é possível proteger o meio ambiente e a saúde humana contra os efeitos nocivos dos resíduos químicos. Veja a seguir a importância de implementá-lo em seu negócio!

Acesso Rápido no post

O que são resíduos químicos?
O que é gerenciamento de resíduos químicos?
Importância e vantagens da gestão dos resíduos químicos
Etapas para a realização do gerenciamento de resíduos químicos

O que são resíduos químicos?

Resíduos químicos nada mais do que substâncias que podem causar danos a organismos vivos ou ao meio ambiente. Dessa forma, é preciso que eles sejam separados, armazenados de forma correta e destinados ao ambiente preparado para recebê-los conforme suas características físico-químicas e periculosidade.

O que é gerenciamento de resíduos químicos?

Todos os dias, laboratórios e empresas de produção geram uma enorme quantidade de resíduos com potencial para ocasionar danos à saúde pública e ao meio ambiente caso não sejam descartados da maneira adequada. Mas, para que isso não ocorra existe o gerenciamento de resíduos químicos, isto é, um conjunto de medidas para cuidar dos rejeitos garantindo a preservação da vida e redução do impacto ambiental.

Engana-se quem pensa que gestão ambiental se relaciona apenas ao descarte correto dos materiais. Essa é uma das etapas envolvidas neste procedimento que vai da coleta a destinação final, além do monitoramento constante da área destinada aos resíduos.

A Lei n° 12.305/2010, que regulamenta a Política Nacional de Resíduos Sólidos, estabelece diretrizes relativas à gestão integrada e ao gerenciamento de resíduos sólidos.

O artigo 9º da lei 12.305/2010 dispõe que “Na gestão e gerenciamento de resíduos sólidos, deve ser observada a seguinte ordem de prioridade: não geração, redução, reutilização, reciclagem, tratamento dos resíduos sólidos e disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos”.

Importância e vantagens

A gestão destes resíduos vai de acordo com os princípios da Química Verde, um ramo da Química que visa diminuir ou eliminar o uso de substâncias que promovem poluição, bem como recuperar a qualidade do meio ambiente. Tem por um dos seus objetivos a redução dos materiais que são descartadas na natureza, ou seja, incentiva a correta gestão de resíduos químicos. Confira a seguir algumas das vantagens da adoção dessa política.

  • Redução de danos ao meio ambiente e à saúde pública. A gestão ecologicamente adequada de resíduos químicos impede a contaminação do solo, da água e a da disseminação de doenças.
  • Permite a identificação de falhas no processo de produção da empresa e contribui para a diminuição do desperdício, tanto do material consumido como do material gerado.
  • Surgimento de parcerias com outras empresas, por exemplo para venda do resíduo como matéria prima.
  • Valor agregado a empresa e aos produtos: empresas sustentáveis demonstram compromisso social e com o meio ambiente, sendo melhor recebidas pelo consumidor e setor. Além disso, têm maior potencial competitivo.
  • Recebimento de selos de qualidade, os quais também agregam valor à empresa.
  • Desenvolvimento sustentável, incluindo a preservação dos recursos para as gerações futuras.
  • Promove economia e consequentemente o lucro frente a todas as ações implementadas.
gerenciamento de resíduos químicos
gerenciamento de resíduos químicos

Etapas para sua realização 

O gerenciamento de resíduos químicos envolve diversas fases, como segregação, tratamento, armazenamento, transporte, destinação final. É importante que as empresas encontrem um equilíbrio entre a necessidade de geração de resíduos e o impacto ambiental.

Na segregação ocorre a separação dos resíduos no local da sua geração conforme as propriedades químicas, físicas e biológicas. Deve-se utilizar a norma NBR 10.004 para efetuar a classificação quanto a periculosidade.

O armazenamento, por sua, vez consiste no abrigo específico para o resíduo, já rotulado, até que seja retirado para tratamento por uma empresa especializada.

O transporte do resíduo necessita ser realizado em veículo especial para que seja garantida a segurança e evite-se acidentes.

É na destinação final que ocorre o descarte da maneira correta. A reciclagem pode ser viável em casos específicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios