Petróleo & Energia (gás, refino e gasolina)

Gases Industriais: Fusão aponta reorganização do mercado

Maroni J. Silva
11 de abril de 2019
    -(reset)+

    Com base nesse raciocínio, parece mais sensato trabalhar no fortalecimento e fidelização dos clientes via interação e atendimento, além de enfatizar a venda do que ele chama de produtos bem controlados, ou seja, em conformidade com as normas e certificações de qualidade e segurança vigentes.

    Quanto à interação com os clientes, explicou que a empresa pratica um tipo de atendimento individualizado. “Por exemplo, muitas vezes eu mesmo vou visitá-los a fim de analisar de perto suas necessidades. Com isso, nossas respostas são processadas rapidamente e alinhadas aos seus objetivos. Dessa forma, contribuímos para agilizar suas decisões”, explicou.

    Já os diferenciais da Air Liquide residem na confiabilidade, inovação e disponibilidade conforme sintetizou o diretor geral. “Ao comprar nossos produtos, os clientes podem ter a certeza de que serão bem atendidos, contando também com qualidade e uma cadeia de supply chain para suprir integralmente suas necessidades. E mesmo que optem por produtos em temperatura criogênica, alta pressão, inflamáveis ou oxidantes, os clientes serão atendidos também de forma segura”, afirmou Bassaneze.

    Para o diretor geral da companhia, o impacto mais aguardado pelos fabricantes de gases industriais, em suas operações, é o da estabilidade e do crescimento econômico. Espera-se principalmente, segundo ele, novos investimentos em setores como petroquímica, química, siderurgia, óleo e gás, papel e celulose e outros, na forma de projetos inovadores, capazes de permitir a instalação de novas usinas, ampliando a capacidade produtiva.

    Química e Derivados, Bassaneze: novas tecnologias de aplicação atraem clientes

    Bassaneze: novas tecnologias de aplicação atraem clientes

    Oliveira, diretor-presidente da IBG, concorda com isso, ao afirmar que, nos últimos anos, alguns segmentos da indústria brasileira, incluindo gases industriais, investiram em expansão de capacidades, mas ainda não obtiveram a devida contrapartida em termos de resultados econômicos. Com isso, o valor de mercado das empresas sofreu retração, inclusive motivada pela expectativa de baixa realização de Ebitda. O cenário tornou-se favorável, portanto, aos que têm dinheiro para comprar empresas e desfavorável aos que pretendem produzir e vender, segundo ele.



    Recomendamos também:








    Um Comentário


    1. Manoel de Souza

      Prezados, boa tarde!!!

      Sou Químico e trabalhei em Indústrias, tais como:
      – Nalco Produtos Químico Ltda;
      – Companhia Nitroquímica Brasileira;
      – GM General Motors do Brasil.
      Tenho vasto conhecimento e experiências nas áreas de Produção, Operação e Laboratório.
      Admiro muito as postagens dessa conceituada Empresa, vocês aceitariam um Curriculum meu???

      Atte, Manoel Contato: (11) 98774-2395



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *