Fontes renováveis de energia

Conheça as principais fontes renováveis de energia e a importância da sua adoção pelas indústrias para a preservação do meio ambiente

Com o foco na sustentabilidade, otimização de processos e responsabilidade ambiental, as indústrias químicas têm buscado, cada vez mais, as fontes renováveis de energia para o seu desenvolvimento, inclusive muitos investidores tem levado em conta os pilares da ESG para fazer uma análise de risco da empresa e aporte futuro de capital, o que reforça ainda mais a direção das indústrias neste sentido.

As fontes renováveis de energia, como a energia eólica e solar, vão na contramão das energias tradicionais, as que envolvem combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás), pois são consideradas energia limpa, inesgotáveis, constantemente reabastecidas e com pouco impacto ambiental.

São extremamente benéficas ao meio ambiente e a toda sociedade, uma vez que não produzem dióxido de carbono ou outros gases que causam o efeito estufa, responsável pela poluição do ambiente e por alterações climáticas.

O Brasil tem um grande potencial para a utilização de alternativas renováveis, visto que possui matéria-prima abundante e, portanto, pode contribuir com o mundo todo na diminuição da emissão de gases de efeito estufa. No entanto, encontra como obstáculo o armazenamento. Veja a matéria O desafio do armazenamento de energia renovável – ABEQ para entender melhor o momento em que estamos.

Acesso Rápido no post

O que é indústria química?
O que são fontes renováveis de energia
Quais são as principais energias renováveis?
Energia solar
Energia eólica
Energia hídrica ou hidroelétrica
Energia de biomassa

O que é indústria química?

Antes de nos aprofundarmos sobre as fontes renováveis de energia é importante saber o conceito de indústria química. Em linhas gerais, podemos dizer que ela é a indústria das indústrias, ou seja, um setor importantíssimo para a economia que é responsável pela produção de matérias-primas e o desenvolvimento de soluções para os mais diferentes mercados.

Dessa forma, a indústria química engloba todas as empresas que produzem produtos químicos, como petroquímicos, agroquímicos, produtos farmacêuticos, farmoquímicos, polímeros, tintas, vernizes, esmaltes, fertilizante, cosmético, produtos de limpeza, produtos de higiene pessoal, perfumaria, resinas, fibras, entre outros.

Agora vamos conhecer as principais fontes renováveis de energia, que aparecem como alternativas para a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento de uma indústria sustentável.

Fontes renováveis de energia são alternativas para uma indústria sustentável e um planeta saudável.

O que são fontes renováveis de energia

As fontes de energia renováveis são formas de produção de energia que possuem recursos que não se esgotam, ou seja, que seus recursos se renovam constantemente. Também são consideradas energias limpas, pois emitem menos gases de efeito estufa.

São exemplos de fontes renováveis de energia:

  • Energia solar (energia do sol)
  • Energia eólica (energia dos ventos)
  • Energia hídrica (energia dos rios)
  • Biomassa (energia da matéria orgânica)
  • Geotérmica (energia do interior da terá)
  • Energia oceânica (energia das ondas e das marés)

Quais são as principais energias renováveis?

Energia solar

Trata-se de uma das fontes renováveis de energia, inesgotável, muito potente e não poluente. Sua geração ocorre pelo aproveitamento da radiação emitida pelo sol sobre a terra. Pode ser utilizada de duas maneiras:

Fotovoltaica:
em que as placas solares convertem a radiação do sol em energia elétrica.
Termoelétrica: em que há o aquecimento da água pelo sol e sua conversão em vapor para que a partir da movimentação das turbinas, os geradores sejam acionados e criem energia elétrica.

Energia eólica

Também se trata de uma fonte de energia inesgotável e não poluente, uma vez que é obtida pela força dos ventos.
A geração de energia eólica conta com enormes cata-ventos que ao girarem suas hélices movem as turbinas e, dessa forma, acionam os geradores, criando energia elétrica.

São muito utilizados em locais onde a movimentação das massas de ar é intensa e constante durante uma boa parte do ano.

Apresentam como desafios a inconstância do vento e a dificuldade de armazenamento da energia produzida.

De acordo com o Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), o Brasil é líder nos últimos 10 anos quanto ao crescimento de energia eólica na América do Sul.

Energia hídrica ou hidroelétrica

Na energia hídrica temos o movimento das águas para a produção de energia elétrica.

Frente as termoelétricas movidas a combustíveis fósseis, a energia hidroelétrica é considerada limpa, ou seja, bem menos poluente, no entanto, por outro lado, recebe críticas com relação a construção das hidrelétricas que causam uma série de impactos ambientais e sociais, como inundação da área natural e desvio do leito do rio; emissão de dióxido de carbono pela decomposição da matéria orgânica que se forma nas áreas alagadas; entre outros.

A energia hidroelétrica ainda é a energia mais utilizada no Brasil, correspondente a em torno de 60% do total de energias, incluindo as renováveis e não renováveis.

Energia de biomassa

A biomassa é outra fonte renovável que envolve matérias-primas mais baratas e menos poluente. Neste conceito está compreendida qualquer matéria orgânica não fóssil. A geração de energia ocorre por meio da queima.

Há 3 tipos de biomassa usados como fonte de energia:

a) biomassa sólida (combustível sólido):

carvão vegetal, madeira, restos orgânicos de animais e vegetais.

b) biomassa líquida (combustível líquido):

biodiesel, etanol ou qualquer outro líquido obtido pela transformação do material orgânico por meio de processos biológicos ou químicos.

c) biomassa gasosa (combustível gasoso):

aquela que resultam da transformação industrial ou da transformação natural de restos orgânicos. Exemplo: o biogás é um gás metano derivado da decomposição de materiais como resíduos alimentares, esgoto, entre outros.

De acordo com os dados divulgados pelo Ministério de Minas e Energia no início de 2020, a biomassa representa em torno de 9% do total das energias utilizadas pelo Brasil.

Como encontrar fornecedores de produtos químicos?

Os principais fornecedores de produtos químicos estão no Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

Veja como é fácil e rápido encontrar as empresas que você precisa. Comece agora a realizar consultas e orçamentos diretamente com as empresas.

Precisa de um orçamento? Clique e preencha o formulário abaixo






    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Adblock detectado

    Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios