Equipamentos e Máquinas Industriais

FITMA – Feira do ambiente ganha projeção internacional

Rose de Moraes
25 de maio de 2003
    -(reset)+

    Química e Derivados: Fitma: . HOMIS

    Exibe o modelo 821 (foto) do termômetro digital compacto, desenvolvido para atender ampla faixa de medição. Com dois canais de entrada, o equipamento possibilita 25 mil contagens, possui alarme programável com sinal sonoro e permite a seleção do tipo de termopar (K,J, E, T, R, S e N), operando em escala de temperatura entre -210ºC a 176ºC (-346º F a 3212ºF).

    METALCOATING

    Especializada em tecnologias para pintura e revestimentos em pó, com o emprego de epóxi, poliéster, PE, PP, entre outros, a Metalcoating atua em saneamento e em vários setores como mineração, alimentício, automobilístico, elétrico, petrolífero, químico, petroquímico, mecânico e têxtil. Em revestimentos em pó de tubos e conexões, promovidos interna e/ou externamente, a empresa atua com diâmetros de 114 mm a 1000 mm e comprimentos até 6 m, por processo eletrostático, envolvendo pulverização a quente e imersão em leito fluidizado.

    NIVETEC

    A empresa leva à exposição o multicontrolador da série 8900, fabricado pela +GF+ Signet, desenvolvido com conceito modular, para oferecer flexibilidade nas medições e indicações de variáveis de processo. O equipamento pode possuir até quatro entradas para sensores de vazão, nível, pH, ORP, condutividade, pressão ou temperatura, permitindo ligações elétricas em ponto-a-ponto, em série, em multi-drop, e em suas combinações. A alimentação elétrica do instrumento pode ser feita tanto através de tensão CA, como CC. As saídas podem ser analógicas, de 4-20 mA e/ou 0-5/10 V, até o limite de quatro, ou discretas, envolvendo até quatro relés, em estado sólido no próprio controlador. O equipamento ainda permite o acoplamento de módulos externos adicionais de saída, contendo relés ou sistema analógico de 4-20 mA ou 0-5/10 V. Sua montagem é feita em painel e a configuração do controlador é simples e rápida, efetuada por meio do teclado frontal, com o auxílio de menus, podendo ainda receber alterações.

    PIERALISI

    A empresa lança no mercado brasileiro o secador térmico de lodo. Fabricado na Espanha, o equipamento do tipo rotativo já encontra ampla aplicação na Europa. É composto de queimador multicombustível, capaz de operar com combustíveis gasosos, líquidos ou sólidos, câmara de combustão, pré-câmara para alimentação do produto sob secagem, sistema de segurança, tambor secador do tipo rotativo e com circuito múltiplo, incluindo ciclone para eliminação de resíduos sólidos gerados pelos gases na saída do tambor do secador, exaustor e chaminé, além de painéis elétricos de comando local, providos de total sistema de proteção. Os benefícios decorrentes da instalação destes secadores serão relatados, em maiores detalhes no estande, com um estudo de caso em fábrica de fertilizante.

    Na exposição também será apresentado o adensador dinâmico Scrudrain, composto por tela filtrante em poliéster que envolve o helicóide, formando um tambor. Não sujeita à tração, a tela filtrante tem maior durabilidade e o conjunto cilindro/rosca, atuando em baixa velocidade, de 6 rpm a 30 rpm, não gera força centrífuga, ficando o lodo adensado na parte inferior do cilindro horizontal. Entre outros diferenciais, o equipamento é fornecido totalmente montado e testado, com quadro elétrico, bomba de lavagem e todos os acessórios necessários ao seu funcionamento.

    PLASTISUL

    O público poderá conferir no estande as características físico-químicas e a resistência mecânica oferecidas pelas geomembranas Trigeo. Fabricadas em polietileno de alta densidade e ensaiadas de acordo com normas internacionais, elas apresentam estabilidade térmica aos raios solares e são atóxicas, permitindo aplicações em reservatórios de água, tanques de piscicultura, canais de irrigação, esterqueiras, lagoas de contenção, revestimentos de silos, impermeabilização de estruturas de concreto, coberturas de tanques, aterros sanitários, pilhas de lixiviação e revestimentos de adutoras.

    Química e Derivados: Fitma: Sistema para reabilitação de dutos.

    Sistema para reabilitação de dutos.

    RUST

    O sistema Residuto de reabilitação de dutos será apresentado ao público da feira pela Rust Engenharia e Resinar Materiais Compostos, ambas especializadas em tecnologias de revestimentos anticorrosivos, eleitas pela Petrobrás para desenvolver sistema de reabilitação de dutos em material compósito, projeto que contou com a participação de centros de pesquisa, como Cenpes, PUC-RJ e Coppe. Após dois anos de pesquisas e testes, chegou-se a uma composição com excelente desempenho técnico, superando as propriedades de pressão hidrostática e aderência apresentadas por outras soluções, e sem provocar agressões ao meio ambiente. Várias aplicações foram e ainda estão sendo realizadas em diversos dutos instalados em Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo, com o monitoramento do desempenho do sistema ao longo do tempo, inclusive para poder atender a outros segmentos, como o de saneamento básico.

    SCHMITZ

    A empresa de consultoria divulga tecnologias para o meio ambiente e equipamentos para tratamento de águas residuais, ar, resíduos sólidos, entre outros, desenvolvidos pela Grünbeck Wasseraufbereitung, sediada na Alemanha, sua representada. Na Fitma Aquatech o público terá a oportunidade de conhecer sistema compacto de osmose reversa, o geno-osmo-msr, uma alternativa à tradicional desinfecção de água potável por cloro, viabilizada por processo UV, além do processo Geno-Break, para combate à legionella em instalações públicas de abastecimento de água aquecida.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *