Meio Ambiente (água, ar e solo)

Fitabes – Feira leva novidades ao setor

Rose de Moraes
19 de agosto de 2007
    -(reset)+

    GRUNDFOS

    Química e Derivados, Fitabes - Feira leva novidades ao setor

    Modelos de bombas dosadoras

    Sistemas de pressurização de águas, vários tipos de bomba e um sistema alternativo (SQ Flex) para fornecimento de água, movido por baterias ou geradores e também pela combinação das energias eólica e solar, ou tendo cada uma delas por fonte, compõem alguns dos destaques. A diversidade em bombas inclui sistemas em monoestágio (NK), para ampla linha de motores, sistemas verticais in-line centrífugos em multiestágio (CR) e sistemas para dosagem e desinfecção Alldos, com velocidade de sucção ajustável e ampla faixa de calibração, para pequenas e grandes quantidades. Em matéria de bombas submersíveis portáteis, a versatilidade nas aplicações também é ampla. As Unilift KP e Unilift AP em aço inox podem ser destinadas a drenagens de fossas e captações de águas limpas ou de despejo provenientes de esgotos, sanitários, duchas e máquinas de lavar. O sistema de pressurização de águas limpas, para uso em indústrias, hospitais, hotéis, escolas, condomínios, dispensa a construção de casa de bombas e de caixas-d’água elevadas, e apresenta o menor consumo de energia oferecido ao mercado.

    HIDRAULIS

    O fabricante de filtros e equipamentos para análise e tratamento de águas promoverá um sistema inédito para captação e uso de águas de chuva. Utilizando telhados e calhas para captação, esse sistema é composto por caixa separadora de folhas, clorador tendo por função clorar e manter as águas livres de bactérias e microrganismos, em atendimento às normas vigentes, e também por filtro para a retirada de partículas até 25 micras.

    KOCH

    O fabricante de membranas de filtração e produtos para separação, reconhecido internacionalmente, exibe membranas de osmose reversa para aplicações industriais de tratamento de água, elementos espirais de osmose inversa e para nanofiltração, além de cartuchos de membrana de fibras ocas para ultrafiltração e módulos tubulares. Os elementos espirais de osmose inversa MegaMagnum, com diâmetros de18 polegadas(46 cm), foram projetados para tratamento de águas salobras ou para reúso, propiciando significativas reduções nos custos de instalação de sistemas de osmose reversa de média e grande escalas. Já os cartuchos para ultrafiltração de fibras ocas, com10 polegadas(27 cm) de diâmetro, são considerados bem mais eficientes do que os cartuchos convencionais porque, em razão do maior fluxo, têm capacidade para tratar 60% a mais de água, o que resulta em significativa economia de custos. Os módulos tubulares, por sua vez, apresentam maior densidade de empacotamento e requerem menor consumo de energia do que as membranas tubulares convencionais. Suas membranas, também usadas em tubos e módulos, são compatíveis com a maior parte das correntes industriais de efluentes e servem especialmente para tratar efluentes oleosos e com hidróxidos metálicos.

    PRODUQUÍMICA

    Química e Derivados, Fitabes - Feira leva novidades ao setor

    Elemento filtrante para osmose reversa pode tratar água salobra

    A ampla linha de produtos para tratamento de águas em destaque na mostra – polímeros, poliaminas, policloreto de alumínio, sulfato de alumínio, fluorsilicato de sódio, cloro, soda, hipoclorito de sódio, sulfato de cobre, permanganato de potássio, meio filtrante e antiespumante – é fruto das mais recentes aquisições e dos novos desenvolvimentos tecnológicos realizados por essa empresa. No bojo das aquisições estão a Adesol, adquirida em 2006, e a Acritec, fabricante de polímeros, de São José dos Campos-SP e Igarassu, planta de cloro/soda, instalada em Igarassu-PE, ambas adquiridas neste ano, e que oferecem maior abrangência à sua atuação nas áreas de oxidação, floculação, coagulação, filtração e aditivação.

    SIGMA

    O fabricante de equipamentos para tratamento de águas para consumo humano e para usos industriais destaca várias linhas de produtos, compostas por aeradores, grades mecanizadas, misturadores, floculadores, removedores de lodo, bombas dosadoras, peneiras, comportas, módulos de decantação, crepinas, calhas Parshall, cloradores, estações de tratamento de águas e esgotos convencionais, compactas e pressurizadas, filtros, além de colunas abrandadoras e desmineralizadoras.

    SOVEREIGN BRASIL

    Química e Derivados, Fitabes - Feira leva novidades ao setor

    Medidor de oxigênio por LDO

    A nova e mais avançada tecnologia para medida óptica de oxigênio dissolvido em água, conhecida por Luminescent Dissolved Oxygen (LDO), é evidenciada nesse estande. Mais vantajosa do que o método eletroquímico tradicional, a LDO propicia eliminar as substituições de membranas e polimentos do anodo e diminuir drasticamente a periodicidade das calibrações, oferecendo aos seus usuários alta velocidade no tempo de resposta de resultados e maior resistência e durabilidade para a sonda.

    WW FILTROS

    Química e Derivados, Fitabes - Feira leva novidades ao setor

    Microfiltro vai de 30 a 400 mesh

    O fabricante de peneiras para tratamento de esgotos, efluentes industriais e filtros para captação de águas, com unidades no Brasil, Argentina e Chile, apresenta novo microfiltro ao visitante da Fitabes. Trata-se do MRT, com grau de filtragem abrangendo desde 30 mesh até 400 mesh, vazão de 10 l/s até 5 mil l/s, sistema automático de limpeza do elemento filtrante e filtragem com painéis intercambiáveis, recomendado para várias aplicações, como recuperação de águas tratadas, piscicultura e purificação de águas.

     

    Leia a reportagem principal:



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *