Comércio e Distribuição de Produtos Químicos e Especialidades

Filtros solares: Opções químicas e físicas para proteger a pele contra o sol

Quimica e Derivados
11 de dezembro de 2014
    -(reset)+

    luz visível de alta energia, que estimula a formação de novos radicais livres, são uma demanda enorme por parte dos consumidores”, comenta. Ela diz ainda a procura por filtros de uso diário com pigmentos (os famosos BB, CC e DD creams) que já fazem parte do dia a dia do consumidor brasileiro é crescente: “Os apelos sensoriais e de facilidade de aplicação darão o tom para os próximos verões”, finaliza.

    Química e Derivados, Tabela: Curvas de absorção de filtros UV da BASFDistribuição ativa – A D´Altomare, conhecida distribuidora de produtos químicos com forte atuação nos segmentos cosméticos e farmacêutico oferece ao mercado uma ampla gama de filtros solares, tais como filtros orgânicos inovadores de alto desempenho UVA e UVB; filtros inorgânicos micronizados e revestidos que garantem benefícios sensoriais e aplicação eficiente. “A busca por soluções completas para o cuidado da pele popularizou a incorporação de filtros solares em cosméticos de uso diário. É comum encontrar no mercado a oferta de produtos anti-idade, hidratantes faciais, corporais e maquiagem com fator de proteção solar, com textura e sensorial sendo os grandes diferenciais competitivo destes produtos. O consumidor brasileiro valoriza formulações leves, que secam rápido sem deixar resíduo oleoso, garantindo uma sensação agradável e ampliando o tempo de contato do protetor com a pele”, comenta Julio Eduardo Bombonati Bernardes, do marketing da área de Life Sciences da distribuidora.

    Segundo ele, os ingredientes são de fácil formulação, consumindo pouco tempo no misturador. “Os emulsionantes contribuem para a estabilidade, aparência e sensorial do produto final. A escolha correta desse ingrediente pode proporcionar uma formulação mais leve ou mais oleosa, e oferecer ganhos nos processos de desenvolvimento e fabricação, economia de energia e tempo, por exemplo. Já os ésteres orgânicos são responsáveis pela solubilização dos filtros solares orgânicos e dispersão dos filtros solares inorgânicos, podendo interferir positivamente ou negativamente no desempenho destes e no sensorial e espalhabilidade dos produtos acabados. A combinação de ésteres é uma opção interessante para se alcançar o sensorial desejado pelo consumidor final”, ensina Bernardes, acrescentando que filtros solares conferem proteção contra os raios UVB e UVA, enquanto produtos de última geração são mais eficientes e, portanto, utilizados em menor concentração, contribuindo no sensorial dos produtos finais.

    O executivo da D´Altomare confirma que também permanece a tendência de filtros UVA/UVB associados a componentes tais como extratos, óleos vegetais, fragrâncias, entre outros. “A febre de produtos multifuncionais e a fusão das categorias de cosméticos são a prova de que esta tendência continua influenciando nosso mercado. A D’Altomare possui ingredientes ativos, silicones, emolientes e emulsionantes para auxiliar os formuladores a desenvolver produtos adequados ao público brasileiro e oferecer benefícios adicionais, tais como: efeito óptico, soft focus, hidratação e suavidade prolongada, controle da oleosidade, etc.”

    No que se refere aos filtros solares, Bernardes avalia que eles se tornaram mais eficientes, inclusive no combate ao envelhecimento da pele, com o desenvolvimento de novas matérias-primas e suas misturas. “Sabemos que uma das principais causas do envelhecimento cutâneo é a radiação UV, pois é fonte geradora de radicais livres. A radiação UVB, de ação superficial, porém de maior intensidade energética, tem ação eritematógena e causa dano direto ao DNA, enquanto a radiação UVA penetra profundamente na pele, causando danos indiretos ao DNA e acelerando a degradação das macromoléculas estruturais. Na cidade, a exposição direta ao sol é minimizada, mas a radiação UVA é capaz de atravessar janelas e vidros atingindo as pessoas. Neste caso, seria a recomendação atual, 1/3 do FPS destinado à proteção UVA, suficiente para evitar o foto envelhecimento?”, indaga. Os dermatologistas recomendam a proteção mínima diária de FPS 30 e enfatizam a necessidade da proteção UVA. Ele acredita que, em breve, um possível diferencial da categoria de protetores seja o nível elevado de proteção UVA, consequentemente prevenção do envelhecimento cutâneo, tanto que já é possível encontrar produtos com índice de proteção UVA superior a um terço do FPS. “As indústrias de cosméticos devem estar preparadas para aproveitar a tendência de foto-proteção indoor que está chegando”, conclui.

    Prevenção – Fernando Malanconi, supervisor de vendas para cosméticos da Química Anastácio, que ampliou sua oferta de filtros químicos orgânicos com absorvedores de raios UVA e UVB, revela as novidades disponíveis na distribuidora. “Em 2014, a Química Anastácio introduziu mais duas moléculas ao portfólio de filtros orgânicos. Apesar dos filtros inorgânicos terem avançado nos últimos anos, principalmente no que se refere à transparência, os orgânicos são mais ativos na fotoproteção. Com uma combinação de três ou quatro moléculas diferentes, é possível formular filtro com altos FPS e proteção UVA”.

    Segundo Malanconi, os ingredientes que compõem esses filtros são de fácil formulação, uma vez que não há mudança no processo de mistura e de produção, porém destaca o que estabelece a resolução da Anvisa. “Na RDC nº 30, o FPS mínimo declarado passa a ser 6 e há uma exigência maior na proteção UVA, que deve ter valor equivalente a um terço do FPS, garantindo ao consumidor uma proteção de amplo espectro”, disse.

    O supervisor de vendas da Química Anastácio também confirma, como os demais, a tendência de mercado para os filtros solares. “Mais que fatores de proteção altos (FPS), há uma tendência à prevenção do envelhecimento precoce da pele, adicionando aos filtros para UVA/UVB, proteção contra raios infravermelhos (IV) e antioxidantes; também temos visto como tendência, a introdução de novos produtos para uso diário, maquiagens e produtos multifuncionais agregados com fator de proteção solar”, completa.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *