Tintas e Revestimentos

FEITINTAS 2000 – Feira prepara setor para o futuro

Quimica e Derivados
1 de agosto de 2000
    -(reset)+

    Química e Derivados: Feitintas: Chamma vendas ficam cada vez mais técnicas no setor de tintas.

    Chamma vendas ficam cada vez mais técnicas no setor de tintas.

    A venda de produtos para o setor de tintas assumiu característica eminentemente técnica, exigindo alta qualificação profissional. “Tínhamos assessores técnicos de vendas, que agora estão sendo qualificados como consultores”, comentou o gerente nacional de vendas da ICQ, João Miguel Thomé Chamma. Tanto a equipe de vendas externa como a interna (telemarketing) está sendo treinada para identificar as necessidades dos clientes, tanto em produtos como em serviços, como transferência de tecnologia e no campo ambiental. A formação do pessoal está a cargo da Escola Ipiranga, onde se ensina química básica e até como formular e fabricar tintas, ou por meio de cursos específicos promovidos pela Abrafati.

    Para coordenar a unidade de negócios de tintas, adesivos e construção civil, a empresa indicou Vanio Nunes Oleiro, que passou anos na Refinaria Ipiranga, no Rio Grande do Sul, desenvolvendo ceras e naftas especiais, tendo sido coordenador da ICQ para a região Sul, cargo extinto com o abandono da idéia de atendimento regionalizado. “Contamos com mais de 15 pessoas na unidade de negócio, alguns com mais de 20 anos de vivência no setor”, comentou.

    Os principais lançamentos e linhas de produtos dos expositores da Feitintas, tanto de tintas como de produtos químicos, equipamentos e serviços, são apresentados a seguir, elaborados com base nas informações fornecidas pelas próprias empresas em resposta ao pedido formulado pela redação de Química e Derivados.

    O que pinta de novo na Feira

    ALCOQUÍMICA

    Química e Derivados: Feitintas: Linha de solventes e thiners.

    Linha de solventes e thiners.

    Com fábrica em Monte Santo de Minas-MG, e escritório de vendas em São Paulo, a Alcoquímica produz solventes, thinners e aguarrás de alta qualidade, para aplicações de preparo de superfícies (remoção de graxas, óleos e pinturas protetivas), retardantes de cura, modificadores de viscosidade, para resinas nitrocelulósicas, alquídicas, acrílicas, metálicas e sintéticas.

    A escolha correta do solvente ou do diluente adequado para cada tipo de tinta e aplicação garante a qualidade da pintura. Além desses produtos, a empresa revende álcoois (etílico, butílico e amílico) acetatos de etila e butila, benzeno, toluol, xilol, MIBK e outros.

    AMERBRÁS

    Indústria nacional instalada em Guarulhos-SP e especializada em tintas anticorrosivas industriais, a Amerbrás vai divulgar na Feitintas o Amerguard 301, tinta epóxi base água com alta resistência química, o Amerguard 302, de mesma base, porém com secagem rápida, além da Amerthane, tinta feita de poliuretano alifático para aplicação sobre superfícies galvanizadas. Completa a participação o Amermastic 2100 SR, epóxi com alto teor de sólidos e elevada espessura, para secagem rápida.

    ANJO QUÍMICA

    Química e Derivados: Feitintas: Massa poliéster para repintura.

    Massa poliéster para repintura.

    Lança a linha de esmaltes sintéticos para o setor agroindustrial, voltada para a pintura de implementos agrícolas, máquinas industriais, carrocerias, tratores e peças metálicas em geral, tendo por base resinas alquídicas de excelente flexibilidade, resistência ao intemperismo, secagem rápida e alto brilho. A linha pode ser aplicada com pistola de ar ou pincéis.

    Na área automotiva, a Anjo Química apresenta a linha light de massas plástica e poliéster, usadas para a correção e nivelamento de superfícies, com aplicação fácil e excelente lixabilidade, com elevada aderência ao substrato, facilitando o trabalho dos pintores. Fundada em 1986, com sede e parque fabril em Criciúma-SC, a empresa atua com filiais em Cahoeirinha-RS, São Paulo e Goiânia-GO, esta recém-inaugurada, voltada para o atendimento aos clientes das regiões Norte e Centro-Oeste. Em agosto a empresa inaugurou o moderno Centro Tecnológico Anjo, com o objetivo de desenvolver produtos e treinar profissionais de repintura automotiva.

    ARCOM / DEVILBISS

    Vai lançar na Feitintas a pistola Devilbiss GTI-600-G, com caneca plástica para 600 ml e capa de ar 100, que possibilita excelente atomização da tinta, espalhada com leque mais amplo e maior vazão, aumentando a produtividade da pintura e permitindo economia no consumo de ar. Ao lado da novidade serão exibidos os produtos tradicionais da empresa, como pistolas convencionais e as de alta vazão e baixa pressão (HVLP), além de equipamentos para pintura eletrostática. A empresa fabrica linha de conexões feitas de latão, que aplica nos sistemas que monta com compressores de ar, filtros, filtros/reguladores, mangueiras, engates rápidos e outros acessórios.

    BANDEIRANTE QUÍMICA

    Laureada nos últimos três anos pelos fabricantes de tintas com o Prêmio Sitivesp como o melhor fornecedor de produtos químicos e solventes do setor, a empresa participa da feira com a intenção de reforçar seu compromisso de atendimento qualificado aos clientes. Na ocasião, a Bandeirante vai apresentar o Strimix, removedor de tintas feito com dimetilsulfóxido (DMSO), produto ecológico fabricado pela Atofina francesa, que será distribuído para revendedores de todo o País, nos tipos profissional e para uso doméstico. Neste último caso, o produto apresentará odor de pinho, agradável para o usuário. O removedor facilita o preparo de superfícies metálicas ou de madeira para pintura posterior, eliminando camadas de esmaltes ou vernizes anteriormente aplicadas.

    Neste ano a empresa reforçou sua atuação com os aditivos especiais fabricados pela BYK Chemie, além de iniciar negócios com as ceras da BYK Gardner.

    Novidade importante é a entrada da Bandeirante no fornecimento de equipamentos e sistemas completos para a fabricação de tintas, representando a espanhola Oliver&Battle. Segundo o diretor de marketing Carlos Fernando de Abreu, a representada atende desde pequenos até grandes produtores de tintas, dispondo de linha completa de máquinas, além de elaborar projetos de fábricas inteiras. Atualmente, os clientes de menor porte demandam mais equipamentos para envase automático com controle gravimétrico para massas e produtos viscosos.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *