Cosméticos, Perfumaria e Higiene Pessoal

FCE Cosmetique & Pharma – Fornecedores de insumos mostram inovações com produtos acabados

Rose de Moraes
15 de junho de 2012
    -(reset)+

    Totalmente pronta para uso, a nova tecnologia Prosolv Easy Tab é formada por excipientes coprocessados de celulose microcristalina, dióxido de silício coloidal e amido glicolato de sódio, além de estearil fumareto de sódio, cujo uso pode gerar grande economia para as indústrias, seja em misturadores, armazenagem e/ou pesagem, além de acelerar os ganhos para a produção, tornando-se extremamente compensador na fabricação de comprimidos oncológicos e hormonais, ao oferecer maior segurança aos manipuladores.

    química e derivados, fce cosmetique, fce pharma, Almir Ribeiro, diretor de lifescience da quantiQ

    Ribeiro: focus em ativos multifuncionais e vegetais

    “Nossas novidades despertam grande interesse entre as indústrias e o nosso objetivo é seguir construindo relacionamentos com os milhares de compradores, comerciantes e técnicos que nos visitam em todas as edições das feiras”, comentou Almir Ribeiro, diretor de lifescience da quantiQ.

    A empresa também comemorou os dez anos de atividades da unidade de negócios voltada ao setor cosmético, destacando ao público ativos multifuncionais de origem vegetal para uso em formulações capilares e que penetram nos fios, protegendo-os das microlesões causadas pelas escovações.

    Para formulações cosméticas faciais, a maior novidade ficou por conta do ativo Progeline, um peptídeo de alta tecnologia que oferece uma nova abordagem ao envelhecimento da pele, modulando a progerina, marcador do envelhecimento que reduz o surgimento de rugas e de flacidez, atuando como remodelador facial. O reconhecimento científico do Progeline levou esse ativo a conquistar o Prêmio de Inovação na última In Cosmetics, realizada em Barcelona, na Espanha, em abril de 2012.

    Bálsamos de beleza – Depois do grande sucesso alcançado pelos primers, chegou a vez dos BB Creams, também conhecidos como Blemish Balms ou Beauty Balms, brilharem no universo das maquiagens. Os BB Creams, ou melhor, os bálsamos de beleza, já começam a ser introduzidos no mercado brasileiro como a mais recente inovação em maquiagens para o rosto. Apresentados no estande da Kobo Brazil, os BB Creams, de acordo com a gerente de vendas Isabella Borges Rathol, são considerados excepcionais em virtude de sua multifuncionalidade: deixam a pele perfeita, corrigem imperfeições, melhoram a textura, disfarçam as linhas de expressão, promovem efeito mate, oferecem FPS igual ou superior a 30, e também proteção UVA, podendo agregar pigmentos tratados e ativos rejuvenescedores para a firmeza e hidratação da pele, e ativos antirrugas, todos reunidos num só produto.

    química e derivados, fce cosmetique, fce pharma, Isabella Borges Rathol, Kobo Brazi

    Isabella destacou bálsamos de beleza para maquiagens

    O conceito dos BB Creams surgiu no mercado asiático, espalhando-se rapidamente pela Europa e Estados Unidos. “Os pigmentos tratados, além do ótimo sensorial, promovem efeito long-lasting, e os pigmentos da linha FS (perfluoro-octil-trietoxisilano), em lançamento, garantem efeito lipofóbico e hidrofóbico, ou seja, repelem a água da transpiração e a oleosidade, permitindo maquiagens de longa duração”, explicou Isabella.

    “Como o BB Cream deve ter textura leve e sedosa, o ideal é trabalhar apenas com filtros físicos e, por isso, apresentamos diversas sugestões de dispersões de TiO2 e ZnO de alta performance e estabilizadas. Aliado aos filtros físicos, o grande lançamento da feira foi Sunboost – ATB, um blend de óleo de Argan, tocoferol e bisabolol, que potencializa em até 30% o FPS, comprovado cientificamente”, informou Isabella.

    Oleossomas do açafrão – Outras grandes novidades apresentadas na FCE Cosmetique deste ano vieram do Canadá. São oleossomas orgânicos, desenvolvidos pela Botaneco, e que estarão ao acesso do mercado cosmético brasileiro por intermédio da Dinaco, seu representante exclusivo. Um dos méritos da empresa canadense foi desenvolver o processo de extração mecânica por centrifugação, capaz de isolar os oleossomas de qualquer semente de planta, sem o uso de solventes químicos.

    Alguns ingredientes apresentados em oleossomas na exposição eram derivados de açafrão e de amêndoas-doces. “Os oleossomas derivados de açafrão oferecem benefícios para emulsões e protetores solares, reduzindo a concentração de filtros físicos e químicos em até dez vezes”, destacou Wilza Teles, coordenadora de novos negócios da Dinaco.

    química e derivados, fce cosmetique, fce pharma, Wilza Teles, coordenadora de novos negócios da Dinaco

    Wilza: oleossomas reduzem concentração de emulsões

    Os oleossomas, segundo Wilza, são estruturas encontradas naturalmente em todos os óleos de sementes e que atuam como depósitos naturais de energia, a ser consumida pelas sementes até a germinação. “Consistem em microesferas, com óleos emolientes provenientes de vegetais envoltos por uma membrana fosfolipídica e por uma cobertura de proteínas, isoladas em dispersões aquosas por um processo patenteado de fabricação chemical-free, podendo as microesferas encapsular diversas substâncias como fragrâncias e filtros solares para uma liberação gradual e prolongada”, explicou.

    Outra novidade comemorada durante a feira foi a parceria firmada entre a Dinaco e a Assessa, empresa especializada no desenvolvimento e na produção de ingredientes bioativos para cuidados pessoais. Utilizando matérias-primas de origem totalmente botânica, a empresa oferece ampla variedade de bioativos de algas marinhas, frutos, sementes, brotos e flores.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *