Farmacêutico e Biotecnologia

FCE Cosmetique 2017 – Prévia: Em novo endereço, exposição reforça área de inovação tecnológica e o atendimento aos visitantes

Hamilton Almeida
21 de maio de 2017
    -(reset)+

    Pelos estudos da Factor Kline, empresa de consultoria e pesquisa, o mercado de produtos naturais não para de crescer no Brasil e no mundo. Em 2016, houve um aumento de 9% nos Estados Unidos e de 8% no Reino Unido. O maior crescimento foi na área de cuidados com a pele. Os dois países são referência mundial, lançando tendências e servindo como espelho de mercado.

    Ainda na ótica da Factor Kline, o movimento natural e sustentável deixou de ser uma onda passageira e, com o passar dos anos, mostrou força. A pequena onda se tornou um tsunami, com clientes cada vez mais exigentes e conscientes de sua compra. E, assim, a indústria cosmética precisou se adaptar às mudanças de mercado e desenvolver produtos com qualidade e eficiência.

    As previsões para o segmento são otimistas e mostram um grande potencial a ser explorado, com mais inovação, tecnologia e soluções anti-idade. A tendência é que a concorrência entre as indústrias aumente. As projeções indicam crescimento de um dígito durante os próximos cinco anos. As marcas “verdadeiramente naturais” crescerão em um ritmo mais rápido do que as de produtos “inspirados na natureza”, acentua estudo da Natural Personal Care Global Series.

    As 20 maiores empresas de beleza e cuidados pessoais contribuíram com 27% das vendas globais em 2015, um declínio de 1% em relação a 2010. Embora pequena, a cifra representa muito em valor de vendas. Pelos dados da Euromonitor International, empresa de pesquisa que monitora o setor de beleza em 80 países, somente cinco dessas marcas são consideradas premium.

    As oportunidades para as marcas de nicho estão crescendo. Elas se destacam ao adotar estratégias associadas a tendências proeminentes, como a busca por estilo de vida, autenticidade e ingredientes naturais. Por meio dos influenciadores digitais, essas marcas são capazes de interceptar as exigências menos visíveis do consumidor. Embora haja um custo associado às inovações, há também um grande número de consumidores, principalmente entre jovens profissionais, dispostos a pagar por isso.

    Um exemplo de uma alternativa de tecnologia premium que está impulsionando o mercado de nicho é o uso de probióticos – microrganismos vivos já conhecidos no setor de alimentos – na indústria de beleza com o objetivo de restaurar o equilíbrio natural da pele.

    Os estudos da Euromonitor indicam também que o mercado brasileiro de cuidados pessoais para homens só tende a crescer. Nos últimos cinco anos, esse segmento dobrou de tamanho e deve continuar crescendo 7,1% ao ano até 2019, quando se tornará o maior mercado do mundo na categoria, movimentando US$ 6,7 bilhões. Nos Estados Unidos, deverá girar US$ 6,4 bilhões naquele ano.

    O público masculino tem sido uma boa surpresa para o setor de men’s care. Os homens estão mais vaidosos e preocupados com marcas de expressão, redução de medidas abdominais e procedimentos de rejuvenescimento. São clientes fiéis, que gastam mais quando gostam do serviço.

    Aplicativo – Ao passar por áreas específicas e estratégicas do pavilhão com o aplicativo oficial do evento baixado no celular e o bluetooth ligado, os participantes da FCE Cosmetique e Pharma receberão dados de pesquisas, artigos, entrevistas e notícias sobre o que há de mais relevante e atual no mercado. Esta é a única maneira de ter acesso a esses conteúdos inéditos. A ação vai funcionar durante os três dias da mostra e, ao receber o material, o participante tem a opção de guardá-lo para consultas posteriores.

    Química e Derivados, Exposição permite uma visão abrangente dos insumos do setor

    Exposição permite uma visão abrangente dos insumos do setor

    “Estamos sempre buscando ações que proporcionem uma experiência completa e única aos visitantes, seja por meio de novidades em tecnologias e produtos ou em conhecimento e insights sobre o mercado. Com esta ferramenta, conseguimos unir tudo isso. Além disso, a parceria com institutos e associações de renome – como ABC, Abiquifi, Euromonitor, Factor Kline e Sindusfarma – faz toda a diferença, pois estimulamos os visitantes a andar por todo o pavilhão e trazemos um material de qualidade e importante para a sua área de atuação. Com certeza, será um sucesso e uma oportunidade única”, comenta Picolo.

    O aplicativo também traz mensagens com lembretes para que o visitante não perca as principais atrações da feira, como a Arena do Conhecimento, uma visita ao estande do “Sinta o Otimismo”, experiência olfativa inédita, e o Business Lounge.

    A ferramenta tem ainda um espaço para anotações e contatos, proporcionando uma experiência inovadora no mercado de feiras. O aplicativo está disponível para Android e IOS desde a primeira quinzena de maio. Também para auxiliar os visitantes, o pavilhão tem uma comunicação visual completa e está equipado com carregadores de celular.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *