Fabricantes globais buscam concentrar negócios – TiO2

Tintas imobiliárias – A pintura decorativa imobiliária representa o maior volume de tintas produzido em todo o mundo. No entanto, o segmento é o que apresenta maior flexibilidade nas formulações, buscando adequar os custos às demandas do mercado. O titânio garante a opacidade dos filmes secos, além de conferir cor e tonalidade, mas é apontado como ingrediente caro, sendo alvo de substituições, com o cuidado de não perder a qualidade do produto final, estabelecidas pelas normas ABNT.

“No segmento de tintas decorativas imobiliárias, há sempre uma preferência para produtos que possam não só otimizar as formulações dos clientes, mas também para aqueles que possam ser utilizados na maior quantidade possível de formulações, de forma a otimizar também inventários e logística”, considerou Friedman. “Neste sentido, a Ineos oferece um grade de excelentes propriedades e qualidades reconhecidas mundialmente, o RCL595. Para aplicações de altíssima durabilidade, a Ineos Pigments oferece o RCL696”.

A Bandeirante Brazmo distribui os pigmentos da Chemours, sendo que os grades R 902+, R 706 e R 900 são mais usados pela indústria de tintas decorativas, alterando suas propriedades. Menezes exemplificou:

– R 706 – indicado para interiores e exteriores, de fácil dispersão, ótima secagem e cobertura, oferecendo facilidade na retenção do brilho;

– R 900 – é ideal para interiores e tintas semibrilho, com alta resistência à corrosão e alta resistividade. Este grade também pode ser indicado para primers da linha automotiva;

– R 902+ – mais usual nas tintas para interiores e exteriores, traz excelente cobertura, mas também é aplicado no segmento de manutenção e de tintas em pó;

– TS 6300 – é utilizado principalmente nas tintas decorativas, tanto para exteriores como interiores, oferecendo excelente poder de cobertura para tintas que exigem pouco brilho. O TS 6300 foi desenvolvido com um tratamento de superfície inorgânico projetado que impede a aglomeração do pigmento, permitindo a máxima dispersão de luz. Este aumento da dispersão da luz resulta num poder de cobertura superior em revestimentos formulados acima dos níveis críticos de PVC.

“As principais exigências em termos de evolução de produtos de TiO2 se referem a garantir excelente dispersão e cobertura, facilitar com as resinas a retenção de brilho e não causar amarelamento”, comentou Menezes.

Por sua vez, a Univar indica os grades da Tronox para o mercado de tintas e plásticos, com destaque para as linhas TiONA 828, 826, 696, 595 e 288. “São produtos oriundos de processo cloro, com alto poder de cobertura, alvura e excelentes características de dispersão”, afirmou Maranho.



Linha automotiva – Somando pintura original e repintura, é o segundo maior mercado da área de tintas. Por exigir desempenho técnico superior, auditado pelas montadoras e também pelas companhias de seguros (na repintura), as formulações tendem a ser mais estáveis ao longo do tempo, admitindo mudanças, porém mediante ensaios e negociações complexas. No ano passado, a produção automobilística brasileira foi impactada pela redução das vendas para a Argentina, que já estava em dificuldades econômicas. Em 2020, com a Covid-19, a produção de veículos novos de passeio foi muito prejudicada a partir de março.

“A Ineos Pigments participa ativamente do segmento de pinturas automotivas, fornecendo três grades principais: RCL595, RCL596 e o RCL9, utilizados em âmbito global, tanto em OEM como em car refinish”, apontou Friedman.

Menezes aponta o uso do R 103, da Chemours, para plásticos aplicados ao setor automotivo que precisam apresentar cor branca bem definida, com alta durabilidade. Esse setor industrial também consome o grade R 900 nos primers.

Página anterior 1 2 3 4Próxima página

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios