Fórum Nacional sobre Riscos de Explosões

Quimica e Derivados
30 de agosto de 2012
    -(reset)+

    1º Fórum Nacional sobre Riscos de Explosões

    química e derivados, Fórum Nacional sobre Riscos de ExplosõesA primeira edição do Fórum Nacional sobre Riscos de Explosões vai acontecer no Teatro Renaissance. Com estrutura de primeira linha preparada para receber cerca de 350 participantes, o evento vai suprir as necessidades do segmento, essenciais para profissionais de Eletricidade, Instrumentação e Processos Químicos, atuando em projetos, montagem e reparos destes sistemas nas empresas industriais e de engenharia; Engenheiros técnicos de Segurança Industrial, Engenheiros e Técnicos de Seguros, responsáveis por inspeções de riscos e profissionais das empresas responsáveis pela contratação dos seguros.

    • “Erros cometidos pela engenharia na avaliação dos riscos de explosão e as novas soluções baseadas na NR-10 e NR-20”
    • “Mudança Conceitual: Como transformar uma área classificada”
    • “Riscos elétricos em áreas classificadas: O treinamento dos profissionais que operam nas áreas classificadas e a documentação exigida pela legislação”
    • “A legislação e a Normalização para as áreas classificadas por gases, vapores e poeiras no Brasil quando comparadas à legislação e a normalização internacional”

    Para maiores informações sobre como participar, visite o site oficial do evento: http://www.forum.project-explo.com.br
    Tel.: (11) 5581-9299/5589-2984

    Para maiores informações sobre o espaço, clique no link ao lado:
    http://hoteis.marriott.com.br/hotels/travel/saobr-renaissance-sao-paulo-hotel

    Associação Brasileira para Prevenção de Explosões: http://www.abpex.com.br/



    Recomendamos também:



    1. O I Forum de Explosoes teve palestrantes importantes no cenario tecnico nacional, como os eng. Joaquim Gomes e Estellito R. Junior, que participaram da nova ediçao da NR-10. Os temas versaram sobre normalizaçao e açoes para diminuiçao do risco de explosoes, e mostraram que todo o cuidado eh pouco quando contratarmos empresas para efetuar reparos ou ampliaçoes nestes tipos de instalaçoes, usualmente industrias quimicas, petroquimicas e outras que usam inflamaveis.



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *