Embalagem – Estudo revela o impacto da crise por segmentos

Segundo os estudos de monitoramento das embalagens realizados pelo laboratório, das cinco categorias mais lançadas em janeiro de 2009, quatro correspondem a cosméticos como colorações para lábios, cremes para rosto e corpo. Entre os posicionamentos mais adotados pelas marcas, a tendência natural é a que prevalece, seguida de apelos em prol da beleza e da funcionalidade.

“Os cosméticos e produtos de higiene pessoal ocupam seis das dez categorias mais lançadas no mundo, o que coloca os atributos ligados à beleza entre os mais importantes”, revelou Mestriner. Outra categoria com número crescente de lançamentos é a de nutracêuticos cosméticos, área que associa a beleza à nutrição.

Filmes avançam – As embalagens flexíveis ultrapassam no mundo todo as demais categorias quando as indústrias resolvem promover lançamentos nos setores de alimentos, bebidas, cosméticos, produtos de cuidados pessoais, higiene e limpeza, medicamentos e produtos para animais de estimação. Isso reflete duas preocupações muito importantes em tempos de crise: diminuir custos e oferecer maior praticidade para os consumidores.
A preferência, observada no primeiro trimestre de 2009 no laboratório da ESPM, revela que as embalagens flexíveis vêm conquistando posições à frente dos tradicionais frascos, potes e garrafas rígidos. Para Mestriner, a mudança é decorrente da maior penetração dos filmes na fabricação de embalagens para produtos líquidos e pastosos, como ocorre com as embalagens do tipo stand-up pouch, cujo crescimento vem se acentuando no mercado.

Página anterior 1 2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios