Química

Elastômeros – Lanxess investirá R$ 75 mi nas fábricas brasileiras

Marcelo Fairbanks
16 de novembro de 2011
    -(reset)+

    Porto Feliz também terá outros R$ 25 milhões (10 milhões de euros) para receber uma unidade para fabricação de aditivos para borrachas da linha Rhenogran e de bladders (bexigas, dispositivos usados para dar conformação interna de pneus), produzidos com tecnologia da subsidiária Rhein Chemie. “Essa unidade poderá produzir até duas mil t/ano de quase cinquenta tipos de aditivos poliméricos para borrachas e 170 mil bladders”, explicou Anno Borkowsky, chefe da unidade de negócios Rhein Chemie.

    A Lanxess comprou em janeiro a argentina Darmex, especializada na fabricação de bladders e agentes desmoldantes. A produção na Argentina está sendo ampliada em 40%, sendo que 90% do material fabricado é exportado com a marca Rhenoshape. Segundo Borkowsky, esses dispositivos são feitos de borracha butílica rígida, para suportar as condições de processo. Cerca de 40% da produção dos bladders, antes fabricados pelos produtores de pneus, agora é terceirizada em todo o mundo. “Nos concentramos na tecnologia desses produtos para torná-los até três vezes mais duráveis, além de conferir mais segurança para os usuários dos pneus”, explicou.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *