Edta Dissódico: o que é e quais são as principais aplicações?

Edta Dissódico: confira matéria completa sobre esta importante substância utilizada principalmente pelo setor de cuidados pessoais

A aplicação do edta dissódico é extensa nos mais diferentes segmentos, sendo o cosmético, o farmacêutico e o de domissanitários seus maiores consumidores por causa das suas propriedades sequestrante, conservante e antioxidante, essenciais para conferir estabilidade e durabilidade aos produtos destes segmentos. Quer se aprofundar sobre o assunto? Confira mais ao longo da matéria!

Acesso Rápido no post

O que é edta dissódico?
Fórmula química
Principais características do edta dissódico
Para que serve o edita dissódico?
Manipulação do edta dissódico
Onde comprar o edta dissódico?

O que é edta dissódico?

O edta dissódico, em sua forma original, consiste em um composto orgânico que tem o aspecto de pó branco e fino, mas sua utilização como solução aquosa é também muito comum.

O seu nome edta é uma abreviação da expressão em inglês ethylenediamine tetraacetic acid, que significa ácido etilenodiamino tetra-acético.

É válido destacar que ele atua como um agente quelante, ou melhor, um agente sequestrante. Isso quer dizer que ele sequestra os íons metálicos, incluindo magnésio, ferro, cálcio e metais pesados, evitando que eles causem reações químicas indesejadas na fabricação de diversos produtos.

Por fim, é preciso afirmar que ele é sintetizado principalmente a partir do 1,2-diaminoetano (etilenodiamina), formaldeído (metanal), água e cianeto de sódio.

    Orçamento Rápido

    GuiaQD.com.br

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

    Fórmula química

    Sua fórmula molecular é C10H14N2Na2O8.2H2O

    Principais características do edta dissódico

    • CAS: 6831-92-6;
    • Peso Molecular: 372,24;
    • Sólido: pó fino;
    • Branco cristalino;
    • Inodoro;
    • Produtos e materiais incompatíveis: oxidantes fortes, alumínio, níquel.
    • Não é tóxico: ele é um ingrediente seguro para aplicação em produtos de cuidados pessoal, uma vez que sua utilização é feita em baixa concentração, por volta de 0,01% até 0,1%, o que significa que sua molécula não consegue permear a pele. O que ele faz é aumentar a penetração de outras substâncias na pele, dessa forma, em si não representa risco para a saúde.
    • Agente quelante ou sequestrante de alta pureza: como o vimos, o edta dissódico é muito utilizado por diversos setores industrias em razão da sua função removedora de metais, ou seja, da sua capacidade de inativar íons metálicos provenientes de água ou outras matérias-primas. Podemos dizer que uma das suas funções é sequestrar o ferro, que é vital pra bactérias, reforçando assim o efeito dos antioxidantes.

    Para que serve o edta dissódico?

    A propriedade sequestrante do edta dissódico é extremamente importante para a indústria cosmética, farmacêutica e de alimentos, visto que ela consegue aumentar a estabilidade e durabilidade dos produtos, evitando deterioração e alterações na cor, aroma e aparência. Dessa forma, podemos dizer que este produto potencializa o efeito dos conservantes e bactericidas.

    • Indústria farmacêutica: este aditivo é usado como sequestrante, ele consegue evitar intoxicações por íons metálicos, além de manter as características e propriedades de diversos medicamentos, fragrâncias, filtros solares e outros produtos.
    • Indústria alimentícia: este produto químico é aplicado como sequestrante, antioxidante e conservante, portanto, o edta dissódico é capaz de promover a estabilidade dos produtos, impedindo que eles se deteriorem e que fiquem rançosos.  Aqui está presente em aromas, bebidas, sucos, doces, sobremesas, óleos, gorduras, margarinas, conservas, produtos de panificação, massas, achocolatados, produtos cárneos, embutidos e muito mais.
    • Indústria cosmética: neste setor, este produto químico é adicionado como sequestrante e conservante (preservante), sendo usado em soluções, suspensões, cremes, géis, xampus, loções, condicionadores, sabonetes, hidratantes, maquiagens, tônicos capilares, máscaras, sabonetes e outros produtos cosméticos. Além de remover os metais pesados das fórmulas, função que evita mudança no cheiro, aspecto e coloração, ele potencializa as funções antioxidantes da vitamina C e E, minimiza degradação dos insumos naturais (óleos e extratos vegetais) e proporciona maior durabilidade ao produto.
    • Produtos de limpeza: também atua como um quelante neste segmento, impedimento a formação de precipitados de cálcio e magnésio.
    • Agricultura: ele é aplicado nesta atividade como estabilizante de micronutrientes;
    • Produtos para análise de dureza da água;
    • Processos químicos diversos;
    • Óleo & Gás;

    Manipulação do edta dissódico

    Para um manuseio seguro do edta dissódico é indispensável o uso de equipamento de proteção individual para evitar o contato com a pele, olhos e mucosas. Recomenda-se adequada ventilação em locais que formem poeiras.

    Medidas de Primeiros Socorros

    – Em caso de contato com os olhos: lave os olhos com água abundante, mantendo as pálpebras abertas.

    – Em caso de contato com a pele: retirar a roupa contaminada e lave o local com água e sabão. Também é importante lavar a roupa contaminada antes de reutilizá-la.

    – Em caso de inalação: retirar a vítima para o ar fresco. Se ela não estiver respirando, ofereça respiração artificial, se possível. Logo em seguida, consulte um médico.

    – Em caso de ingestão: a vítima deve enxaguar a boca com água abundante. Nunca ofereça nada pela boca a uma pessoa inconsciente. Um médico deve ser consultado.

    Quanto ao armazenamento, deve ser realizado em embalagem fechada e guardada em local seco, limpo e bem ventilado.

    Leia Também
    Exemplos de excipientes utilizados na indústria farmacêutica
    Antioxidantes: Protegendo a pele contra os radicais livres
    Produtos multifuncionais e digitalização melhoram qualidade da água
    In-Cosmetics Latin America: Indústria de beleza e higiene pessoal cresce e demanda mais ingredientes sustentáveis
    Água: Clientes de todos os portes buscam técnicas avançadas para melhorar condicionamento
    FCE Cosmetique e Pharma: Mercados em crescimento atraem visitantes sedentos por inovações
    FCE Cosmetique/Pharma: Feira se firma como plataforma de lançamentos globais de ingredientes cosméticos
    Distribuição – Setor demonstra alta capacidade de adaptação e consegue ampliar vendas
    In-Cosmetics Latin America: Público qualificado

    Quais são os tipos mais conhecidos de edta?

    Os tipos mais utilizados pela indústria são o dissódico (EDTA 2Na) e o tetrassódico (EDTA 4Na), os quais apresentam como principal diferença o teor do pH.

    a) edta dissódico: apresenta pH inferior a 7, sendo assim indicado para formulações com pH mais ácido. Ele possui dois cátions de sódio.

    b) edta tetrassodico: possui um pH superior a 7. É composto por quatro cátions de sódio por molécula. Normalmente é utilizado para produtos de limpeza de banheiro, desinfetantes, produto de limpeza de couro, removedores de manchas, descolorante para cabelos, fabricação de pães e derivados, entre outros.

    Onde comprar o edta dissódico?

    Para encontrar os principais fornecedores de edta dissódico no Brasil, acesse o Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

    Nele, você tem acesso rápido a diversos fornecedores e ainda conta com a facilidade de realizar vários orçamentos de uma só vez para diversas empresas.

    Nenhuma ferramenta do mercado oferece um suporte tão grande como o Guia QD. Experimente essa incrível facilidade e veja como é possível ganhar tempo em suas cotações e agilizar suas compras.

    Edta dissódico dihidratado
    Edta dissódico dihidratado farmaceutico
    Edta tetrassódico

      Orçamento Rápido

      GuiaQD.com.br

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.