Cresce consumo de soda no primeiro trimestre

A Associação Brasileira da Indústria de Álcalis e Cloroderivados (Abiclor) anunciou recentemente o resultado do setor de soda cáustica no primeiro trimestre.

De acordo com a Abiclor, o consumo aparente nos pri­meiros três meses deste ano foi de 391,416 toneladas, representando um aumento de 4,7% em relação ao mesmo período de 2000.

 

Química e Derivados: Escassez - Soda Cáustica e Cloro
soda cáustica e cloro

 

Apesar do aumento no consumo verificado neste período, a produção interna de soda recuou 5,1%, fechando em 310,804 toneladas.

As importações chegaram a 83,229 toneladas, represen­tando um aumento de 47,1%.

A maior parte delas oriundas do Golfo do México, nos EUA (Texas e Louisiana), o mais importante pólo de soda-cloro do mundo, responsável por cerca de 25% da pro­dução e onde, por exem­plo, a Dow possui a maior unidade cloro­química do mundo em Freeport, Texas, com capacidade para 3 milhões de t/ano de cloro.

Outros dados divulgados pela Abiclor concluem que a indústria trabalhou com 84,2% da capacidade instalada, contra 87,5% no primeiro trimestre do ano passado.

Isso ocorreu em razão de problemas operacionais com alguns produtores, de acordo com comunicado da Abiclor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios