Cosméticos, Perfumaria e Higiene Pessoal

Cosméticos – Terceirização reduz custos e libera mais recursos para inovar

Rose de Moraes
21 de setembro de 2007
    -(reset)+

    Cosmético em padrão farmacêutico – O setor farmacêutico absorve hoje grande parte da produção da Eurofarma nas operações de terceirização. A atividade rende à empresa posições destacadas. De acordo com o grupo dos profissionais executivos do mercado farmacêutico (Grupemef), a empresa já é o quinto maior laboratório farmacêutico do País, terceiro maior em capital nacional e terceiro maior fabricante de medicamentos genéricos, com produção anual de 80 milhões de unidades (embalagens), resultantes da atuação das seguintes áreas – prescrição médica (farma), genéricos, hospitalar e licitações, oncologia, serviços a terceiros, Pearson (veterinária), Euroglass e exportação. Dentro de pouco tempo, porém, a oferta de terceirização da produção para o setor cosmético e de higiene pessoal deverá avançar. Empenho e tecnologias para impulsionar o crescimento nesse setor já existem e não são poucos. No complexo industrial de Itapevi,30 quilômetros distante da capital paulista, estão sendo investidos R$ 260 milhões, e mais de 4 mil m² já foram reservados à produção de cosméticos e de produtos de higiene pessoal para indústrias parceiras.

    Parcialmente inaugurado em março deste ano, o complexo de Itapevi contará ao todo com 80 mil m² de área construída, 60 mil m² já finalizados. Mas para não descontinuar a produção em nenhum setor, a empresa preferiu escalonar em algumas etapas a mudança, iniciando as operações fabris com algumas especialidades farmacêuticas nas áreas de semisólidos, como cremes, pomadas e géis, e de líquidos para higiene oral. “Vamos produzir cosméticos e produtos de higiene pessoal de acordo com padrões farmacêuticos”, informou Alexandre Bella Barbosa, gerente da unidade de negócios voltados a serviços a terceiros da Eurofarma.

    Dentro desse balizamento, a produção cosmética seguirá as normas preconizadas pelas boas práticas de fabricação (GMP). Contará com a qualificação de fornecedores de matérias-primas e de insumos e com a validação de equipamentos, e terá organizado o fluxo de pessoal e materiais. Também serão construídas salas limpas, classificadas entre as classes 10.000 até 100, para garantir a qualidade em todas as etapas de fabricação.

    “Nosso foco não será produzir esmaltes, batons, perfumes ou mesmo xampus convencionais. Não temos nada contra esses tipos de produção, mas nossa fábrica está sendo estruturada e equipada para atender a exigências mais rigorosas de órgãos regulatórios internacionais, como a Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos e a European Agency for the Evaluation of Medicinal Products (EMEA), da Europa, informou Barbosa.

    Química e Derivados, Alexandre Bella Barbosa, Gerente da unidade de negócios voltados a serviços a terceiros da Eurofarma, Cosméticos - Terceirização reduz custos e libera mais recursos para inovar

    Barbosa: complexo de Itapevi terá padrão farmacêutico

    Com isso, a empresa pretende multiplicar em algumas vezes a dimensão dos negócios voltados à terceirização de cosméticos e de produtos de higiene diferenciados, como sabonetes líquidos íntimos, xampus com qualidade farmacêutica, fotoprotetores, entre outros, tornando os resultados financeiros bem mais expressivos no contexto do faturamento global da empresa.

    A bem da verdade, basta observar a produção da Eurofarma na década de 1990 para constatar que a terceirização de cosméticos não representa exatamente a abertura de uma nova frente de trabalho, mas uma retomada de negócios no setor, pois, naquela época, a empresa chegou a produzir em grande escala para grandes parceiros, só diminuindo o ritmo nos anos seguintes por ter se dedicado intensivamente à área de medicamentos.

    Nessa época, a Eurofarma produziu muito para a Nívea, para a Unilever e para a Combe. Atualmente, produz o creme dental Unique, marca própria da empresa, e o fotoprotetor Photoderme, fator 100, dermocosmético licenciado pelo laboratório francês Bioderma, além de cremes dentais em contratos de produção compartilhada, firmados para dar conta de demandas excessivas.

    Atualmente, boa parte da produção e da administração estão espalhadas, em quatro fábricas na capital paulista e também em uma unidade exclusiva para a fabricação de produtos veterinários, instalada no Rio de Janeiro. A produção de cosméticos e produtos de higiene pessoal atualmente é realizada na unidade de Interlagos.

    Expansão em Itapevi – No complexo de Itapevi, inicialmente estão previstas as operações de dois reatores para a produção de cremes dentais e mais dois reatores para produzir enxaguatórios bucais, cada qual com capacidade para 10 mil litros por batelada. Somente um dos equipamentos adquiridos para envasar bisnagas de cremes dentais, segundo revelou Barbosa, tem capacidade para 9 mil unidades/hora, estando também prevista a instalação de vários tanques para armazenagem de produtos com capacidades até 10 mil litros.

    Considerada uma das pioneiras na terceirização para os setores farmacêutico e cosmético, a Eurofarma iniciou suas atividades em 1972, na época sob a denominação de Billi Farmacêutica, assumindo a atual razão social em 1993.

    Na atual fase de prospecção de negócios, a empresa, segundo Barbosa, não se atém a limitações financeiras, podendo realizar novos investimentos de acordo com as necessidades de seus parceiros. Com esse propósito altamente empreendedor, as fronteiras também deverão se alargar pela busca de novas oportunidades de negócios nos demais países da América Latina e da Europa.



    Recomendamos também:








    4 Comentários


    1. ROGERIO BEZERRA MARIANO

      Olá boa noite, já fábrico uma linha de Cosmeticos, gostaria de criar um creme de pentear para mercados, com um custo baixo e que possa atender a todos os públicos e de todas as classes A B C D


    2. Phosther Inovaçoes.

      Temos a maior fôbrica para produção de Hidroxiapatita do mundo e com um custo jamais alcançado. Assim, desejamos terceirizar a nossa formulação para produção de creme dental com até 10% com o nosso produto. Caso haja interesse da Eurofarma, podemos vender também a Hidroxiapatita, que tem certificação do INN, Instituto de Nano Materiais, na Alemanha. Gostaríamos de saber o custo para a terceirização do nosso creme dental.


    3. Ronaldo Pereira Cardoso

      Gostaria de saber preço para terceirização de sabonetes de Glicerina translúcido de aproximadamente 90g.
      obrigado Ronaldo Cardoso


    4. lilian nascimento monteiro de sousa

      O motivo do contato é que pretendo trabalhar com encacheamento de cabelos,e pretendo fabricar o meu próprio creme relaxante para esse fim e produtos de cremes de pentear cabelos



    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *