Publieditorial

Colortrade lança linha de UV para plásticos no mercado Agro

Quimica e Derivados
30 de julho de 2020
    -(reset)+

    O agronegócio é um dos setores que continua se desenvolvendo mesmo em meio à pandemia e a expectativa de crescimento do setor no PIB, ainda sendo afetado pelas paradas neste ano, é de 1,68% e deve dobrar em 2021, revelando sua força como atividade que mais cresce na economia brasileira.

    Sabendo da diversidade de aplicações do mercado de plásticos e possibilidades de colaborar com a cadeia de fornecimento para insumos agro, a Colortrade Especialidades Químicas em conjunto com sua representada Rianlon Corporation disponibiliza, a partir deste semestre, aditivos UV para o mercado nacional, que contém resistência química contra pesticidas e produtos halogenados, trata-se do Riasorb 119 em combinação com outro item bastante conhecido dentro do portfólio de aditivos que é o Riasorb 622.

    A mistura sinérgica de 50/50 desses dois itens resulta em um produto que pode ser aplicado em uma diversidade de produtos voltados para o agronegócio, assim como: estufas agrícolas, mulching, big bags, silo bags, túneis e telas de sombreamento, bale wrap, sacarias de ráfia, mantas geomembranas, etc.

    A infinidade de produtos e suas mais variadas aplicações resultam diretamente no desenvolvimento e tecnologia empregada no setor do agronegócio através dos
    termoplásticos, no entanto as resinas termoplásticas sofrem redução de sua vida útil expostas diretamente aos raios UV, gerando fotodegradação, onde há perda das propriedades mecânicas e óticas de cada resina, portanto a utilização dos aditivos Riasorb 119 em combinação com o Riasorb 622 aumenta a vida útil dos termoplásticos mantendo suas propriedades, ampliando a diversidade de aplicações para o uso em campos agrícolas.

    Mas, por que usar o Riasorb 119 em combinação com Riasorb 622 e não outros aditivos UV?
    A resposta é clara, ambos são HALS (hindered amine light stabilizer) e essa categoria de aditivos UV são responsáveis por evitar um processo de degradação dos
    polímeros através da inibição de radicais livres que atacam diretamente a cadeia polimérica, o Riasorb 622 é um HALS oligomérico comumente utilizado no mercado devido ter estabilidade térmica retardando o envelhecimento foto-térmico e também tem baixo peso molecular mantendo seu efeito protetivo por mais tempo no polímero, porém deve ser utilizado nas aplicações agrícolas juntamente com o Riasorb 119, pois esse item é um HALS metilado que além de quimicamente resistente em ataques de cloro e enxofre (insumos utilizados em pesticidas), tem excelentes propriedades contra gas fading (desbotamento de gás) que podem ser gerados em algumas aplicações no campo agrícola. Portanto, ambos geram esse efeito sinérgico com proteção garantida, desde que sejam bem empregados nas devidas proporções recomendadas e de acordo com os parâmetros determinados com as recomendações do produto.
    A Colortrade disponibiliza seu corpo técnico, assim como todo suporte em conjunto com a equipe técnica da Rianlon para atuar no desenvolvimento de novos
    projetos e consultoria de aplicações visando atender a demanda do agronegócio, colaborando com a sustentabilidade que os aditivos anti-aging podem gerar na
    reutilização dos polímeros para determinados produtos e aplicações no agronegócio.

    De fato, a pandemia nos tornou mais tecnológicos e não há distância para limitar qualquer suporte técnico ou alongar o tempo de um projeto, pois através das ferramentas de vídeo estaremos de Norte à Sul do país atendendo as mais variadas aplicações e corroborando com o crescimento do agronegócio em nosso país através de soluções mercadológicas.

    Conheça mais sobre a Colortrade no site www.colortrade.com.br e nos consulte sobre o portfólio de produtos e desenvolvimentos de novos projetos.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *