Caulim: o que é, origem do nome e aplicações

Veja também como é realizado o seu processamento e onde comprá-lo?

O caulim é um aditivo mineral utilizado em grande quantidade pelos mais diversos setores industriais, e novos usos estão sendo constantemente pesquisados e desenvolvidos a todo instante. Aparece em destaque na produção de papel, materiais refratários, tintas, borracha, cerâmica, fibra de vidro, cimento, cosméticos e defensivos agrícolas. Confira matéria especial sobre o tema!

Acesso Rápido no post

O que é Caulim?
Denominação
Para que serve?
Processamento do Caulim
Onde encontrar fornecedores de caulim?

O que é Caulim?

Consiste em um dos seis minerais mais importantes e abundantes na costa terrestre, portanto, presente na maioria dos solos e sedimentos do planeta, em especial nos locais tropicais. No Brasil, ele encontra-se principalmente na região norte, nos estados do Pará, Amazonas e Amapá, além de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

Também pode ser denominado como caulino e definido como um minério constituído por silicatos hidratados de alumínio, como a caulinita e a haloisita.

    Orçamento Rápido

    GuiaQD.com.br

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

     

    A caulinita é um dos seus principais elementos, em geral, de cor branca, por causa do baixo teor de ferro. Ela é um argilomineral, nome utilizado em geologia para designar o grupo de silicatos hidratados principalmente de alumínio, além de ferro e magnésio. O silicato hidratado de alumínio é produzido por intemperismo, incluindo a decomposição do feldspato.

    Vale ainda dizer que o caulim é composto por mais substâncias, na forma de impurezas, como areia, quartzo, palhetas de mica, grãos de feldspato, óxidos de ferro e titânio, entre outros.

    Em linhas gerais, é conceituado como uma argila de cor branca composta por um argilomineral, conhecido como caulinita.

    Denominação

    O nome caulim ou “china clay”, tem origem na palavra chinesa Kauling, que significa colina alta, uma clara referência a uma colina de Jauchau Fu, ao norte da China, de onde o mineral é obtido há muito tempo.

    Características:

    • Mineral de aluminossilicato;
    • Sólido (pó fino);
    • Cor branca: quanto mais claro, menos teor de ferro. Não é incomum aparecer nas cores bege, creme e rosa;
    • Inodoro;
    • Macio;
    • Insolúvel;
    • Não é poroso;
    • Não é expansivo;
    • Não é inflamável;
    • Não é tóxico;
    • Quimicamente inerte em uma ampla faixa de pH;
    • Possui baixa condutividade térmica e elétrica;
    • Não é abrasivo;
    • Tem plasticidade e resistência mecânica, a seco;
    • Quando usado como pigmento ou como extensor em aplicações de cobertura e carga, apresenta ótima capacidade de cobertura;
    • É um reforçador para as aplicações de carga;
    • Sua utilização na indústria, deixa o processo mais sustentável.
    • Seu custo é menor do que a maioria dos materiais concorrentes.

    Leia Mais
    Caulim calcinado para substituição do dióxido de titânio aplicado em tintas
    Pigmento Inorgânico
    Dióxido de Titânio
    Tecnologia ambiental – Notícias: Indústria nacional prevê reduzir emissões de 16,2 milhões de tco2e até 2020
    Feira Abrafati 2019: Os lançamentos dos expositores deste ano
    Novidades da Abrafati 2017
    Abrafati 2015: As novidades da feira
    IYC 2011: Química contribuiu com os avanços do setor Celulose e Papel

    Para que serve?

    O caulim foi usado pela primeira vez, há muito tempo, na fabricação de produtos cerâmicos. Na década de 1920, teve sua aplicação ampliada para a indústria do papel e da borracha. Posteriormente, atendeu a indústria de plásticos, pesticidas, rações, produtos alimentícios e muito mais. Atualmente ele é utilizado na fabricação de uma série de produtos para aumentar a eficácia dos processos produtivos. Veja seus principais usos industriais:

    • Materiais refratários;
    • Plásticos;
    • Borrachas;
    • Tintas;
    • Adesivos e colas;
    • Papel (usado como como agentes de enchimento filler no preparo de papel e como agente de cobertura coating para papel couché);
    • Cimentos;
    • Inseticidas;
    • Pesticidas (classificado como pesticida de risco reduzido, visto que apresenta baixa toxidade).
    • Produtos alimentares;
    • Cosméticos;
    • Porcelanas
    • Produtos farmacêuticos;
    • Catalisadores;
    • Auxiliares de filtração;
    • Absorventes;
    • Dentifrícios;
    • Clarificantes;
    • Fertilizantes;
    • Gesso;
    • Pisos;
    • Rações;
    • Auxiliares de filtração;
    • Produtos químicos;
    • PVC;
    • Sabões;
    • Fiberglass.
    • Detergentes e abrasivos;
    • Adubos e defensivos agrícolas;
    • Têxtil;
    • Louças de mesa;
    • Peças sanitárias;
    • Vidros;
    • Cargas e enchimentos para diversos fins.

    Na indústria da borracha, o caulim é aplicado como carga para oferecer alguns benefícios tanto ao processo industrial como ao próprio produto. Ele contribui para a redução de custos; maior resistência ao desgaste, à pressão e ao atrito; elevação da durabilidade; aumento da resistência térmica; maciez e pouca abrasividade.

    Quanto às tintas, a substância também é utilizada como carga, conferindo um acabamento mais uniforme, boa cobertura, melhor aderência, flexibilidade, maior resistência à lavabilidade, melhor opacidade e muito mais. Também serve tanto na produção de tintas como de papel, como um extensor, para reduzir a utilização de materiais mais caros, como o dióxido de titânio (TiO2).

    Quando este mineral é aquecido, em torno 500ºC a 700ºC, ele perde a camada adicional de moléculas de água, resultando no metacaulim, vantajoso para aplicação em cimento. Em temperaturas maiores, entre 1000°C e 1300ºC, ocorre a formação da mulita e dióxido de silício (SiO2) amorfo, mais utilizados na indústria de tintas.

    Processamento do Caulim

    No mundo, o método de extração mais comum do caulim é por lavra a céu aberto, no entanto, aqui no Brasil o minério também é extraído pelo método subterrâneo.

    Após sua extração, segue-se para um processo para livrar das impurezas e adequação ao uso industrial, conforme o seu fim. Em geral, há dois processos de beneficiamento do caulim: por via seca ou úmida.

    O primeiro consiste na fragmentação da rocha, por britador, abaixo de 2,54 cm, e posterior secagem. Depois, há a pulverização em moinhos de rolos e a separação das partículas por tamanhos.

    O outro processo compreende etapas de dispersão, desareamento, fracionamento em hidrociclone ou centrífuga, separação magnética, floculação seletiva, alvejamento químico, filtragem e secagem.

    Onde encontrar fornecedores de caulim?

    Os principais fornecedores de caulim podem ser encontrados no Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

    Através dessa extraordinária ferramenta, você consegue encontrar rapidamente as empresas que procura e ainda tem a facilidade de solicitar vários orçamentos para diferentes fornecedores de uma só vez e em um só lugar.

    Com apenas alguns cliques, você encontra o que procura, otimiza o trabalho da sua empresa e ganha tempo para realizar mais negócios. Acesse agora o Guia QD e veja como é fácil, rápido e eficiente!

    * Caulim
    Caulim aerado
    Caulim calcinado
    Caulim hidratado
    Caulim micronizado
    Caulim, suspensão
    Caulim esterelizado

      Orçamento Rápido

      GuiaQD.com.br

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

       

       

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.