Química e Derivados, Meio ambiente: Novas membranas Hydranautics e Siemens fora da água

Meio ambiente: Novas membranas Hydranautics e Siemens fora da água

Enquanto a Hydranautics está investindo em novas tecnologias e têm planos de crescimento no mundo e no Brasil, a alemã Siemens, segundo informa o Global
por Marcelo Furtado
0

 
 
Química e Derivados, Energia: substituição de motores poderiam reduzir a conta de eletricidade.

Energia: substituição de motores poderiam reduzir a conta de eletricidade.

Segundo o estudo da Comerc, em uma simulação em indústria de vestuário, com conta de energia mensal de R$ 1,5 milhão, apenas com a substituição de motores
por Marcelo Furtado
0

 
 
Química e Derivados, Cobre: Avanço do cobre no mundo se dará pela China

Cobre: Avanço do metal no mundo se dará pela China

Um grande “condutor” do avanço do cobre no mundo se dará pela China. Além de ser a maior produtora mundial de sistemas para energia eólica e solar
por Marcelo Furtado
0

 

 
Química e Derivados, Meio Ambiente: Aegea será responsável pelos serviços de água e esgoto em Manaus

Meio Ambiente: Aegea será responsável pelos serviços em Manaus

A Aegea Saneamento concluiu a aquisição da Companhia de Saneamento do Norte, responsável pelos serviços de água e esgoto em Manaus-AM.
por Marcelo Furtado
0

 
 
Química e Derivados, Indústria brasileira poderia economizar R$ 4 bilhões anuais

Indústria brasileira poderia economizar R$ 4 bilhões anuais

Cálculos da Comerc Esco, empresa especializada em projetos de eficiência energética, revelam que a indústria brasileira poderia economizar R$ 4 bilhões
por Quimica e Derivados
0

 
 
Química e Derivados, Cobre em alta - Meio Ambiente

Transição energética do século 21 coloca o cobre em alta – Meio Ambiente

Melhor metal condutor não-precioso, a explicação se dá pelo que os analistas chamam de transição energética do século 21.
por Marcelo Furtado
0

 

 
Química e Derivados, Meio Ambiente: Com o Reach, ônus da prova passou para a indústria

Meio Ambiente: Com o Reach, ônus da prova passou para a indústria

Do acrônimo do nome em inglês Registration, Evaluation, Authorization and Restriction of Chemicals, o Reach, quando entrou em vigor em 2007, transferiu
por Marcelo Furtado
0

 
 
Química e Derivados,

Europa registra 21,5 mil substâncias no REACH e promete fiscalizar mais

Há uma tendência no resto do mundo de olhar o Reach como nova forma de controle do mercado, de barreira não-tarifária, tendo em visto a abrangência
por Marcelo Furtado
0

 
 

Cadeia brasileira dos plásticos promovem a economia circular

O presidente da Plastivida, Miguel Bahiense, explicou que a entidade tem realizado projetos de Educação Ambiental como o curso de formação de educadores
por ABIQUIM
0