Química e Derivados, Biocombustíveis geram escala para projetos industriais com tecnologias mais sofisticadas

Biocombustíveis geram escala para projetos industriais

Aprovada em dezembro de 2017, a Lei de Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) terá efeitos maiores que os elencados em sua introdução.
por Marcelo Fairbanks
0

 
 

O desafio da indústria de óleo e gás 4.0

Considerada ponto chave e requisito de sobrevivência para o setor, a transformação digital proposta pela Indústria 4.0 é um dos temas centrais da Rio Oil & Gas deste ano, que acontece entre 24 e 27 de setembro, no Rio ...
por Cassiano Viana
0

 
 
Química e Derivados, Notícias: Reino Unido mostra avanços em smart grids

Notícias: Reino Unido mostra avanços em smart grids

O Brasil precisa ampliar sua rede inteligente de transmissão e distribuição de eletricidade, os chamados smart grids. Os esforços para tanto se intensificaram a partir de 2010, mas ainda estão muito distantes de alcançar ...
por Marcelo Fairbanks
0

 

 
Química e Derivados - Máquinas - Projetos de óleo e gás se destacam - Perspectivas 2020

Máquinas – Projetos de óleo e gás se destacam – Perspectivas 2020

Será certamente maior a demanda deste ano por equipamentos e máquinas para a indústria de nacional de óleo e gás, prevê Idarilho Gonçalves Nascimento Neto
por Antonio C. Santomauro
0

 
 
Química e Derivados, Perspectivas 2013 / Química - Shale Gas muda cenário global

Perspectivas 2013 / Química – Shale Gas muda cenário global

Reunidos durante a Reunião da Apla, em novembro, consultores e especialistas internacionais apresentaram uma visão das mudanças que estão em curso no campo petroquímico. A principal delas, mas não a única, é o uso do sh...
por Marcelo Fairbanks
0

 
 

Petróleo: Petrobrás exige mais qualidade de fornecedores

A Petrobrás anunciou mudanças no relacionamento com fornecedores de bens de capital e serviços, com ênfase na garantia de qualidade. Empresas nacionais e estrangeiras interessadas em disputar encomendas do plano de investim...
por Marcelo Fairbanks
0

 

 
Química e Derivados, Óleo caro e contingências derrubam Ebitda da Braskem

Óleo caro e contingências derrubam Ebitda da Braskem

A Braskem obteve Ebitda de US$ 818 milhões no primeiro trimestre deste ano, valor 29% inferior ao do primeiro trimestre de 2017.
por Marcelo Fairbanks
1