Camaçari: O grande pólo da Bahia pensa ainda em crescer mais

Ao festejar seu jubileu de prata, o pólo de Camaçari confia no potencial do Nordeste para acelerar o ritmo de expansão Sob a regência política do presidente Ernesto Geisel, o 2° Pólo Petroquímico foi criado para desenvo...
por Jose Valverde
0

 
 
Química e Derivados, Abiquim: Indústrias químicas brasileiras incorporam processos biotecnológicos para oferecer mais soluções de baixo carbono

Abiquim: Indústrias químicas brasileiras incorporam processos biotecnológicos para oferecer mais soluções de baixo carbono

De acordo com levantamento da equipe de Assuntos Técnicos da Abiquim, o setor químico é responsável por aproximadamente 10% da demanda de energia global. Por outro lado, a química também é vital para a economia de energi...
por Quimica e Derivados
0

 
 

Petrobras – Plano de negócios requer US$ 224 bilhões para ampliar a exploração das áreas do pós e do pré-sal

O ano começou, finalmente, para a indústria brasileira de óleo e gás, que viu acontecer em junho alguns lances decisivos para o futuro do setor, atual motor do desenvolvimento econômico do país. A Petrobras anunciou no di...
por Bia Teixeira
0

 

 
Química e Derivados, Cerveja sustentável

Heineken Brasil quer contar com energia 100% renovável até 2025

A Heineken Brasil reduziu um 57% a emissão de CO2 nos processos produtivos da planta de Ponta Grossa-PR. O resultado tem relação com a instalação em 2017
por Quimica e Derivados
0

 
 
Química e Derivados, Estágio na área de energia renovável: Brookfield aceitará inscrições até o dia 9 de Novembro

Estágio na área de energia renovável: Inscrições até o dia 9 de Novembro

Estudantes de cursos superiores com previsão de formatura entre dezembro de 2019 e dezembro de 2020 podem concorrer às vagas para as cidades
por Quimica e Derivados
0

 
 
Química e Derivados, Artigo Técnico ©QD Foto: Divulgação

Estudo da viabilidade do soro de queijo para produção de bioetanol

O mercado brasileiro de laticínios apresentou em 2014 cerca de R$ 55,2 bilhões em faturamento líquido, segundo a Associação Brasileira
por Quimica e Derivados
0

 

 

Crise elétrica agrava déficit químico

As indústrias química e petro­química deverão reduzir 20% de seu consumo de eletricidade, e a de soda-cloro, 25%, a partir de junho, toman­do por base a média de consumo registrada nos meses de maio a julho de 2000, por ...
por Marcelo Fairbanks
0

 
 
Química e Derivados, Perspectivas 2016 - Energia: Empresas buscam suprimento de eletricidade no mercado livre para reduzir riscos adicionais

Perspectivas 2016 – Energia – Empresas buscam suprimento de eletricidade no mercado livre para reduzir riscos adicionais

Pelas atuais projeções, as tarifas da energia elétrica regulamentadas pelo governo não devem aumentar este ano em índices tão drásticos quanto aqueles registrados em 2015, que chegaram ao patamar de 50% e complicaram ain...
por Antonio C. Santomauro
1

 
 
Química e Derivados, Perspectivas 2016 - Álcool: Gasolina cara permitiu avanço do etanol, mas endividamento alto preocupa os produtores

Álcool: Gasolina cara permitiu avanço do etanol, mas endividamento alto preocupa os produtores – Perspectivas 2016

A produção de etanol continua crescendo no país. A previsão é fechar o ciclo 2015/2016 com 29,8 bilhões de litros, uma expansão de 4,5% em relação ao período anterior, de acordo com informações do presidente da Data...
por Hamilton Almeida
0