Química e Derivados - Crescem os cuidados com gestão de energia no saneamento básico - Meio Ambiente ©QD Foto: Divulgação

Meio Ambiente – Crescem os cuidados com gestão de energia

Para a grande maioria das companhias de saneamento básico, a energia é o segundo maior custo operacional, perdendo apenas
por Marcelo Furtado
0

 
 

SITIVESP atualiza cartilha de eletricidade estática

Em nova edição, publicação teve o conteúdo revisado para acompanhar a evolução da tecnologia e das melhores práticas de segurança.
por Quimica e Derivados
0

 
 
Química e Derivados, Do carvão à biomassa - Meio Ambiente

Do carvão à biomassa – Meio Ambiente

Um consórcio de empresas na Holanda iniciou estudos para converter uma usina elétrica poluente a carvão em Roterdã para uma usina de cogeração de vapor
por Marcelo Furtado
0

 

 
Química e Derivados, Certificação de energia renovável em alta - Meio Ambiente

Certificação de energia renovável em alta – Meio Ambiente

O programa de certificação de energia renovável (RECs) chegou à marca de 1,3 milhão de certificados comercializados em 2018 no Brasil.
por Marcelo Furtado
0

 
 
Química e Derivados, SHIP: Onde a economia encontra a sustentabilidade

SHIP: Onde a economia encontra a sustentabilidade

O SHIP (Solar Heat for Industrial Processes), ou Calor Solar para Processos Industriais, é uma tecnologia capaz de trazer vários benefícios
por Quimica e Derivados
0

 
 
Química e Derivados, PVDF para carro elétrico

PVDF para carro elétrico – Meio Ambiente

A Solvay aumentará em 35%, até o final de 2019, a capacidade de produção de PVDF (fluoreto de polivinilideno) da linha Solef de polímeros de alto desempenho
por Marcelo Furtado
0

 

 
Química e Derivados, Energia: substituição de motores poderiam reduzir a conta de eletricidade.

Energia: substituição de motores poderiam reduzir a conta de eletricidade.

Segundo o estudo da Comerc, em uma simulação em indústria de vestuário, com conta de energia mensal de R$ 1,5 milhão, apenas com a substituição de motores
por Marcelo Furtado
0

 
 
Química e Derivados, Indústria brasileira poderia economizar R$ 4 bilhões anuais

Indústria brasileira poderia economizar R$ 4 bilhões anuais

Cálculos da Comerc Esco, empresa especializada em projetos de eficiência energética, revelam que a indústria brasileira poderia economizar R$ 4 bilhões
por Quimica e Derivados
0

 
 
Química e Derivados, Perspectivas 2016 - Energia: Empresas buscam suprimento de eletricidade no mercado livre para reduzir riscos adicionais

Perspectivas 2016 – Energia – Empresas buscam suprimento de eletricidade no mercado livre para reduzir riscos adicionais

Pelas atuais projeções, as tarifas da energia elétrica regulamentadas pelo governo não devem aumentar este ano em índices tão drásticos quanto aqueles registrados em 2015, que chegaram ao patamar de 50% e complicaram ain...
por Antonio C. Santomauro
1