Química

Atualidades – Celulose – Aracruz investe US$ 2,5 bi para ampliar planta gaúcha

Fernando C. de Castro
22 de setembro de 2007
    -(reset)+

    Química e Derivados, Carlos Aguiar, Presidente da Aracruz, Atualidades - Celulose - Aracruz investe US$ 2,5 bi para ampliar planta gaúcha

    Aguiar espera gerar mais 40 mil empregos no RS

    A área de exportação no terminal de Rio Grande será desativada. A Aracruz resolveu construir um terminal fluvial-marítimo novo. Com isso, o pequeno porto pesqueiro do município de São José do Norte, localizado na margem oeste, do outro lado da Lagoa dos Patos, irá ganhar um porto com infra-estrutura sofisticada e nas dimensões necessárias calculadas pela empresa para permitir a interligação entre as hidrovias fluvial e marítima.

    Estudo da Fundação Getúlio Vargas encomendado pela Aracruz indica que a empresa produz aproximadamente 3 milhões de toneladas/ano de celulose. É responsável por 95 mil postos de trabalho entre diretos e indiretos. “Isto nos permite estimar que, para uma produção adicional de 1,3 milhão de toneladas, 40 mil empregos diretos e indiretos surgirão no Rio Grande do Sul”, projetou o CEO da Aracruz.

    No Espírito Santo, onde a Aracruz tem suas principais unidades produtivas, os estudos projetam um crescimento de renda de 12% contra os 4,5% a 5% previstos para o País em 2007. Por conta desses dados, Aguiar aponta a Aracruz como uma corporação impulsionadora de desenvolvimento macroeconômico regional. “Quando o Rio Grande do Sul voltar a crescer em taxas constantes, a atividade da empresa será de 7% acima do PIB regional”, finalizou o empresário.

    A Aracruz desembarcou no Rio Grande do Sul ao adquirir a então Riocell, do grupo Klabin, em 2003. Na época, a empresa investiu US$ 700 milhões entre pagamento dos ativos e modernização da planta atual, incluindo a adequação dos PDUs (Projetos de Desenvolvimento Urbano) nos municípios envolvidos.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *