Aterros públicos poderão preparar lixo para venda como combustível

Química e Derivados,

A resolução 38/2017 da secretaria estadual de meio ambiente de São Paulo passou a disciplinar a criação de combustíveis derivados de resíduos urbanos (CDRU) para uso em fornos de clínquer de cimento. Isso significa que aterros públicos e privados podem agora preparar, seguindo as determinações técnicas da resolução, lixo urbano para venda como combustível de fornos de cimenteiras. Grandes produtores, com destaque a Votorantim Cimentos, já estão testando os CDRUs, que complementarão com lixo o chamado coprocessamento de resíduos em fornos, hoje concentrado em pneus e rejeitos industriais.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios