Publieditorial

Aplicação do controle estatístico de processo (CEP) na indústria de saneantes

Quimica e Derivados
4 de julho de 2019
    -(reset)+

    METODOLOGIA

    O propósito desde experimento é a qualificação e validação de desempenho e/ou performance do equipamento destinado para a fabricação de saneante alcalino. O desempenho será avaliado mediante a execução dos ensaios de validação do processo apresentados no capítulo 4 deste artigo. Sendo que a documentação com resultados do controle estatístico processo estão no anexo I deste trabalho, relatórios correspondentes e concomitantemente serão utilizados como referência para elaboração dos procedimentos operacionais padrão, conforme determinação do item 10.11 resolução RDC Nº 47 de outubro de 2013.

    Outro aspecto de relevância é a capabilidade de processo a qual será checada no decorrer dos ensaios aqui apresentados e será feito analises da capacidade do processo. Determinando-se os processos são capazes ou não.

    Qualificação de desempenho e validação do processo
    O objetivo a seguir é apresentar o desempenho adequado do equipamento e comprovar que o sistema opera de acordo com as especificações pré-estabelecidas. Comprovar que o equipamento apresenta capabilidade de processo dentro dos critérios de tolerâncias pré-estabelecidas, de acordo com especificações recomendadas para o produto. Concomitantemente realizar-se-á validação do processo de pesagem do saneante alcalino com aplicação do controle estatístico de processos (CEP).

    Amostragem
    Foram amostrados três lotes diferentes e a quantidade de potes foi determinada pela norma de amostragem seguindo a recomendação do Military Standard conforme o tamanho do lote em estudo.


    RESULTADOS

    Doravante apresentam-se os resultados do estudo obtidos da validação de processos do tipo concorrente aplicando ferramentas estatístico de qualidade por meio de três lotes aleatórios de produção.

    Distribuição de Peso dos Lotes Pesquisados
    Nos Gráfico das Figuras 2, 3 e 4 observa-se os pontos das amplitudes que estão dentro dos limites do controle, portanto o processo está sob Controle. Medidas para melhoria contínua, se convenientes, podem ser tomadas promovendo a diminuição na dispersão ou na eliminação de tendências. Especificamente nestes casos poder-se-ia iniciar um trabalho de melhoria continua para trabalhar com a dispersão mais próxima da linha de base, a qual é destacada na cor verde.

    Figura 2- Gráfico de controle da distribuição do peso lote 049 dados experimentais

    Figura 2- Gráfico de controle da distribuição do peso lote 049 dados experimentais

    Nas Figuras dos gráficos 2, 3 e 4 não se evidenciam ocorrências de sequências de pontos crescentes ou decrescentes, é sinal do início de mudanças ou de tendência no Processo, como nos seguintes casos: 7 pontos consecutivos em mesma direção acima ou abaixo da média. Os pontos consecutivos que são consistentemente crescentes ou decrescentes (ponto maior ou menor que o precedente). A análise dever-se-á iniciar, a partir do momento em que iniciou a tendência nos registros de coleta. A causa da irregularidade poder-se-á ser atribuída ao mau funcionamento do equipamento ou mudanças em elementos dos processos ou condições de ambiente, tais como, matéria-prima ou umidade relativa, respectivamente.

    Figura 3- Gráfico de controle da distribuição do peso lote 950 dados experimentais

    Figura 3- Gráfico de controle da distribuição do peso lote 950 dados experimentais

    No Gráfico da Figura 4 observa-se um ponto fora dos limites de controle, poderia indicar uma estabilidade de processo no ponto, no entanto, não observa-se o mesmo fenômeno nas outras curvas de dispersão. Por conseguinte, pode ser considerado como sendo uma causa especial que deve ser investigada e/ou aplicada uma ação corretiva, a partir do momento da ocorrência deste ponto.

    Figura 4 - Gráfico de controle da distribuição do peso lote 851.dados experimentais

    Figura 4 – Gráfico de controle da distribuição do peso lote 851.dados experimentais

    Capabilidade do Processo para o lote 049
    Aplica-se com base nos valores de Especificação do Produto para determinar a Capacidade do Processo no atendimento a especificação. Este Método permite conduzir um Processo dentro das exigências com 99,74% de probabilidade, ou seja, seis desvios padrões (6 x).

    Figura 5 - Gráfico do índice de capacidade de processo lote 049.

    Figura 5 – Gráfico do índice de capacidade de processo lote 049.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *