Laboratório e Análises

Analitica Latin America: Com foco ampliado para vários segmentos, congresso e feira registram aumento de visitantes

Marcelo Fairbanks
22 de outubro de 2017
    -(reset)+

    Metais em análise – Famosa por seus analisadores de hidrogênio, nitrogênio e oxigênio, com larga aplicação em siderurgia e metalurgia, a Leco apresentou o cromatógrafo a gás Pegasus, acoplado a espectrômetro de massa (GC/MS), de alta produtividade (até 500 espectros por segundo) e tempo de vôo (TOF). O Pegasus também é oferecido na versão GC/GC, com dois fornos em sequência, para maior precisão e seletividade.

    A Leco está divulgando a nova interface e software de comando adotada em toda a linha de instrumentos, denominada Cornerstone. “Todas as informações do processo analítico aparecem na interface, com uma tela touch screen e sistema de diagnóstico, tudo muito fácil de operar”, explicou Luiz Antonio Neves, engenheiro de vendas da Leco Instrumentos.

    Ele salientou que a Leco não atua apenas no setor de fundição, ramo no qual possui larga participação de mercado, mas também no de alimentos, análises de proteínas, cimento, mineração e solos. “Temos analisadores de enxofre que ajudam a detectar pirita, minério de ferro com enxofre, que às vezes é confundido com ouro; essa análise evita perder tempo e recursos com o minério errado”, disse.

    Nos analisadores de nitrogênio, Neves comentou que a tecnologia atual usa termocondutividade, com auxílio de hélio, gás nobre que está se tornando cada vez mais escasso e caro. “Oferecemos a opção de usar argônio no lugar do hélio, mas essa opção dobra o limite de detecção do nitrogênio”, explicou. “Isso só é problema quando a concentração de nitrogênio é muito baixa, caso de alguns aços.”

    Reologia – A Anton Paar aproveitou a feira para lançar seu primeiro espectrômetro Raman, da linha Cora, lançado há apenas três meses. Além dele, a empresa mostrou o densímetro portátil DMA-35, com design renovado, que também mede a concentração das amostras.

    A Anton Paar apresentou aos visitantes o Torc 5000, refratômetro por oscilação termo-óptica com software que permite determinar coeficientes de expansão térmica, monitorar fases e transições vítreas, sendo indicado para fabricantes de polímeros e adesivos.

    Na área de partículas, a Anton Paar divulgou a aquisição da linha PSA (particle size analyser) da Cilas, realizada em junho deste ano, com integração total dos produtos prevista para janeiro de 2018. Com isso, ampliou a oferta de instrumentos por espalhamento de luz, conseguindo medir e contar partículas em líquidos e sólidos, além de determinar o potencial Zeta.

    Para a indústria de bebidas, demonstrou o sensor Carbo 520 Optical, medidor da concentração de CO2 em líquidos em processos produtivos, que opera por reflexão total atenuada (ATR), promovendo leituras a cada quatro segundos.

    Água e microbiologia – A Merck levou para a feira sua ampla linha de produtos, na qual se destaca os sistemas de produção de água com qualidade analítica da linha Milli-Q. Lançado em comemoração aos 50 anos do início da técnica de separação para água laboratorial, o Milli-Q IQ 7000 apresenta cartuchos de purificação compactos, com sistema integrado de gestão de dados e operação flexível, atendendo todas as demandas volumétricas de laboratórios.

    Química e Derivados, Merck destacou novo Milli-Q IQ 7000

    Merck destacou novo Milli-Q IQ 7000

    A Merck aproveitou a ocasião para lançar no mercado o MC Media Pack, sistema com placas contendo meios de cultura desidratados, prontos para uso, que auxiliam a indústria de alimentos e bebidas e identificar e quantificar a presença de micro-organismos, de modo a facilitar o controle de qualidade sanitário.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *