Ambiente – Fitabes leva inovações para o Rio Grande do Sul

química e derivados, fitabes, saneamento ambientalA IX Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental será realizada de 25 a 28 de setembro, no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre. Trata-se da maior feira de tecnologias de saneamento ambiental da América Latina, e reunirá as principais empresas do setor para expor as novidades em tecnologia, produtos e serviços, congregando também os gestores de políticas públicas da área.

A feira será dividida em cinco segmentos e produtos: água, saneamento, recursos hídricos, resíduos sólidos e controle e proteção ambiental. No setor água, serão apresentadas tecnologias de tratamento, distribuição, armazenamento e controle de qualidade para consumo. No saneamento, as soluções abordarão desde a coleta de esgoto, transporte, tratamento de esgoto doméstico e industrial, condicionamento de lodos e reutilização da água.

Em relação aos recursos hídricos, a Fitabes mostrará iniciativas nas áreas do planejamento e aproveitamento, manejo e gestão de bacias hidrográficas e águas subterrâneas. Na área de resíduos sólidos, os pontos principais serão a coleta e o transporte de lixo, tratamento e disposição final, resíduos industriais, urbanos e o manejo dos perigosos. Já no segmento de controle e proteção ambiental, a feira destacará soluções para a contaminação do ar, poluição industrial e geopolítica.

Quanto ao número de visitantes, a organização espera a participação de aproximadamente nove mil participantes, dos quais cerca de 40% da Região Sul do Brasil, número superior aos oito mil visitantes da edição anterior, realizada em Recife, em 2009. O perfil do público é formado por representantes de órgãos municipais, estaduais e federais das áreas de resíduos sólidos, saneamento e meio ambiente, técnicos do setor ambiental e segmentos afins de companhia de água e esgoto, prestadores de serviços de saneamento, profissionais de empresas do meio ambiente, professores, pesquisadores e estudantes de instituições de ensino superior e centros de pesquisas, além de executivos formadores de opinião, com grande poder de decisão nas compras das empresas.

Segundo Claudia Leon, gerente de negócios da Fagga – empresa do grupo GL Events Brasil, braço do grupo francês GL Events –, a área de exposição da feira está esgotada desde o início de julho, um reflexo do bom momento de mercado que nos próximos anos receberá investimentos dos setores público e privado. Ela acrescenta que essa edição terá 265 expositores que são referências nas áreas de saneamento, equipamentos, proteção ambiental, recursos hídricos e sólidos.

Claudia Leon ressalta ser a Fitabes um encontro importante, no qual os participantes de toda a América Latina podem lançar seus produtos e apresentar seus serviços e tecnologias ao mercado, sendo também uma oportunidade de atualização profissional e de intercâmbio comercial, permitindo às empresas ampliar suas redes de relacionamento e estreitar laços com os parceiros já existentes.

Entre as empresas que já confirmaram participação na feira estão a ABS Group, Amanco, América Tubos, Bombas Geremia, BrentWood Industries, Ecosan, Columbus Saneamento, Coester, Cast Iron, Centroprojekt do Brasil, Digitrol/Siemens, EnvironQuip, Foz do Brasil, Grundfos, Gruppo Pieralisi, Haztec, Hidrogeron do Brasil, Hidramaco, Itron, Koch Membrane Systems, Lao Indústria e Maccaferri.

A Fitabes 2011 terá ainda a participação de outras empresas como Mizumo, Multi Conexões Indústria e Comércio, Policontrol, PolyEasy, Portobombas, Plastimax, Produquímica, Promáquinas, Sanemais, Sondeq, Sovereign, Sparsol Soluções em Resíduos, Sulzer, Quimil, Robuschi do Brasil, Sappel do Brasil, Tanks BR, Tigre, TSA, Tubozan, Valloy, Vem SPA, Veolin, Vetro Solu­ções Inteligentes, Vogelsang, Voges Moto­res, Zebrow e Zenner.

Congresso paralelo – Ao lado da Fitabes, ocorrerá o 26º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Profissionais destacados no setor debaterão novas técnicas do segmento por meio de palestras, painéis e mesas-redondas, com debates sobre temas diversos que interessam aos participantes do evento. O congresso é realizado e organizado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) – uma organização não-governamental de caráter nacional, sem fins lucrativos, que objetiva contribuir, pelo conhecimento dos seus associados, para a melhoria da qualidade de vida da sociedade brasileira.

A Abes também promove programas de divulgação técnica e científica, realização de seminários, simpósios, palestras, debates, cursos e congressos nacionais especializados em engenharia sanitária e ambiental. A entidade conta com seções estaduais. Em âmbito internacional, a Abes faz parte do Capítulo Nacional da Aidis – Asociación Interamericana de Ingeniería Sanitaria Y Ambiental, que congrega todos os países do continente americano, além de outras instituições correlatas.

O congresso terá como tema “Sa­nea­mento Ambiental: A Excelência da Gestão como Caminho para a Univer­salização”. O evento terá o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), De­­par­tamento Municipal de Águas e Es­goto (Dmae), órgão da prefeitura de Porto Alegre-RS, Sabesp, Copasa (MG), Compesa (PE), Corsan (RS), Em­basa (BA), Agência Nacional de Águas (ANA), BNDES e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

A programação do congresso ambiental prevê a realização de diversos painéis, com a apresentação de trabalhos técnicos sobre a universalização do saneamento: desafios e soluções para o setor, financiamento do setor de saneamento, novas formas de contratação de saneamento, novas tecnologias de tratamento de esgoto, desastres climáticos, regulação do setor de saneamento, gerenciamento de recursos hídricos e eficiência energética em sistema de abastecimento de água e esgotamento.

Também faz parte da programação do evento a apresentação de painéis sobre mudanças climáticas: ambiente e economia, fórum mundial da água, os desafios e as metas de reúso de água, novas tecnologias para o tratamento de água, parceria público privada, infraestrutura urbana e os desafios do reassentamento involuntário, elaboração de projetos de saneamento e gerenciamento de resíduos sólidos.

No congresso, ocorrerá a segunda edição do Campeonato dos Operadores, iniciativa da Abes que visa a promover a inclusão e a maior participação dos operadores de nível técnico das empresas prestadoras de serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário do país. A competição focaliza o aprimoramento técnico e a melhoria do desempenho operacional do setor.

As provas serão disputadas em quatro categorias: prova de instalação de kits de segurança em cilindros de cloro de 50 a 900 kg, que visa a avaliar a performance dos operadores e a efetiva utilização dos critérios de segurança; prova de eletromecânica, que verifica a performance dos operadores e a efetiva utilização dos critérios de segurança; prova de leitura e entrega de fatura, que destaca a performance do leiturista e a eficiência do coletor de dados; e a prova de montagem de padrão e ligação de água, que tem por objetivo observar a performance do operador/oficial de manutenção, na montagem do padrão e ligação de água.

Todas as provas contarão com um comitê de avaliação composto por dois juízes com conhecimento específico sobre o tema e um juiz para decisões institucionais. Os componentes do Comitê de Avaliação serão apontados pela Comissão Organizadora do 26º Congresso e pela diretoria nacional da Abes. Quanto à premiação do campeonato, os vencedores receberão como prêmio um pacote de viagem incluindo passagem e hospedagem para o XXXIII Congresso Interamericano de Engenharia Sanitária e Ambiental – AIDIS, que ocorrerá em Salvador, em maio de 2012. Já as demais equipes de operadores e empresas participantes das provas ganharão certificados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.