Laboratório e Análises

Ambiente: EP investe R$ 6 milhões para aprimorar análises

Marcelo Furtado
14 de junho de 2013
    -(reset)+

    Química e Derivados, Rogério Toledo, EP Engenharia, instrumentação avançada inclui detectores de massa e ICP

    Toledo: instrumentação avançada inclui detectores de massa e ICP

    Especializada em sistemas para tratamento de água e efluentes, a EP Engenharia, de Guarulhos-SP, investiu entre 2012 e 2013 R$ 6 milhões em seu laboratório para análises ambientais. Segundo seu diretor, Rogério Toledo, o desembolso englobou a compra de oito cromatógrafos para a análise dos mais diversos compostos orgânicos, sendo dois deles acoplados a espectrômetros de massas.

    Outro equipamento de grande importância para a modernização do laboratório foi o ICP (Inductively Coupled Plasma), específico para análise de metais. Com as aquisições, a empresa fica apta a operar com técnicas como a cromatografia gasosa de detector de massas, detecção por captura de elétrons, detecção por ionização por chama, cromatografia líquida de íons, espectrometria por plasma induzido acoplado, espectrometria UV, espectrofotometria de absorção atômica, oximetria, toxicidade aguda e crônica, entre outras demandas ambientais.

    Química e Derivados, Serviços analíticos na norma ISO 17025 incluem amostragem

    Serviços analíticos na norma ISO 17025 incluem amostragem

    Além do instrumental analítico, a EP investiu na compra de frota de veículos para atendimento e coleta de amostras, reestruturação e modernização, na construção de laboratório de toxicidade, automação dos processos e aumento do escopo de acreditação da norma ISO 17025, inclusive para a coleta de amostra – exigência recente do órgão ambiental paulista, a Cetesb. Além disso, houve renovação do Instituto Estadual do Ambiente (INEA) para atender o Rio de Janeiro.

    O laboratório conta hoje com equipe qualificada de 37 profissionais, entre analistas, coordenadores, coletores e gestores de pessoal de administração. Entre seus clientes estão empresas como Volkswagen, Embraer e Petrobras, além de várias consultorias ambientais com foco em identificação e remediação de áreas contaminadas.



    Recomendamos também:








    0 Comentários


    Seja o primeiro a comentar!


    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *