Ácido Perclórico: veja o que é e principais usos

Ácido Perclórico: encontre tudo que você precisa aqui, de conceito a fornecedores no Brasil

O ácido perclórico é muito importante para o segmento químico, visto que ele é utilizado em diversos processos industriais para a fabricação de produtos químicos, além de análises laboratoriais. Confira ao longo do texto outras aplicações relevantes e mais informações que podem te ajudar a compreender melhor este composto químico. Vem com a gente!

Acesso Rápido no post

O que é ácido perclórico?
Qual a sua fórmula?
Quais são suas principais características?
Onde o ácido perclórico é utilizado?
Quais cuidados devem ser observados na manipulação do ácido perclórico?
Onde comprar o ácido perclórico?

O que é de ácido perclórico?

Trata-se de um ácido inorgânico que apresenta a forma de um líquido oleoso, transparente, inodoro e solúvel em água. Também é denominado de perclorato de dioxônio e é usado amplamente por diversos setores em razão da sua natureza altamente oxidante.

Ele pode ser produzido de variadas formas, sendo uma delas através da mistura do ácido nítrico com perclorato de amônio, reação que produz o óxido nitroso e o próprio ácido perclórico. Também pode ser obtido a partir de uma solução de perclorato com ácido sulfúrico concentrado.

Comumente é comercializado apenas em solução aquosa com concentração de 70-72%.

    Orçamento Rápido

    GuiaQD.com.br

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

     

    Qual a sua fórmula?

    Sua fórmula química é representada da seguinte forma: HCLO4. Portanto, podemos afirmar que o ácido perclórico é composto por hidrogênio, cloro e oxigênio.  O ácido perclórico é um oxiácido do cloro.

    Quais são suas principais características?

    • É um ácido inorgânico.
    • É um super ácido.
    • Aspecto: líquido límpido.
    • Cor: incolor.
    • Odor: inodoro.
    • Ponto de fusão: – 18ºC.
    • Ponto de ebulição: 198,7ºC.
    • Peso molecular: 100.46 g/mol.
    • Possui ação oxidante: ele pode acelerar a queima de substâncias combustíveis ou provocar ignição quando em contato com estas substâncias.
    • Suas soluções são higroscópicas: elas absorvem a umidade do ar.
    • Estabilidade: produto estável sob as condições recomendadas de armazenamento.
    • Matérias a evitar: bases fortes, ácidos fortes, aminas, haletos de fósforo, alcoois, materiais orgânicos, metais em pó, agentes redutores fortes. Também vale dizer que o contato do ácido perclórico com a maioria dos metais produz gás hidrogênio inflamável.

    Onde o ácido perclórico é utilizado?

    A maior utilização do ácido perclórico ocorre em indústrias e laboratórios químicos como reagente na produção de diversos produtos químicos, como percloratos e nitratos. Outras aplicações neste setor ocorrem como testes de laboratórios e processos industriais. O ácido perclórico é um agente oxidante para catalisar reações químicas ou causar explosões, por exemplo, ele pode ser aplicado como oxidante na separação de sódio e potássio.

    Veja abaixo outros usos comuns para o ácido perclórico:

    • Explosivos: os sais de ácido perclórico são utilizados na produção de explosivos.
    • Metais de revestimento: aqui os sais de ácido perclórico também são utilizados para revestimento de metais.
    • Combustível de foguete: como ele é um forte oxidante é normalmente utilizado em combustível de foguete.
    • Herbicidas: tendo em vista que o ácido perclórico é nocivo às plantas, é aplicado na indústria química para a fabricação de herbicidas.
    • Digestão de amostras: este produto químico é utilizado para dissolver materiais orgânicos e inorgânicos para análise química. Também pode ser aplicado na a preparação de amostras para análises de traços de metais.

    Quais cuidados devem ser observados na manipulação do ácido perclórico?

    Em razão da sua natureza altamente reativa e perigosa, o ácido perclórico deve ser manuseado pelo colaborador com muito cuidado e de forma extremamente responsável, respirando as regras de segurança.

    É importante evitar o contato com o produto e não inalar vapor/névoa/gás para evitar acidentes, visto que ele pode ocasionar queimaduras no esôfago e no estômago, irritação nas vias respiratórias, queimadura nos olhos e pele, além de outros danos mais graves. Dessa forma, o local de trabalho seguro é aquele que apresenta boa ventilação natural ou mecânica, de forma a manter a concentração de vapores/poeiras inferior ao limite de tolerância

    Outra medida extremamente relevante no manuseio do ácido perclórico é a utilização do equipamento de proteção individual, que inclui equipamento de proteção respiratória, óculos de segurança bem ajustados, luvas butílicas, proteção para o corpo, máscara, entre outros.

    Medida de primeiros socorros

    – Após inalação: retirar a pessoa contaminada para local ventilado. Se não estiver conseguindo respirar, ofereça respiração artificial, se possível. Recomendado buscar atendimento médico nesta situação.

    – Contato com a pele: retirar a roupa contaminada e lavar o local afetado com bastante água corrente e sabão por aproximadamente 15 minutos. Recomendado procurar auxílio médico.

    – Contato com os olhos: lavar os olhos com bastante água corrente, por 15 minutos, mantendo as pálpebras inferiores e superiores abertas. Consultar um oftalmologista.

    – Após ingestão: enxaguar a boca da vítima e oferecer muita água. Não provoque o vômito. Não ofereça nada pela boca à pessoa inconsciente. Neste caso é indicado procurar imediatamente auxílio médico.

    Em todas as situações apresentadas é essencial levar a FISPQ (Ficha de Informações e Segurança do Produto Químico) no atendimento médico, uma vez que neste documento constam todas as informações sobre o produto químico, incluindo suas propriedades, riscos, medidas de primeiros socorros, identificação de perigos, medidas para derramamento e vazamento e muito mais.

    Quanto ao armazenamento seguro é preciso destacar que as embalagens precisam ser hermeticamente fechadas e guardadas em local seco, limpo, a temperatura ambiente, longe de produtos químicos orgânicos e redutores.

    Veja Também

    Ácido Clórico
    Ácido Nítrico
    Explosivos: Empresa oferece patentes de explosivos
    Instrumentação analítica: Softwares intuitivos melhoram resultados
    Tintas e revestimentos: Consumo OEM volta a crescer

    Onde comprar o ácido perclórico?


    Para encontrar os principais fornecedores de ácido perclórico no Brasil, acesse o Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

    Nele, você tem acesso rápido a diversos fornecedores e ainda conta com a facilidade de realizar vários orçamentos de uma só vez para diversas empresas.

    Nenhuma ferramenta do mercado oferece um suporte tão grande como o Guia QD. Experimente essa incrível facilidade e veja como é possível ganhar tempo em suas cotações e agilizar suas compras.

      Orçamento Rápido

      GuiaQD.com.br

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.