Ácido Mirístico: o que é e quais setores mais o utilizam

 Ácido Mirístico: encontre rapidamente suas principais características e maiores aplicações na indústria, além de outros detalhes

O ácido mirístico é empregado com grande frequência na fabricação de cremes, loções e sabões em razão da sua enorme versatilidade e importantes propriedades físico-químicas como detergência e emoliência. No entanto, sua aplicação não se restringe apenas a estes setores, podendo ser ainda usado em outras indústrias como farmacêutica e química. Para mais informações, confira matéria completa!

Acesso Rápido no post

O que é ácido mirístico?
Fórmula química
Principais características do ácido mirístico
Para que serve o ácido mirístico?
Manipulação do ácido mirístico
Onde comprar o ácido míristico?

O que é ácido mirístico?

O ácido mirístico, também chamado de ácido tetradecanóico, corresponde a um ácido gordo saturado (ácido graxo saturado) de cadeia longa com 14 carbonos. Encontra-se presente na maioria das vezes em gorduras animais e vegetais, como óleos de manteiga, coco e palma, além da noz-moscada.

Os ácidos graxos saturados são ácidos carboxílicos (–COOH) que têm ligações químicas simples entre carbonos ao longo da cadeia (C-C). Dessa forma, apresentam consistência sólida em temperatura ambiente e são insolúveis em água.

Outros exemplos de ácidos graxos saturados são o ácido palmítico, presente na gordura animal e no óleo de palma, e o ácido esteárico, encontrado na gordura do cacau.

A nomenclatura do ácido mirístico está relacionada com a moscadeira, a árvore da noz-moscada, que possui o nome científico Myristica fragrans, e de onde se isolou o ácido mirístico pela primeira vez em 1841 pelo químico Lyon Playfair.

    Orçamento Rápido

    GuiaQD.com.br

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

    Fórmula química

    A fórmula molecular do ácido mirístico é C14H28O2.

    Principais características do ácido míristico

    • Aspecto: sólido, em temperatura ambiente;
    • Cor: branca;
    • Odor característico suave;
    • Peso Molecular: 228,37 g/mol;
    • CAS: 544-63-8;
    • Ponto de Fusão: seu ponto de fusão é relativamente alto, ficando entre 53 a 54ºC. Quando aquecido, ele se torna líquido.
    • Insolúvel em água (quanto maior a cadeia carbônica no ácido graxo, menor a solubilidade);
    • Solúvel em solventes orgânicos (álcool, éter e clorofórmio);
    • É uma substância estável;
    • Propriedades hidratantes e emolientes: Essa característica faz com que essa substância seja muito utilizada pela indústria cosmética em cremes, loções, sabonetes e outros produtos de cuidados pessoais. A propriedade emoliente nada mais é do que a capacidade para reter a umidade e prevenir a perda de água, formando uma barreira protetora na pele e deixando a pele mais macia.
    • Propriedades detergentes: O ácido mirístico tem poder para promover limpeza, ou seja, para promover a dissolução de uma substância.

    Para que serve o ácido mirístico?

    Como vimos no inicio desta matéria, o ácido mirístico apresenta várias aplicações industrias nos mais diferentes setores. Veja os ramos que mais utilizam este produto químico e em quais produtos são aplicados.

    • Indústria cosmética: ele está presente em cremes, loções, sabonetes, creme de barbear, produtos para cabelo e outros itens de higiene e cuidados pessoais.

    O ácido mirístico é muito importante neste setor, uma vez que contribui para espalhar melhor os produtos e para promover a hidratação da pele, deixando-a suave e com uma textura macia. Isso se deve a propriedade hidratante e emoliente do ácido mirístico.

    • Industria de domissanitários: neste segmento, o ácido mirístico é usado na fabricação de sabões e outros produtos de higiene e limpeza. Ele é um agente detergente, portanto, ajuda a criar espuma e tem poder para promover a limpeza.
    • Indústria farmacêutica: ele é empregado como um excipiente neste setor e tem a função de proporcionar consistência e estabilidade a diversos fármacos.
    • Indústria química: este produto químico serve ainda como intermediário na síntese de outros compostos químicos, como tensoativos, ésteres e surfactantes.

    Também é relevante destacar que o miristato é um sal ou éster do ácido mirístico, ou seja, o resultado da reação entre o ácido mirístico e uma base para formar o sal de miristato, ou ainda da reação entre aquele ácido e um álcool que vai dar origem ao éster de miristrato. Estas substancias também são amplamente aplicadas no setor cosmético e farmacêutico.

    • Lubrificantes industriais: usado inclusive como um componente em lubrificantes industriais.
    • Indústria alimentícia: o ácido mirístico pode ser ainda usado como aditivo alimentar em alimentos processados, como margarina. Esta aplicação tem a função de melhorar a textura dos produtos.

    Leia Mais
    Oleoquímica – Faltam materiais graxos no país para desenvolver produção competitiva
    Cosméticos – Combinações adequadas dos tensoativos deixam a pele e os cabelos mais limpos e saudáveis
    Cosméticos – Formulações exigem funcionalidade de ingredientes naturais e orgânicos
    Fitocosméticos: Empresa desenvolve novas moléculas do óleo de babaçu

    Manipulação do ácido mirístico

    O manuseio do ácido mirístico deve ser realizado em um local que tenha uma ventilação suficiente para a segurança e bem estar de todos os colaboradores. Você encontra mais informações na Ficha de Segurança de Produtos Químicos, um documento essencial que apresenta todas as informações sobre determinado produto, incluindo os riscos e procedimentos de segurança para o manuseio, além de outras disposições, como EPIs recomendados e medidas de primeiros socorros.

    Medidas de primeiros socorros

    Em caso de inalação: leve a vítima para local com ar fresco. Se surgirem queixas ou em caso de persistência dos sintomas, é importante consultar um médico.

    Em caso de contato com a pele: retire as roupas e sapatos contaminados e lave o local com sabonete e água em abundância.

    – Em caso de contato com os olhos: a vítima deve enxaguar os olhos com água corrente cuidadosamente e durante vários minutos. Se surgirem queixas ou em caso de persistência dos sintomas, também é recomendado consultar um médico.

    Em caso de ingestão: enxaguar a boca da vítima. Caso ela sinta indisposição, consulte imediatamente um médico.

    Sobre o armazenamento, é preciso dizer que deve ocorrer em embalagem apropriada, a qual precisa ser guardada em local seco e fresco.

    Onde comprar o ácido mirístico?

    Os principais fornecedores de ácido mirístico podem ser encontrados no Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

    Através dessa extraordinária ferramenta, você consegue encontrar rapidamente as empresas que procura e ainda tem a facilidade de solicitar vários orçamentos para diferentes fornecedores de uma só vez e em um só lugar.

    Com apenas alguns cliques, você encontra o que procura, otimiza o trabalho da sua empresa e ganha tempo para realizar mais negócios. Acesse agora o Guia QD e veja como é fácil, rápido e eficiente!

      Orçamento Rápido

      GuiaQD.com.br

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.