Ácido Carbônico: o que é e principais aplicações

Ácido Carbônico: venha conhecer esse ácido frequentemente utilizado pela indústria de alimentos e bebidas

Você sabia que o ácido carbônico é utilizado na produção de refrigerantes e outras bebidas com gás? Ele não é o único ácido presente nessas formulações, mas certamente um dos encarregados por importantes funções,  com intensificação de sabor (ação acidulante), melhora da aparência e produção das deliciosas bolhas refrescantes.

Ao longo da matéria, você poderá conhecer alguns detalhes desta utilização na indústria de bebidas e outras aplicações em diferentes setores, uma vez que o ácido carbônico é consumido largamente por muitas indústrias. Vem com a gente aprender mais sobre o ácido carbônico, boa leitura!

Acesso Rápido no post

O que é ácido carbônico?
Qual é sua fórmula?
Quais são suas principais características?
Para que serve o ácido carbônico?
Manipulação do ácido carbônico
Onde comprar o ácido carbônico?

O que é ácido carbônico?

O ácido carbônico é um composto líquido, inodoro, fraco, instável e com sabor ligeiramente ácido, com grande importância para o setor industrial.

Sua produção ocorre por meio da dissolução de gás carbônico (CO2) em água (H2O), portanto, podemos dizer que ele nada mais é do que água com pequenas quantidades de dióxido de carbono.

Também pode ser encontrado nas águas da chuva e no sangue, além de outras produções industriais, como refrigerantes e bebidas com gás.

Na água da chuva ele é o resultado da dissolução do dióxido de carbônico presente na atmosfera. Por sua vez, no organismo humano, ele desempenha um importante papel no sistema de tamponamento, mantendo o pH do corpo próximo a 7,4 e permitindo que este funcione de forma adequada.  A mudança de pH pode fazer com que as enzimas parem de funcionar e, dessa forma, ocasionem o enfraquecimento dos músculos e nervos, além de ocasionar outros prejuízos.

    Orçamento Rápido

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

    Qual é sua fórmula?

    A fórmula química do ácido carbônico é H2CO3. Portanto, é possível perceber que ele é formado por elementos hidrogênio, carbono e oxigênio.

    A presença de dois hidrogênios ionizáveis na sua estrutura é responsável pela sua classificação como diácido, sendo assim um diácido fraco que ocorre apenas em solução.

    Este composto é ainda classificado como oxiácido, visto que apresenta hidrogênio, oxigênio e um não-metal em sua estrutura química.

    Quais são suas principais características?

    • Forma: líquido.
    • Ácido fraco.
    • Instável: é um dos ácidos mais instáveis que existe. Ele transforma-se espontaneamente em outras substâncias (gás carbônico e água).
    • Odor: inodoro.
    • Sabor: azedo, ligeiramente ácido.
    • Existe apenas em soluções diluídas.
    • Solubilidade: é solúvel em água e tende a formar soluções ácidas.
    • Reage com bases para formar carbonatos.

    Leia Mais
    Ácido Nítrico
    Bicarbonato de amônio: grande aplicação em biscoitos e bolachas
    Carbonato: carbonatos de cálcio, de sódio, de potássio e de magnésio
    Produtos multifuncionais e digitalização melhoram qualidade da água
    Química Industrial e Ambiental – A importância estratégica
    Analítica: Novidades acompanham automatização
    Ácidos: Demanda Cresce e Incentiva Produção Local a Investir
    Distribuição de Ácido Sulfúrico, Clorídrico e outros Ácidos: Avanço do Mercado

    Para que serve o ácido carbônico?

    Além do popular consumo pela indústria de bebidas gaseificadas, é possível verificar uma grande utilização do ácido carbônico em outros setores, por exemplo, o químico, farmacêutico, de cosméticos e muito mais. Confira a seguir as principais aplicações deste produto químico:

    • Indústria de alimentos e bebidas: o ácido carbônico tem forte aplicação na produção de refrigerantes, águas gaseificadas, bebidas tônicas e cervejas. Além de realçar sabor e aparência, fornece leve sensação de queimação. Juntamente com outros ácidos também proporciona o gosto azedo.

    Para a produção de refrigerante, mistura-se o gás carbônico e a água em um aparelho conhecido com carbonizador.  Posteriormente, se passa a adição de outros componentes da fórmula da bebida. Ao final, coloca-se mais um pouco de gás carbônico para aumentar a pressão interna e fazer com que as bolhas apareçam no momento em que a bebida é aberta para ser consumida.

     

    É preciso ainda afirmar, que por ser um ácido fraco, o ácido carbônico diminui levemente o pH do refrigerante.

    Como exemplo de outros ácidos presentes nos refrigerantes podemos destacar o ácido fosfórico, ácido benzoico, ácido ascórbico, ácido tartárico e ácido cítrico. O benzoico é aplicado como conservante na bebida, ou seja, para combater fungos, bactérias e outros microrganismos. Já o ascórbico exerce a função de antioxidante, isto é, retarda ou inibe o processo de oxidação, preservando as bebidas. Por sua vez, os refrigerantes produzidos a partir das frutas podem apresentar ácidos cítricos e ácidos tartáricos.

    Vale também lembrar que a ANVISA define os aditivos alimentares como ““todo e qualquer ingrediente adicionado intencionalmente aos alimentos sem o propósito de nutrir, com o objetivo de modificar as características físicas, químicas, biológicas ou sensoriais, durante a fabricação, processamento, preparação, tratamento, embalagem, acondicionamento, armazenagem, transporte ou manipulação de um alimento”.

    • Indústria e laboratórios químicos: ele é um intermediário químico usado em várias reações químicas. Também pode ser utilizado para a produção de outros compostos, como carbonatos.
    • Produção de Cosméticos: ele é muito aplicado em tratamentos de limpeza da pele e procedimentos de rejuvenescimento.
    • Medicina: ele é aplicado em banhos carbônicos para o tratamento de hipertensão e doenças cardiovasculares.
    • Setor farmacêutico: o ácido carbônico também atende ao segmento farmacêutico, podendo ser utilizado na produção de medicamentos efervescentes.
    • Tratamento de água: outra aplicação ocorre para o ajustamento do pH da água, em que o ácido carbônico é utilizado nesta função.

    Veja Também
    Ácido Adípico: usado na fabricação do Nylon-6-6 e outros produtos
    Ácido Tartárico: atende o setor de alimentos
    Ácido Palmítico tem destaque no setor cosmético
    Ácido glucônico
    Ácido Mirístico: o que é e quais setores mais o utilizam
    Ácido Salicílico: poderoso para o tratamento de pele
    Ácido Cáprico
    Ácido glutâmico

    Manipulação do ácido carbônico

    O ácido carbônico, assim como outros produtos químicos, precisa ser manipulado com cuidado e com a observância das regras de segurança. Dessa forma, é importante que ele seja manuseado em ambiente ventilado e que o colaborador faça uso de equipamento individual de proteção, como luvas de proteção, óculos de segurança, avental, entre outros.

    Onde comprar produtos químicos

    Para encontrar os fornecedores de produtos químicos no Brasil, acesse o Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

    Nele, você tem acesso rápido a diversos fornecedores e ainda conta com a facilidade de realizar vários orçamentos de uma só vez para diversas empresas.

    Nenhuma ferramenta do mercado oferece um suporte tão grande como o Guia QD. Experimente essa incrível facilidade e veja como é possível ganhar tempo em suas cotações e agilizar suas compras.

      Orçamento Rápido

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.