Ácido Cáprico

Ácido Cáprico: O que é, onde se encontra, para que ser serve, quais sãos suas propriedades, onde comprar e mais disposições

As indústrias cosméticas e farmacêuticas são as maiores consumidoras do ácido cáprico e a razão dessa grande utilização está nas propriedades desta substância que incluem poder emoliente, hidratante, antibacteriano, antifúngico e anti-inflamatório. Veja a seguir quais são os principais produtos do nosso dia a dia que contém esse item químico e outras informações importantes. Boa leitura!

Acesso Rápido no post

O que é ácido cáprico?
Fórmula química
Principais características do ácido cáprico
Para que serve o ácido cáprico?
Manipulação do ácido cáprico
Onde comprar o ácido cáprico

O que é ácido cáprico?

É um ácido graxo que possui uma cadeia aberta com 10 moléculas de carbono, motivo pelo qual também é chamado de ácido decanoico. Consiste em um líquido oleoso, incolor e pouco solúvel em água.

Encontra-se em grande parte no óleo do coco, mas também pode ser obtido a partir do óleo de palma.

    Orçamento Rápido

    GuiaQD.com.br

    Informe os produtos que deseja receber cotação.

     

    Fórmula química

    Sua formula molecular é C10H20O2. Como se trata de um ácido graxo saturado de cadeia média, apresenta 10 átomos de carbono na sua estrutura.

    Principais características do ácido cáprico

    • Aspecto: sólido cristalino;
    • Cor: branco;
    • Corrosivo;
    • Odor: irritante;
    • Pouco solúvel em água;
    • CAS:334-48-5;
    • Massa molar 172,3 g/mol;
    • Solúvel em solventes orgânicos comuns (éter, clorofórmio e álcool);
    • Odor: levemente ácido;
    • Propriedade antimicrobiana: tem se mostrado eficaz no combate a certas bactérias, fungos e outros microrganismos;
    • Propriedade emoliente: os emolientes são substâncias que ajudam a prevenir ou reduzir a perda de água, formando uma camada protetora. Eles suavizam a pele e a deixam mais macia e flexível. Além dos ácidos graxos, são exemplos de emolientes os óleos vegetais e os lipídeos não gordurosos

    Para que serve o ácido cáprico?

    O ácido cáprico é uma substância que tem aplicação em variadas indústrias, podendo ser utilizado para a fabricação de muitos produtos. Confira a seguir os setores que mais fazem uso deste item:

    • Indústria de cosméticos: cremes, loções, protetor solar, cremes de limpeza, produtos para o cabelo, óleos de banho, maquiagem, séruns, cremes de massagem, perfumes e outros itens de cuidados pessoais. O setor cosmético é um dos que mais usa o ácido cáprico graças suas propriedades emolientes e hidratantes.
    • Indústria farmacêutica: medicamentos e suplementos em razão das propriedades antibacterianas, antivirais, antifúngicas e anti-inflamatórias. A utilização do ácido cáprico neste setor se deve aos estudos que apontam diversos benefícios para a saúde, incluindo melhora da função cerebral, aumento da energia, melhorar a função do sistema digestivo e da saúde do coração, auxílio no tratamento de doenças fúngicas, fortalecimento do sistema imunológico, ajuda no tratamento de infecções bacterianas, contribui para a perda de peso, entre outros.
    • Indústria química: o ácido cáprico é usado aqui como intermediário químico para a produção de outros compostos, como ésteres e plastificantes.

     

    Ácido cáprico e ácido caprílico

    Tanto o ácido cáprico como o ácido caprílico são ácidos graxos saturadas de cadeia média, mas se diferenciam quanto ao comprimento da cadeia carbônica. Enquanto o ácido cáprico possui 10 moléculas de carbono, o ácido caprílico apresenta 8 carbonos. Outras diferenças estão em suas propriedades, incluindo aspecto, ponto de fusão, solubilidade, volatilidade entre outras. O ácido cáprico consiste em um sólido branco e cristalino, já o ácido caprílico é um líquido, incolor e com odor característico.

    Quanto a aplicação, é importante ressaltar que ambos são utilizados por diversos setores industrias, sendo os mais comuns o farmacêutico, de cosmético e químico.

    Os triglicerídeos do ácido cáprico e do ácido caprílico, conhecidos como TACC ou TGACC, nada mais são do que ésteres formados a partir da ligação destes dois ácidos graxos com uma molécula de glicerol. São triglicérides de cadeia média (TCM) oriundo do óleo de coco.  Estes ingredientes são muito usados pelo setor cosmético, visto que melhoram a textura do produto, contribuem para reduzir a perda de umidade e melhoram a penetração na pele.

    Também vale ressaltar que os ésteres em geral são compostos orgânicos derivados da reação entre um ácido e um álcool. A esterificação é esta reação química reversível entre um ácido graxo e um álcool que resulta no éster e água.

    Leia Mais
    CPhI South America 2011 – Insumos farmacêuticos atraem mais expositores estrangeiros
    Desodorantes: Inovações garantem controle do odor
    Cosméticos – Formulações exigem funcionalidade de ingredientes naturais e orgânicos
    Oleoquímica – Faltam materiais graxos no país para desenvolver produção competitiva
    Fitocosméticos: Empresa desenvolve novas moléculas do óleo de babaçu
    Escassez de matérias-primas reduz oferta de oleoquímicos
    Óleos Láuricos – Oleoquímica – Para entender o mercado atual
    Surfactantes: Blends e oleoquímica ampliam opções para formuladores

    Manipulação do ácido cáprico

    Como o ácido cáprico é uma substância química corrosiva, pode ocasionar irritação e lesões na pele, olhos, membranas mucosas do trato respiratório e digestivo, além de náusea, vomito e diarreia.

    Para garantir a segurança no local de trabalho é preciso que exista ventilação suficiente para evitar a formação de pó e que o colaborador faça uso de equipamento de proteção individual (EPI) durante o manuseio deste produto químico.

    Medidas de Primeiros Socorros

    Em caso de inalação: remover a vítima para um lugar com ar fresco. Se ela estiver com dificuldade para respirar, administre oxigênio úmido e inicie respiração artificial se houver necessidade. Importante procurar auxilio médico imediatamente.

    Em caso de contato com os olhos: lavar em água corrente por pelo menos 20 minutos, mantendo as pálpebras superiores e inferiores abertas. Recomendado passar com um oftalmologista.

    Em caso de contato com a pele: remover roupas e calçados contaminados e posteriormente lavar o local com bastante água e sabão neutro. Se possível, vale tomar uma ducha. Neste caso, também é importante procurar assistência médica com urgência.

    Em caso de ingestão: enxaguar a boca da vítima e oferecer água para beber, de modo que não induza o vomito. Se a vítima estiver inconsciente, nunca ofereça nada pela boa. É relevante procurar um auxílio médico imediatamente.

    Sobre o armazenamento é preciso dizer que ele deve ocorrer em embalagem fechada e guardada em local fresco, próprio para o armazenamento de produtos químicos, inclusive distante de produtos incompatíveis.

    Onde comprar o ácido cáprico?

    Para encontrar os principais fornecedores de ácido cáprico no Brasil, acesse o Guia QD, o mais completo guia eletrônico de compras e vendas do setor químico e importante ferramenta da editora QD para o desenvolvimento de negócios entre fornecedores e compradores.

    Nele, você tem acesso rápido a diversos fornecedores e ainda conta com a facilidade de realizar vários orçamentos de uma só vez para diversas empresas.

    Nenhuma ferramenta do mercado oferece um suporte tão grande como o Guia QD. Experimente essa incrível facilidade e veja como é possível ganhar tempo em suas cotações e agilizar suas compras.

    Ácido Cáprico e caprílico, mistura
    Ácido Caprílico

      Orçamento Rápido

      GuiaQD.com.br

      Informe os produtos que deseja receber cotação.

       

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado.